Seth Rogen James Franco

Seth Rogen fala de acusações contra James Franco e responde se trabalharia com ele de novo: “Desprezo abuso e assédio”

Seth Rogen já esteve ao lado de James Franco em uma série de filmes, tanto que é difícil não lembrar dos dois juntos em cena. No entanto, isso mudou. Neste domingo (9), em entrevista ao “The Sunday Times”, Rogen afirmou que não trabalhará mais com seu antigo colega das telonas, por conta das acusações de má conduta sexual que Franco recebeu.

Ao longo dos últimos anos, James foi acusado de assédio e abuso sexual diversas vezes. Questionado sobre isso, Seth manifestou seu repúdio à atitude do ator, com quem contracenou em “A Entrevista”, “Artista do Desastre” e muitos outros filmes. “O que posso dizer é que eu desprezo abuso e assédio, e eu nunca encobriria ou esconderia as ações de alguém que fizesse isso, ou conscientemente colocaria alguém em uma situação em que eles estivessem ao redor de alguém assim”, declarou Rogen.

Seth Rogen James Franco1
Anos após dizer que seguiria trabalhando com James Franco, Seth Rogen voltou atrás e agora disse que não planeja mais projetos com o ator. (Foto: Reprodução)

Quando as acusações vieram à tona, em 2018, Seth chegou a dizer em entrevista que continuaria trabalhando com Franco. Agora, ele voltou atrás. “Eu também olho para trás pra aquela entrevista em 2018 em que eu comento que eu continuaria trabalhando com o James, a verdade é que eu não trabalhei e não planejo fazer isso agora”, mencionou. A ausência de trabalhos juntos desde então também “não foi uma coincidência”, segundo o humorista.

Continua depois da Publicidade

No quesito amizade com James, Rogen também foi bastante honesto: “Eu não sei se consigo definir isso agora, durante essa entrevista. Eu posso dizer que, você sabe, isso mudou muitas coisas em nosso relacionamento e na nossa dinâmica”. Questionado se essa situação foi “dolorosa”, o artista reforçou que sua dor nem se compara à de outros envolvidos na história. “Sim, mas não tão doloroso e difícil quanto é para muitas pessoas envolvidas. Eu não tenho nenhuma dó de mim por essa situação”, declarou.

Além de dizer que não pretende trabalhar mais com Franco, Seth também falou sobre uma piada que fez em 2014, no “Saturday Night Live”, na qual tirou sarro de uma das acusações contra seu amigo – envolvendo uma jovem de 17 anos. “Eu olho para trás e para uma piada que eu fiz no ‘Saturday Night Live’ em 2014, e eu me arrependo muito de ter feito aquela piada. Foi uma piada terrível, honestamente”, disse ele.

Continua depois da Publicidade

Na época, a jovem, menor de idade, afirmou que James teria supostamente mandado mensagens para o Instagram dela. E isso tornou-se motivo de piada para Rogen. “Eu decidi fazer uma pegadinha com James Franco. Eu fingi ser uma garota no Instagram, disse a ele que era muito mais jovem. Ele pareceu não estar abalado. Eu tenho um encontro para conhecê-lo no Ace Hotel”, disse Seth na cena, que hoje se diz arrependido de ter feito.

Gettyimages 460504136
Seth Rogen se disse arrependido de uma piada que fez no “SNL”, mencionando uma das várias acusações feitas contra James Franco. (Foto: Getty)

Em 2019, duas ex-alunas da Studio 4, estimada escola de atuação e cinema de James Franco, moveram um processo contra o astro. Segundo elas, ele as teria forçado a fazer cenas de sexo explícito diante das câmeras em um contexto de “orgia que foi além dos limites aceitados em Hollywood“. No entanto, em fevereiro deste ano, o ator chegou a um acordo temporário com as estudantes, que concordaram em retirar suas queixas de abuso sexual, exploração e intimidação contra ele.

Saiba todos os detalhes e entenda o caso, clicando aqui.