Influenciadora

Polícia de Goiás investiga influenciadora que fez postagem zombando vagas exclusivas a autistas

Na publicação, a mulher ainda usa os termos “gordo estressado” e “viado”. O caso aconteceu no estacionamento de um shopping em Goiânia

Polícia Civil de Goiás (PCGO) divulgou nesta quarta-feira (15) que está investigando o caso da influenciadora Larissa Rosa, que debochou de vagas exclusivas para autistas através de um vídeo publicado em sua rede social. O caso aconteceu em um estacionamento de um shopping em Goiânia, na terça-feira (14).

Em nota, as autoridades afirmaram que começaram a tomar as providências necessárias assim que ficaram sabendo da postagem.“Tão logo tomou conhecimento da publicação ofensiva na rede social Instagram, a Polícia Civil tomou todas as providências de direito, instaurando inquérito policial, identificando formalmente testemunhas e supostas autoras, além de produzir as provas materiais conforme determina a Lei”, comunicaram.

O delegado Joaquim Adorno, do Grupo Especializado no Atendimento às Vítimas de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, será o responsável por investigar o caso. A mulher deve ser indiciada por praticar, induzir ou incitar discriminação de pessoa em razão de sua deficiência, e a pena pode chegar a cinco anos de prisão. “O objetivo é apurar crime previsto no Artigo 88, § 2º, da Lei nº 13.146/2015 – Estatuto da Pessoa com Deficiência, que prevê pena de reclusão de 2 a 5 anos de prisão”, disse a PCGO.

Continua depois da Publicidade

O vídeo em questão foi publicado no “close friends” do Instagram de Larissa, mas foi vazado e ganhou força na internet. Na publicação, além de zombar da vaga de autista, ela também usa pejorativamente termos como “gordo estressado” e “viado”, mesmo sendo repreendida pela mãe. “Vou sim. Não tenho nenhum problema com autista. A vaga é tão colorida que achei que era para viado. Vaga para mim nunca tem”, disse.

“Gente, olha isso aqui. Agora tem vaga exclusiva para autista. Cara, o mundo está muito difícil. Quero saber quando vai ter vaga para gordo estressado”, continuou falando, enquanto ria das vagas. Mesmo sendo contra a atitude da filha em um primeiro momento, a mãe também falou que vai até a prefeitura para “tentar encontrar uma vaga para gordo estressado”. Veja o vídeo completo abaixo:

Após a repercussão negativa, ela chegou a publicar um pedido de desculpas na rede, tanto através de vídeo nos stories, como em uma declaração postada no feed. “Agora, entendo que a forma que me senti com esse turbilhão ainda não chega perto do que muitas mães e outros grupos sentiram ao ouvir as palavras infelizes que pronunciei”, afirmou. A mãe também se pronunciou sobre o assunto. “Acredito também que devemos ter maturidade e humildade para enxergar e reconhecer nossos erros”, afirmou.

Confira abaixo as retratações completas:

Whatsapp Image 2022 06 15 At 22.29.40
(Foto: Reprodução/ Instagram)