Como assim?! Mulher filma peça de carne crua “dançando” e se mexendo sozinha no prato, e vídeo viraliza na web — assista!

Curioso… para não dizer bizarro. Recentemente, um vídeo publicado por uma artista chamada Tero viralizou nas redes sociais, ao retratar uma cena inusitada no preparo de seu jantar. Enquanto ela cortava uma carne em pedaços, a peça começou a se mexer sozinha na tábua de cortar. Oi?

O episódio aconteceu na cidade de Temerloh, na Malásia, e foi visto por quase um milhão de pessoas, após ter sido compartilhado no Twitter. No registro feito por Tero, o pedaço de carne começa a se contrair enquanto é tocado, se mexendo por todos os lados – dando a impressão de que havia algo lá dentro, ou que seria como se a carne ainda estivesse viva.

“Por que essa carne está se mexendo? A minha mãe está se recusando a cozinhá-la, porque ela está com muito medo”, questionou ela, em sua publicação. Mesmo assim, com todas as fatias repartidas, o bifinho não conteve seu gingado, e continuou a dançar e pulsar livremente na superfície. Como pode, gente?

Dá uma olhada no vídeo abaixo:

Apesar de esquisito à primeira vista, o caso tem explicação. Segundo alguns relatos, essa contração da carne crua é muito comum quando o alimento ainda está extremamente fresco. Esse “fenômeno” acontece por algum tempo, enquanto as terminações nervosas do músculo não param de funcionar… Mas demorou até que Tero se desse conta disso.

Em entrevista à The Real Press, a mulher que compartilhou o vídeo revelou o que aconteceu após gravarem as cenas. “Nós estávamos só um pouquinho chocadas e assustadas, mas depois daquilo, nós apenas fingimos que isso não tinha acontecido”, contou Tero. “Nós ficamos um pouco surtadas porque não sabíamos desse fenômeno. A carne parou de se mexer quando minha mãe decidiu colocá-la na frigideira”, completou.

Imagina pegar um pedaço de carne e reparar que ele está mexendo?! Foto: Reprodução/Twitter)

Tero também foi informada sobre as contrações “naturais” do bifinho através das reações ao seu post, o que ela achou incrível. “Eu fiquei impressionada pelos comentários dos internautas, porque eu posso ver que tem muitas pessoas que sabiam que isso acontecia, mas muitas delas apenas não faziam ideia como eu”, adicionou ela.

A artista ainda brincou: “Eu não gosto quando as pessoas me conhecem por causa da carne tremendo e não pelo meu talento, mas tudo bem”. No fim das contas, deu tudo certo… Mas que essa história impressionou, isso sim! Imagina um bifinho dançando no prato?