Após término, Cacá Werneck detona Bárbara Evans na TV e nega que quis fama de Monique: “Se quisesse, teria procurado uma mulher no auge”; Mãe e filha rebatem declarações

O término de Cacá Werneck e Monique Evans continua turbulento… Após a primeira troca de farpas entre o casal, a DJ participou do programa “A Tarde é Sua”, nessa quinta-feira (08) e fez declarações que deixaram tanto a ex-namorada, como a filha dela, Bárbara Evans, bem incomodadas. Cacá afirmou que nunca namorou a ex-modelo por fama e novamente colocou parte da culpa da separação na influencer.

Logo no começo, a DJ resolveu esclarecer algo que ela contou ter ouvido da própria Monique. “Eu recebi alguns áudios dela bem complicados, dizendo que eu tô procurando fama, que eu eu quero fama. Primeiro, quando eu conheci a Monique, eu já tinha participado de A Fazenda. Eu só queria ser reconhecida pelo que eu faço musicalmente e, graças a Deus, meu público viu a capacidade que eu tenho, musicalmente falando”, pontuou ela.

Werneck então se questionou: “Se eu quisesse fama, eu teria procurado uma mulher no auge da fama, não é verdade? Eu não conheci a Monique na passarela, no auge da fama, eu fui atrás dela quando ela estava internada numa clínica psiquiátrica. Quando eu estou fazendo meu trabalho, no palco, quem toca não é ela. Quem faz aquilo tudo acontecer é o meu talento, o meu esforço. Então eu acho injusto quando alguém vem falar que eu procurei ela pela fama, porque, quando eu procurei a Monique, se tem uma coisa que ela não tinha mais era fama”.

Continua depois da Publicidade

Sobre a Bárbara, a artista disse que nunca teve uma relação tão próxima com ela. “Eu acho que eu nem preciso ficar entrando em detalhes sobre a Bárbara, porque o Brasil todo viu ela no reality show, todo mundo conhece quem é a Bárbara. Um dia ela me mandou uma mensagem falando, simplesmente, ‘Não conte mais comigo’, quase que eu respondi: ‘Mas quando eu contei com você nesses últimos seis anos?'”, relembrou Cacá.

Cacá, Bárbara e Monique juntas (Foto: AGNews)

De acordo com ela, a influencer só teria ido visitar a mãe uma vez nos seis anos de relacionamento das duas. “A Bárbara visitou a Monique uma vez, pra Monique assinar o contrato pra ela participar do ‘Dancing Brasil'”, afirmou a DJ. Ela, então, contou a história de que a Evans teria falado sobre arranjar um pretendente homem para a mãe na cidade dela, no interior de São Paulo.

“Eu me achei muito injustiçada, como se eu nunca tivesse cuidado dela, gente. São seis anos vivendo pra Monique. Seis anos, 24 horas. Cuidando de casa, levando o cachorro na rua, fazendo compras de supermercado, porque eu me vejo no papel de homem”, descreveu Cacá, mencionando a diferença de idade de 28 anos entre as duas.

Continua depois da Publicidade

“Quando eu tava nascendo em 1984, a Monique tava desfilando na Sapucaí. Então eu não vou deixar uma mulher que tem quase o dobro da minha idade fazendo trabalhos brutos em casa, fazendo faxina, limpando chão, arrumando casa, eu fiz isso durante seis anos. Eu me dediquei mais pra ela do que pra minha própria mãe, e vó”, concluiu Cacá. Assista:

Monique Evans se pronuncia

Após a exibição da entrevista na TV, Monique resolveu se pronunciar. Através das redes sociais, ela afirmou que as duas se separaram porque estavam brigando muito, negando o envolvimento da filha como pivô e se mostrando indignada pelas declarações da ex-namorada. “Realmente eu separei da Cacá. Nós vínhamos brigando muito, desde o momento em que ela alugou um apartamento sem eu saber. Fiquei chocada, não entendi nada”, relembrou.

“Ela disse que era um estúdio para ela, que ela precisava do espaço dela. Mas aquilo me chocou muito, porque foram quase seis anos juntas morando aqui na minha casa, ela nunca pagou nenhuma conta, então não teria necessidade dela ter um lugar dela. Briguei também algumas vezes porque ela fez lives sem cuidado, beijando pessoas, junto com pessoas sem máscara. A gente se separou e eu tive Covid”, relatou a apresentadora.

