Mansão conhecida como a “mais assombrada” da Irlanda é colocada à venda por R$ 15 milhões; Fantasma de garotinha já foi “fotografado” no local — confira as imagens!

Uma das ameaças mais comuns feitas por pais para crianças malcomportadas na região de Wexford County, na Irlanda, é que, caso elas não obedeçam, serão largadas em Loftus Hall. A propriedade, conhecida como a mansão “mais assombrada” da Irlanda, “onde o próprio diabo morou”, sempre causou curiosidade e horror na população, sendo fonte de muitas histórias de eventos sobrenaturais. Agora, quem é fascinado pelo assunto — e podre de rico — poderá adquirir a assustadora “humilde residência” por US$ 2,9 milhões, cerca de R$ 15,3 milhões!

A mansão em estilo georgiano possui 22 quartos e pertence, atualmente, aos irmãos Aidan e Shane Quigley, que alugam o local desde 2012 para “tours de fantasmas”. A propriedade foi construída em 1170, mas é considerada assombrada desde 1766, quando era conhecida pelo nome de Redmond Hall.

De acordo com o Irish Mirror, a lenda diz que um estranho misterioso chegou um dia na mansão, chamando pelos donos da época, lord e lady Tottenham, assim como a filha do casal, lady Anne. Com uma tempestade chegando, eles convidaram o homem para entrar, e enquanto eles confraternizavam com um jogo de cartas, a pequena Anne se abaixou para pegar uma carta que caiu — e descobriu que o visitante não tinha pés, mas cascos.

Ela gritou, o homem — que acredita-se ser o diabo — desapareceu em uma bola de fogo, e lady Anne ficou louca. Sua família a trancou em um cômodo, onde ela morreu anos depois. Segundo boatos, ela assombra os cômodos da mansão desde então. Visitantes afirmam que escutam seus passos ecoando pelo local à noite. Exorcismos foram feitos na mansão, e investigações paranormais acontecem até hoje. Com o tempo, o local foi considerado o mais assombrado da Irlanda.

Ao longo dos anos, a propriedade já foi uma escola para garotas e um hotel, antes de ser comprada em 2011 pelos Quigley. “Muitos dizem que há certas áreas da mansão, em que a atmosfera, a temperatura e a sensação são de desconforto. Muitas pessoas viram coisas que as deixaram suspeitas”, um dos irmãos disse ao jornal. Desde que compraram a mansão, os Quigley investiram milhões para reformar a propriedade e abri-la ao público. “Nós estamos bastante felizes com o que fizemos. Nós vamos deixar que outra pessoa assuma [a tarefa] com nova energia, novo dinheiro e novas ideias”, explicaram ao Insider.

A meta dos irmãos é encontrar um dono que deixe Loftus Hall aberto ao público, afirmando que o local é importante para o turismo e economia da região. A cada ano, cerca de 70 mil a 80 mil pessoas visitam a região para explorar o local através de tours guiadas. “Você vê alguém ficando absolutamente assustado, e a confusão [deles] sobre isso é brilhante. É muito divertido, se você conta isso como diversão”, analisou Aidan. Ele afirma acreditar que a casa é assombrada, “absolutamente”. “Eu posso provar? Absolutamente não”, completou. Veja as imagens da mansão histórica:

Garotinha fantasma é “fotografada” em Loftus Hall

Em 2014, um turista chamado Thomas Beavis, que visitava a mansão mal-assombrada, acredita que fotografou o fantasma de uma garotinha — provavelmente Anne. Ele tirou uma foto da casa durante um tour com amigos, e quando já estava no carro, na viagem de volta, Beavis descobriu a figura misteriosa na janela próxima à porta da frente.

“Eu apenas olhei de verdade para a foto quando nós estávamos voltando para casa — eu fiquei realmente chocado”, contou ao site Metro na época. “Nós todos estávamos nos sentindo um pouco mexidos após a tour, mas quando eu mostrei a foto aos meus amigos, nós piramos!”, acrescentou.

“Eu dei zoom em todas as janelas para achar a menina. Eu demorei um tempo para mostrar [a foto] para todo mundo, porque eu não tinha realmente entendido o que estava vendo”, explicou. “Eu fiquei com calafrios, e ainda tenho. A garota pode ser o espírito de Anne Tottenham, que  vaga por Loftus Hall. […] Normalmente eu sou um cara que acredita no que vê, mas com isso, eu ainda não entendo o que está acontecendo nessa foto”, concluiu. Confira a imagem (por sua conta e risco):