Anderson Cooper Filho

Anderson Cooper revela por que não deixará fortuna multimilionária para o filho: “Vou seguir o que meus pais disseram”

Que as heranças milionárias são sempre motivo de polêmica, a gente já sabe e não é de hoje. Mas imagine um caso em que uma pessoa opta por não deixar sua fortuna para seus herdeiros? Esse é o caso do apresentador Anderson Cooper! No último episódio do podcast “Morning Meeting”, o astro da CNN revelou por que não pretende deixar herança para seu filho.

“Não acredito em repassar grandes quantias de dinheiro”, explicou o jornalista sobre seus planos. “Não estou muito interessado em dinheiro, mas não pretendo ter algum tipo de pote de ouro para meu filho”, contou ele. Cooper deixou claro que irá, sim, dar apoio ao filho, mas que ele terá de caminhar com as próprias pernas. “Vou seguir o que meus pais disseram: ‘A faculdade será paga, e então você tem que seguir adiante'”, acrescentou.

194458659 526585078511598 4600351902117853874 N
Diria “não” a um bebezinho desses? Pois é, Anderson Cooper já decidiu que fará isso com o filhinho Wyatt. (Foto: Reprodução/Instagram)

Anderson é pai do pequeno Wyatt Morgan, de apenas um ano. O garotinho é filho único do comunicador com seu ex-namorado, Benjamin Maisani, e nasceu no ano passado, com o auxílio de uma barriga de aluguel. Mas o pequeno já pode dizer adeus aos bens milionários do papai. Segundo o Yahoo Finance, o apresentador ganha cerca de US$ 12 milhões por ano (aproximadamente R$ 64 milhões) com seu emprego, em uma das maiores emissoras do mundo.

Continua depois da Publicidade

Além disso, a fortuna de Cooper é avaliada em US$ 200 milhões (pouco mais de R$ 1 bilhão). Ele é herdeiro da família Vanderbilt, uma das mais ricas da história dos Estados Unidos. Seu trisavô Cornelius Vanderbilt tinha um patrimônio de US$ 100 milhões quando morreu em 1877. “O que é uma quantia insana de dinheiro hoje, mas em 1877, espantava a imaginação”, explicou. Mas essa fortuna que parecia interminável, já chegou ao fim. “[A fortuna] já se foi há um bom tempo”, relatou.

Anderson participou do podcast justamente para falar sobre seu novo livro, “Vanderbilt: The Rise and Fall of an American Dynasty” (“Vanderbilt: A Ascensão e a Queda de uma Dinastia Americana”, em tradução livre), que conta a história de sua família. Apesar de não querer deixar uma herança, ele acredita que o livro será como uma carta para seu filho. “É um livro que nunca pensei que escreveria. Em muitos aspectos, é uma família da qual realmente tentei me distanciar em grande parte da minha vida”, contou o comunicador.

Ouça o episódio na íntegra abaixo:

Anderson é filho de Gloria Vanderbilt, uma modelo e socialite que morreu em 2019, aos 95 anos. Enquanto o bisavô Vanderbilt construiu um império ferroviário, Gloria fez seu nome com um império na moda, que faturava US$ 100 milhões por ano (cerca de R$ 540 milhões), de acordo com a Forbes.

Mas antes mesmo da morte de sua mãe, Cooper já havia dito que achava que a herança era como uma “maldição”. Em entrevista ao programa “The Howard Stern Show”, em 2014, ele deu sua mesma opinião crítica sobre essa questão. “Não acredito em herdar dinheiro. Acho que é uma maldição”, refletiu o jornalista. “Desde quando eu estava crescendo, se eu sentisse que havia um ‘pote de ouro’ esperando por mim, não sei se teria ficado tão motivado”, contou.

Bom… Cada um decide o que bem entende, né? Por enquanto, o bebê exibe a tranquilidade no olhar de quem – ainda – não tem boletos pra se preocupar! Kkkk