Continua depois da Publicidade

Evans contou que as duas terminaram e, quando se reencontraram para acertar as coisas, ela sugeriu passar a notícia da separação para Leo Dias, que é seu amigo. “Mas não, ela resolveu contar pra um programa de televisão que é de fofoca braba e o programa começou a falar coisas que me magoaram demais. Veio questionando a minha parte financeira, dizendo que ela era uma super DJ, como se ela me sustentasse”, criticou, defendendo-se.

“Mas assim, eu tenho 64 anos, então já não estou mais em uma idade de trabalhar. Quero descansar, quero paz, e eu posso. Eu recebo aluguéis de uma casa que tenho em São Paulo. Moro aqui em Ipanema em uma casa super boa, maravilhosa. Tenho dinheiro guardado, porque afinal de contas trabalhei 30 anos como modelo, depois fui para a televisão. Super bem sucedida na televisão. Então eu tenho dinheiro, não se preocupem. Não quero falar da parte financeira dela, cada um com seus problemas. Só quero que vocês saibam que eu estou muito bem”, explicou.

Foi então que Monique defendeu a filha. “[O problema é que] ela meteu a Bárbara no meio. Isso tudo porque eu vou passar oito dias com a Bárbara e ela ficou com ciúmes da Bárbara arrumar um homem pra mim. E aí esse programa de televisão disse que iam me leiloar. Eu com 64 anos. Eu leiloada? Não tô entendendo. Eu quero paz. Não quero homem, não quero mulher, não quero nada. Eu quero ficar sozinha. Tô traumatizada depois desse relacionamento”, garantiu.

Continua depois da Publicidade

A ex-modelo também discordou da declaração de Cacá de que surgiu para cuidar dela na clínica psiquiátrica. “Nesse programa também disseram que ela cuidava da minha saúde mental. Gente! Ela já foi internada muito depois de mim, ela também teve problemas. Hoje em dia, eu tava cuidando mais dela do que ela de mim. Eu tive que esquecer da minha doença pra poder ajudá-la porque ela tá passando por uma fase que não tá legal”, apontou.

Monique lamentou como o término estava sendo difícil e afirmou que não queria mais ouvir falar na ex. “Como uma pessoa que convive seis anos com a minha família tá falando tão mal assim da minha família? Ela viveu dentro dessa casa. Falar que ela que fez eu voltar a falar com a minha mãe, falar da minha filha desse jeito… é muita raiva, né, gente? Eu tenho tanta coisa pra falar dela se eu quisesse falar, mas não é a minha. Eu vou deixar pra lá, vou entregar nas mãos de Deus, mas é muito triste, é covarde. Ainda bem que eu me livrei. Muita triste ter vivido seis anos com essa pessoa”, desabafou.

Bárbara Evans se manifesta novamente

Por fim, Bárbara Evans usou as redes sociais para declarar que aquela seria a última vez que falaria sobre o caso. “Gente, eu tenho a minha vida, eu cuido do meu marido e da minha casinha. A minha mãe já tá bem grandinha, assim como a Cacá, e as duas já são bem crescidinhas para cuidar da relação delas. Eu sempre ajudei quando existiam problemas, escutava uma e escutava a outra. Agora se uma não quer mais, eu não tenho nada a ver com isso”, pontuou ela.

“Vocês acreditam mesmo que eu tenho o poder de separar duas pessoas que se amam? Ninguém tem esse poder. Eu não quero mal de ninguém. Como eu posso querer tirar uma pessoa da outra? A relação delas, as duas têm que resolver”, afirmou a influencer. Ela, então, comentou sobre a entrevista de Cacá Werneck no programa da Rede TV!.

Continua depois da Publicidade

“O que mais me choca é ver a Cacá contar tantas mentiras em um programa de televisão. É muito cara de pau! O mais triste é ela não aceitar o término e, ainda por cima, me culpar, falar mal da minha família em rede nacional. É uma coisa triste, uma coisa tão do mal. Eu tenho tantas coisas para falar, só que eu não sou igual a você e eu não vou falar. Se eu fosse falar de você, eu só falaria a verdade porque tem é muita coisa, mas eu não sou como você”, garantiu.

Por fim, a modelo rebateu um ponto específico da entrevista. “Uma das coisas que você fala é: ‘Eu não procurei a Monique porque eu precisava de fama’. Então o que você tá fazendo na televisão pra falar de um problema pessoal entre você e minha mãe que você me colocou de paraquedas no meio? Não falarei mais sobre esse assunto, minha família tá muito machucada. É muita falta de respeito. É triste, muito decepcionante. Mas em algum momento a máscara cai”, concluiu ela.