Round6 Temporada2

Round 6: Fãs ficam revoltados após descobrirem sobre “bônus” de criador da série com sucesso da Netflix: “Eu faria um escândalo”

Não há dúvidas de que “Round 6” é um verdadeiro fenômeno. Semanas após a estreia, em 17 de setembro, a série se tornou o conteúdo mais assistido da história da Netflix, batendo com folga a detentora anterior do título, “Bridgerton“. No entanto, o sucesso repentino da produção foi uma grande surpresa para o criador e diretor da trama, Hwang Dong-hyuk. Após toda a reviravolta, ele falou ao The Guardian, com sinceridade, sobre seu pagamento, e revoltou os internautas.

“Eu não sou tão rico. Mas eu tenho o suficiente. Eu tenho o suficiente para colocar comida na mesa. E não é como se a Netflix estivesse me pagando um bônus. O streaming me pagou de acordo com o contrato original”, disse ele na entrevista.

A questão é que o retorno financeiro da série para a Netflix foi estrondoso. Além disso, segundo a Bloomberg, cada capítulo da produção custou cerca de US$ 2,4 milhões (cerca de R$ 13 milhões), valor bem pequeno quando comparado a produções como “The Crown” e “Stranger Things“, que exigem US$ 8 a US$ 10 milhões por episódio (de R$ 44 a R$ 55 milhões).

Na série, o protagonista enfrenta problemas financeiros e recebe um convite para um jogo violento e misterioso. (Foto: Reprodução / Netflix)

A série foi vista por 142 milhões de residências, segundo estimativa da Netflix, e aumentou o número de assinantes em 4,4 milhões. O dinheiro arrecadado por “Round 6” foi estimado em bilhões. Como se não bastasse, a popularidade da produção “animou os investidores”, que apostaram nas ações. Com isso, a empresa registrou um aumento de US$ 19 bilhões no seu valor de mercado, segundo o jornal O Globo.

Continua depois da Publicidade

Tanto dinheiro envolvido fez com que os internautas se revoltassem com a plataforma de streaming por não ter “valorizado” o criador da série. “A Netflix poderia ter lhe dado, PELO MENOS, um enorme bônus por escrever a série mais vista de todos os tempos. Eles também tem dinheiro!”, escreveu um perfil, recebendo mais de 137 mil curtidas (!). “Ele é definitivamente uma pessoa melhor, porque eu faria um escândalo ENORME”, disse outro. “Eu sei que um contrato é um contrato, mas depois de todo esse sucesso eu sei que eles fizeram muito dinheiro e podem dar mais para esse homem”, comentou mais um. Confira:

“Seu contrato deveria ter uma cláusula de bonificação caso a série gerasse mais do que foi previsto. De qualquer forma, ele agora tem a vantagem de negociar seu contrato de segunda temporada. Arrasa, Sr. Hwang!”.

“Estamos quase no Natal, deem o bônus que ele tanto merecia. A Netflix tem milhões de dólares de sobra, mesmo que seja para uma pessoa”.

“O homem merece uma mansão com criados e um grande paraquedas dourado”.

“Infelizmente, nesta vida aprendi que você não recebe o que merece, você recebe o que negocia”.

Saiba mais sobre a série

Lançada em 17 de setembro, a trama acompanha um grupo de 465 pessoas endividadas, convidadas a participarem de uma competição misteriosa, de seis rounds no total. A cada etapa, os competidores enfrentam uns contra os outros em jogos infantis típicos do país, como “Batatinha Frita 1, 2, 3” e “Cabo de Guerra”. A disputa, entretanto, está longe de ser ingênua. Quem ganha, fatura um prêmio de 45,6 bilhões de wons. Já quem perde, acaba pagando com a própria vida.

As arenas onde acontecem as disputas são sempre coloridas, imitando um parquinho de estilo “jardim de infância”, por exemplo, ou até mesmo um circo. Ao longo dos episódios, esses ambientes viram cenário de verdadeiras chacinas. Eita!