Cara

Cara Delevigne fala sobre fotos carregando brinquedo sexual com Ashley Benson, e revela um dos motivos do término do namoro: ‘O momento mais difícil’

Cara Delevigne é uma artista de muitas facetas, uma modelo de sucesso, atriz badalada, procuradíssima pelos paparazzi, e agora… sócia de uma empresa de produtos sexuais! Isso mesmo! Em entrevista para a revista Cosmopolitan, em que estampa a capa de julho, publicada nesta terça-feira (29), a estrela revelou que se juntou à empresa no final de 2020, motivada por sua vontade de proporcionar produtos mais tecnológicos e prazerosos para as mulheres.

Mas se engana quem pensa que essa é a primeira vez que o nome de Cara está envolvido com brinquedos do tipo. Por incrível que pareça, a atriz ganhou manchetes e viralizou em 2019, como fotos dela e sua então namorada, Ashley Benson, carregando a caixa de uma cadeira erótica, comumente usada para prática de BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). Você pode conferir as fotos, clicando aqui.

Gettyimages 1156607822
Cara e Ashley terminaram no final do ano passado. (Foto: Getty)

Continua depois da Publicidade

Sobre o incidente, a modelo consegue dar risada. Hoje. Mas o episódio causou dor de cabeça para ela, já que seu endereço foi exposto nas imagens, resultando em problemas de segurança e até invasões. Eventualmente, ela teve que se mudar de casa. “A foto é histérica“, definiu Delevigne.

O relacionamento das duas estrelas terminou no final do ano passado. Mesmo assim, elas continuam amigas – ou pelo menos têm uma relação amigável. “Eu não acho que eu já saí de um relacionamento tão f*dida que foi tipo: ‘Eu nunca mais quero falar com essa pessoa de novo’. Eu apenas amo todas as pessoas com quem me relacionei e desejo o melhor para elas, sabe? Quero vê-las crescerem e serem felizes“, afirmou.

Ela não deu muitos detalhes sobre o término, mas reconhece que o stress de passar por uma pandemia juntas teve um grande peso. “Foi o momento mais difícil“, contou. O tipo de situação que “te une ou te separa”. Agora solteira, Cara quer viver outro amor, mas sofre com a pressão da mídia. “As pessoas constantemente presumem que qualquer mulher parada ao meu lado ou fotografada comigo deve ser alguém que estou namorando, o que é difícil, não só pra mim, mas pra elas. Isso me faz querer ser eremita e me isolar, o que é horrível porque sou uma pessoa que adora estar perto de pessoas“, refletiu.

Sobre seu trabalho no ramo de produtos sexuais, Delevigne se mostrou muito animada e chegou a dizer que é seu emprego preferido até hoje. “Esse é meu trabalho – testar brinquedos sexuais. É a coisa mais legal de todas. Eu sou tipo uma criança em uma loja de doces“, brincou. Ela disse que fica feliz por estar “mudando o mundo” com esses produtos, já que, antigamente, eles costumavam ser “todos muito fálicos e dominados por homens“.

Continua depois da Publicidade

É muito engraçado quando as pessoas com quem não falo há muito tempo me abordam e dizem: ‘Ei, posso ganhar um brinquedo sexual?’. Nós nem somos mais amigos. O que você está falando?“, contou a modelo. Lora DiCarlo, sócia de Cara na empresa, a definiu: “Ela é divertida e despreocupada, mas quer nos ver deixar o mundo melhor do que era quando chegamos“.

July August Digital Cover 6 21 1624307433
Cara está lindíssima estampando a capa de julho da Cosmopolitan. (Foto: Dennis Leupold/ Cosmopolitan)