Bill Maher Jada Smith

Comediante debocha de Jada P. Smith e menospreza doença após polêmica no Oscar: “Coloca a p*rra de uma peruca”; assista

Bill Maher não poupou suas críticas e alfinetadas sobre a situação no “Oscar”, quando Will Smith atacou Chris Rock em defesa da esposa

O comediante Bill Maher não poupou acidez ao comentar o episódio entre Will Smith e Chris Rock no “Oscar 2022”. Durante seu programa “Real Time” nesta semana, ele fez deboche com a situação e menosprezou a doença autoimune de Jada Pinkett-Smith. O apresentador ainda sugeriu que a estrela “colocasse uma peruca”.

Em um debate com os convidados do programa, Bill contou que nunca tinha ouvido falar em alopecia – a condição médica que fez com que Jada raspasse os cabelos. “Quer dizer, se você é sortudo o suficiente na vida que esse seja seu problema médico, só diga: ‘Obrigado, Deus”, afirmou ele. “Não é uma ameaça para sua vida. Você sabe, para a maioria das pessoas, 80% dos homens, 50% das mulheres, faz parte do envelhecimento. Acredite em mim, eu sei – envelhecer é a degradação da carne. Acontece com todos nós”, continuou.

Continua depois da Publicidade

Foi então que o comediante desprezou o incômodo de Jada. “Quer saber, só coloca a p*rra de uma peruca como todos os outros no Oscar, se isso te incomoda tanto. Quer dizer, nós todos. Nós todos, quando nós envelhecemos, nós temos uma aparência pior. E você faz coisas para lidar com isso o melhor que você puder”, declarou Maher. O apresentador, de 66 anos, tentou comparar a situação com o fato de ter de pintar seus cabelos brancos.

A advogada Laura Coates também participou do debate, mas deu outro ponto de vista. “Eu acho que provavelmente tem uma parte dela que tem sido muito, muito empoderada por falar de sua alopecia e dizer: ‘Olha só, estou assumindo isso, estou raspando a minha cabeça. Eu sinto que vou encarar isso de frente’. E aí provavelmente tem aqueles momentos quietos com o marido dela, em que ele está vendo e ouvindo um aspecto mais pessoal disso”, observou a convidada.

Continua depois da Publicidade

Mas Bill seguiu defendendo sua opinião. “É uma condição assim como a vida é uma condição, sabe? M*rdas acontecem conforme você vai seguindo a estrada da vida, e fisicamente, nem tudo serão rosas. Não tem como. E novamente, numa escala do que eu tenho que me preocupar ou sentir pena, eu não consigo chegar lá”, complementou ele, segundo o site The Wrap.

As críticas também não ficaram de fora do monólogo de Maher. Neste segmento do programa, ele soltou uma série de alfinetadas a respeito do caso da premiação. “Quem diria que o filme que sairia do Oscar com maior buzz seria Até o Limite [“G.I. Jane”]?”, comentou ele, citando a brincadeira feita por Chris Rock.

Continua depois da Publicidade

Bill também sugeriu que Jada teria se ofendido “por pouco”. “Também preciso dizer que comparar uma mulher à Demi Moore em seu estado mais sexy não é exatamente o maior insulto que já ouvi no mundo. Quer dizer, é alopecia, não é leucemia”, ironizou o comediante. Ele até mesmo trouxe à tona um antigo affair de Jada, numa época em que ela e Will não estavam juntos. “Aliás, eu deveria me sentir mal por Will Smith defender a honra da mulher que estava transando com August Alsina?”, debochou Maher.