Para combater o bullying, Instagram revela adesivo de campanha global de conscientização; Rede também cria iniciativa contra fake news! Vem saber os detalhes

Outra medida importante para a rede social! Nesta terça-feira (22), o Instagram anunciou mais uma ação para combater o bullying entre seus usuários. A partir de hoje, o aplicativo disponibilizará uma figurinha em seus Stories para a conscientização contra a prática desprezível. Além disso, a rede também informou que adotará uma nova política contra as fake news!

Em comunicado, o Instagram contou que o adesivo anti-bullying já está disponível para toda a comunidade da rede. A figurinha foi criada por Leo Natsume, um ilustrador brasileiro, em parceria com o Centro Nacional de Prevenção do Bullying da PACER, os Clubes de Meninos e Meninas da América. A imagem apresenta uma boca aberta, colorida e com corações ao redor. Dá uma olhada:

Nova figurinha anti-bullying do Instagram (Foto: Divulgação/Instagram)

Segundo a empresa, o foco principal da ação foi transparecer essa conscientização e também motivar que seus usuários espalhem gentileza. “O design interativo foi pensado para inspirar a comunidade do Instagram a espalhar gentileza e a conscientizar sobre a importância de acabar com o bullying dentro e fora das redes”, disse a nota.

Para utilizar o adesivo, é bem simples. Basta fazer um post qualquer em seu “Stories”; a figurinha anti-bullying estará lá, ao lado de ferramentas como “Música”, “Localização”, “Gifs”, entre outras funções e emojis. A rede social afirma também que segue trabalhando em outras iniciativas a longo prazo para acabar com tristes casos de bullying entre sua comunidade.

Há alguns meses, o Instagram também implementou novas melhorias com o mesmo propósito, incluindo o recurso “Restringir”, que permite que os perfis limitem certos comentários, mensagens ofensivas, ou pessoas com as quais não se quer interagir; e o “Alerta de comentário”, que notifica pessoas quando seus comentários são identificados como ofensivos pelo sistema, exibindo a mensagem “Tem certeza que deseja publicar isso?”.

Outra novidade na rede é o alerta de fake news, que será aplicado também no Facebook. A empresa fará uma parceria com checadores de fatos independentes para indicar conteúdos falsos, ou controlados por órgãos estatais. Nas publicações, um filtro bloqueará a postagem original que for mentirosa, com um botão para liberar a visualização do post – recurso que valerá até mesmo para os Stories.

Quando tais fotos ou vídeos forem considerados falsos, ou mesmo parcialmente falsos, etiquetas serão exibidas na parte superior, linkando para uma explicação sobre a checagem daquela informação. Caso esses posts sejam compartilhados, um pop-up também será exibida, classificando o conteúdo como “informação falsa”. Olha só:

Além disso, o Facebook pretende adicionar informações mais claras sobre quem são os proprietários de suas páginas. A rede social instalará a aba “Organizações que gerenciam esta página”, que trará nome legal, cidade, número de telefone e site das empresas por trás de uma página qualquer. Quanto aos veículos de mídia controlados totalmente ou parcialmente pelo governo, estes também serão rotulados como “mídia controlada pelo Estado”.

Ótimas iniciativas, hein?!