TV / Séries

“Homecoming”: Documentário de Beyoncé na Netflix teve 1,1 milhão de visualizações no dia de estreia nos EUA, diz site

Raphael Amador - Publicado em 15/05/2019 às 1:31
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Rainha que fala, né?! O documentário “Homecoming: A Film By Beyoncé” estreou há quase um mês na Netflix e deu muito o que falar nas redes sociais, ao trazer o show de Beyoncé no Coachella no ano passado. Pois é, nesta terça-feira (14), a Variety divulgou dados sobre a audiência do programa em seu dia de estreia, que foram coletados pela empresa Nielsen.

Segundo a publicação, o especial da cantora na gigante de streaming acumulou 1.1 milhão de visualizações na data de estreia (17 de abril), só nos Estados Unidos, e conquistou uma audiência média de 828 mil telespectadores por minuto.

Entretanto, a revista afirma que os dados da empresa não oferecem um panorama geral sobre a audiência da atração na Netflix, já que a análise das visualizações foi feita somente a partir de TVs conectadas à Internet, excluindo dispositivos móveis e computadores, o que elevaria ainda mais esse número.

A pesquisa também indicou que a maior parte do público que assistiu ao documentário “Homecoming” foi de mulheres (70%), jovens (18 a 34 anos – 43%) e negros (63%). Nos primeiros sete dias de sua estreia, o público do filme era 70% feminino, número maior do que os registrados na sexta temporada de “Orange is the New Black” (66%); na 6ª de “House of Cards” (54%) e no fenômeno “Bird Box” (57%).

Beyoncé e Blue Ivy nos ensaios de “Homecoming”. (Foto: Reprodução/Netflix)

No especial, a cantora mostra os bastidores do icônico show no Coachella 2018, que se transformou numa verdadeira celebração e homenagem à cultura das faculdades e universidades historicamente negras dos Estados Unidos. Um baita espetáculo de representatividade. No filme, Beyoncé ainda revela como emagreceu para se apresentar no festival, após o nascimento de seus gêmeos, Rumi e Sir Carter.

Como falamos aqui, “Homecoming” chegou à Netflix sob um contrato de três projetos com Beyoncé no valor de US$ 60 milhões, informou a Variety no mês passado. A bolada que a diva embolsou para o especial, segundo a revista, foi de cerca de US$ 20 milhões. Queen Bey ainda é creditada como produtora executiva, roteirista e diretora do documentário.