Fotojet (2)

Bridgerton: Simone Ashley revela futuro de Kate e Anthony na terceira temporada: “Está só começando”

A atriz também revelou o que achou da temporada e o que espera dos próximos episódios

[Atenção! O texto a seguir contém spoilers da segunda temporada de “Bridgerton”]

Caros leitores, vai ter mais Anthony e Kate na próxima temporada de “Bridgerton“, sim! A atriz Simone Ashley, intérprete de Kate Sharma na produção, compartilhou a novidade com o Deadline nesta quarta-feira (30). Além de comentar suas percepções sobre a segunda temporada, Ashley deu mais detalhes do que podemos esperar da nova leva de episódios.

“Nós vamos voltar! Kate e Anthony estão apenas começando. Nós temos a incrível Jess Brownell que está assumindo a liderança como showrunner na 3ª temporada. Acho que tudo está apenas começando. Eu gostaria de ver Kate se soltar um pouco mais e jogar mais na terceira temporada, meio que nadar nesse círculo de amor com o marido. Acho que os dois merecem”, observou.

Ainda, a atriz revelou o que espera de sua personagem daqui pra frente: “Ela está encarregada da casa agora e tem muita coisa em jogo. Eu acho que ela pode fazer isso. Quero manter essa suavidade e vulnerabilidade para Kate, com certeza, e ela pode compartilhar isso com Anthony. Estou animada para ela ter uma casa e ter uma família. Estou animada para vê-la crescer. Acho que gostaria de ver Kate sendo muito mais corajosa, menos teimosa e mais forte de coração”.

Ashley também se disse orgulhosa da temporada que protagonizou. Para ela, a história não gira em torno de duas irmãs competindo pelo amor do visconde e sim de três histórias de amor acontecendo ao mesmo tempo. “Não é nada disso. É muito evidente que Kate está apenas tentando proteger sua irmã e, na verdade, ela está sendo desonesta consigo mesma, portanto, sendo desonesta com sua família. Ela não tem medo de admitir o fato de estar preocupada em desapontar sua família, porque ela os colocou em primeiro lugar a vida toda. Acho que muitas mulheres podem se identificar com isso”, afirmou.

Kate e Anthony se casam no final da temporada. (Foto: Divulgação/Netflix)
Kate e Anthony se casam no final da temporada. (Foto: Divulgação/Netflix)

“E eu acho que é tão corajoso da parte dela realmente deixar isso para trás e, eventualmente, após o erro que ela comete, se redimir. Também foi muito corajoso da parte de sua irmã Edwina voltar [com Kate] a conversar e se libertar. É sobre a história de amor entre as irmãs, uma entre Kate e Anthony, e a história de amor da família. O Visconde e o Diamante estão fazendo tudo por suas famílias e seus deveres”, continuou.

Continua depois da Publicidade

Outro detalhe que a deixou feliz com a produção da Netflix, é o fato da família Sharma ser imigrante da Índia no meio da alta sociedade de Londres: “É muito mais diferente para eles do que para os Bridgertons e outras famílias que encontramos neste mundo. É um ato de sobrevivência e vai além de encontrar o amor. Como vou proteger e cuidar da minha família, para eles viverem, para comerem, serem cuidados e terem um teto sobre suas cabeças? Esse é o sentimento que mantive durante toda a série, o quão importante a família de Kate é para ela”.

“Não se tratava de quem poderia ficar com o Visconde, é muito mais profundo do que isso. A dedicação e o amor de Kate por sua irmã são especialmente profundos. Kate sofreu muitas perdas quando era mais jovem, com as quais não lidou porque teve que sacrificar sua própria vida para elevar a de Edwina, para lhe dar uma chance, porque ela a adora. Ela não quer que ela passe pelas mesmas coisas que ela passou”, acrescentou.

Ashley revelou que estará de volta na próxima temporada. (Foto: Divulgação/Netflix)
Ashley revelou que estará de volta na próxima temporada. (Foto: Divulgação/Netflix)

A estreia da segunda temporada de “Bridgerton”, inclusive, bateu o recorde da Netflix com o maior número de horas vistas nos três primeiros dias de lançamento, considerando os programas em inglês. De acordo com o The Hollywood Reporter, a produção acumulou 193 milhões de horas de exibição em todo o mundo. Além disso, a série marca presença no Top 10 da plataforma de streaming em 92 dos 93 países em que atua. Sucesso puro!