Ryan Grantham Riverdale Trudeau

Ator de “Riverdale” tirou a vida da mãe e tinha planos de matar primeiro-ministro do Canadá

Ryan Grantham assumiu a culpa pelo homicídio de sua mãe… mas segundo os promotores, ele tinha outra execução em mente

Ryan Grantham, ator que trabalhou em “Riverdale”, já se declarou culpado pela morte da mãe, assumindo ter dado um tiro nela em 2020, no Canadá. No entanto, ele tinha em mente a execução de mais uma pessoa: Justin Trudeau. Segundo a CBC News, a revelação veio à tona nesta segunda-feira (13), durante uma audiência do seu caso.

De acordo com os promotores, após a morte da mãe, Ryan carregou seu carro com três armas, munições, 12 coquetéis Molotov, suprimentos de acampamento, e um papel com instruções de como chegar em Rideau Cottage. O local em Ottawa é nada menos do que a residência do primeiro-ministro do Canadá. O jovem, de 24 anos, também teria assumido esse plano de matar Trudeau em declarações às autoridades, sem falar dos escritos em seu diário, que foi lido na Corte.

Ryan Grantham Riverdale1
Ryan Grantham interpretou Jeffery Augustine em “Riverdale”. (Foto: Reprodução/The CW)

Continua depois da Publicidade

Segundo o relato, pouco depois do crime, Grantham mudou sua rota e deu meia volta, pensando matar pessoas na ponte Lions Gate Bridge de Vancouver, ou na universidade em que estudou. Por fim, ao invés de tudo isso, ele dirigiu para o departamento de polícia, se aproximou de um oficial dentro do carro de polícia e confessou: “Eu matei minha mãe”.

Morte da mãe

No dia 31 de março de 2020, Ryan deu um tiro na cabeça de sua mãe, Barbara Waite, enquanto ela tocava piano na casa deles, em British Columbia, no Canadá. Segundo a CBC News, uma câmera Go-Pro registrou que ele já havia ensaiado como tirar a vida de Barbara outras vezes, como numa ocasião em que secretamente se aproximou dela com uma arma. Outras filmagens o mostraram próximo do corpo da mulher dizendo: “Eu atirei por trás da cabeça dela. Nos momentos seguintes, ela deve ter percebido que fui eu”.

Continua depois da Publicidade

De acordo com seus depoimentos à polícia, Ryan saiu de casa para pegar dinheiro, maconha e bebidas depois de matar sua mãe. Então, ele fez alguns coquetéis Molotov e assistiu Netflix antes de cobrir o corpo de Barbara com um lençol e ir para a cama. Naquela data, o jovem escreveu em seu diário: “Eu sinto muito, mãe, eu sinto muito, Lisa… Eu me odeio”.

Ryan Grantham Mae1
Ryan Grantham deu um tiro na cabeça de sua mãe. (Foto: Reprodução/Canadian Femicide Observatory)

Perante à Justiça, Grantham disse ter se sentido desesperado e com o desejo de cometer violência. Após a sensação de fracassar, os sentimentos de raiva e ansiedade o fizeram ter até mesmo pensamentos suicidas. No fim das contas, ele declarou ser culpado pelo homicídio em 9 de março. Com isso, o ex-ator terá de encarar uma pena de prisão perpétua.

Ryan Grantham interpretou o personagem Jeffery Augustine em “Riverdale”. No seriado, ele é o responsável pela morte do pai de Archie (KJ Apa) em um acidente de carro. Além desse papel, o artista já apareceu na série “Supernatural” e no filme “O Diário de um Banana”.