Premiações

Ellen DeGeneres é criticada por apoiar Kevin Hart em polêmica de tuítes homofóbicos e se defende nas redes sociais; vem ver!

Marina Amaro - Publicado em 04/01/2019 às 18:10
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

É aquele velho ditado: quem diz o que quer, ouve o que não quer — e neste caso, o que não quer. Após usar o espaço de seu programa para defender o ator Kevin Hart e insistir para ele voltar ao posto de anfitrião do Oscar, Ellen DeGeneres recebeu uma enxurrada de críticas online.

“A Ellen não pode perdoar alguém em nome da comunidade, risos. NÃO é assim que funciona!”, disse o escritor Phillip Picardi em seu Twitter pessoal. “Eu acho que ela deu ao Kevin um passe ao invés de realmente ter uma conversa produtiva sobre como essas palavras e atitudes importam e o quanto elas são prevalecentes na nossa sociedade”, deu a letra. Em outros tuítes, ele também afirmou que as piadas homofóbicas que Kevin Hart fez estão muito presentes no cotidiano, seja em casa, na escola ou no trabalho, e que elas machucam muito.

“Eu sinto que se você não é mais homofóbico, não deveria se importar em se desculpar pela sua homofobia anterior de novo, e de novo, e de novo. Eu não quero mais ouvir você dizer de forma hostil que nós não ouvimos as suas desculpas esfarrapadas da primeira vez”, opinou o co-apresentador da Crooked Media, Louis Virtel.

Adam B. Vary, repórter do Buzzfeed News que chamou atenção para os tuítes antigos de Kevin Hart, se defendeu do título de “hater” que Ellen lhe deu: “Em primeiro lugar, as pessoas que trouxeram à tona os tuítes antigos de Kevin Hart — como eu — não são, como Ellen caracterizou, ‘haters’. O anfitrião do Oscar tinha feito piadas homofóbicas e a comunidade LGBT que ama a premiação ficou legitimamente surpresa em ver o quão pesadas as palavras dele eram”. Nas mensagens que se seguiram, Adam também disse que a comoção contra o comediante era apenas preocupação com o modo dele de pensar, e que o entusiasmo de Ellen em ver o amigo apresentando o Oscar a fez contribuir para a narrativa de que Kevin é a vítima.

Outro jornalista do Buzzfeed disse que a apresentadora do ‘The Ellen DeGeneres Show’ tinha se distanciado da realidade: “Lembram quando a Ellen deu aquela entrevista para o New York Times no mês passado e disse temer perder o contato com a realidade? Então”. 

Já o roteirista Ira brincou que Ellen estava tentando ser escalada para um filme do comediante.

A polêmica foi tanta que Ellen precisou se pronunciar em seu Twitter: “Independente de como você se sente a respeito do assunto, o único caminho positivo é conversar sobre ele. Obrigada por vir ao programa, Kevin Hart”. Ela ainda acrescentou um emoji de coração. Anteriormente, a apresentadora já tinha declarado que a conversa foi autêntica e real, que acreditava em segundas chances e acreditava no comediante. Ellen também deixou claro que estava do lado de Kevin.

Entenda o caso:

Poucas horas após o anúncio da Academia de que Kevin Hart seria o apresentador de 2019, vários usuários do Twitter começaram a desenterrar tuítes de conteúdo bastante homofóbico feitos pelo ator há alguns anos. A maioria das mensagens foram postadas por Kevin entre 2009 e 2011, e algumas são bem pesadas. “Se meu filho chegar em casa e tentar brincar com a casinha de boneca das minhas filhas, vou quebrá-la na cabeça e dizer ‘pare, isso é coisa de gay’”, diz uma das publicações, que foi deletada posteriormente. Em outros tuítes, o ator diz que uma pessoa parecia “um outdoor de AIDS” e chamava outra de “viado gordo”.

Dias depois, o comediante decidiu abandonar o posto de anfitrião da premiação mais importante do cinema e publicou um vídeo em seu Instagram, além de alguns tuítes justificando sua decisão: “Eu fiz a escolha de deixar de apresentar o Oscar deste ano“, ele escreveu na ocasião. “Isso é porque eu não quero ser uma distração em uma noite que deve ser celebrada por tantos artistas incríveis e talentosos. Eu sinceramente peço desculpas à comunidade LGBT por minhas palavras insensíveis do passado“, acrescentou.

Ellen DeGeneres com Kevin Hart no People’s Choice Awards de 2017. (Foto: Christopher Polk/Getty Images)

Hoje (4), Kevin Hart deu sua primeira entrevista televisionada sobre o incidente no “The Ellen DeGeneres Show”, falando sobre o caos de ter seu nome e reputação manchados em pouquíssimo tempo. Como o astro de ‘Jumanji’ já havia conversado com Ellen sobre seu desejo de ser o anfitrião da premiação e também sobre as consequências da polêmica dos tuítes, a apresentadora revelou que entrou em contato com a Academia antes da gravação da entrevista para perguntar se eles o queriam de volta.“Eu liguei para a Academia hoje, porque realmente quero que você apresente o Oscar. Fiquei tão animada quando soube que eles te convidaram. Pensei que era uma coisa maravilhosa, sabia o quanto era importante, era um sonho, então liguei para eles e disse: ‘Não tenho ideia se o Kevin quer voltar atrás e apresentar, mas o que vocês acham?’. E eles disseram: ‘OMG! Nós queremos que ele apresente, mas, talvez, tenha acontecido um mal entendido, ou nós dissemos a coisa errada, mas nós queremos que ele apresente’“, disse Ellen. A apresentadora ainda acrescentou que Kevin era uma das pessoas mais inteligentes e engraçadas que ela conhecia, e que ele traria sofisticação ao Oscar.

Kevin Hart causou polêmica com tuítes antigos… (Foto: Phillip Faraone/Getty Images)

(Os trolls) vão ganhar se você não apresentar o Oscar. Não pode deixar que te destruam e eles não podem te destruir porque você tem muito talento. Ninguém pode fazer isso. Impedir o seu sonho, o que você queria e tem direito de fazer, o que você deveria estar fazendo. É por isso que eles não encontraram outro anfitrião. Acho que eles estavam secretamente esperando que você voltasse“, afirmou Ellen. Kevin não deu sua posição final sobre o assunto, mas agradeceu pelo carinho da amiga e disse que avaliaria tudo o que ela disse. “Este bate-papo era o que eu precisava ter”, acrescentou. Até o momento, o Oscar 2019, que acontece no dia 24 de fevereiro, não tem um novo anfitrião.

E aí, o que você acha da polêmica? Talvez fosse melhor Ellen ter ficado de fora disso!

* Leia também:

— Após polêmica, Kevin Hart se abre sobre a recusa da apresentação do Oscar e é surpreendido por Ellen DeGeneres, assista!

— Eita! Kevin Hart abandona o posto de apresentador do Oscar, após tuítes ‘desenterrados’; entenda a polêmica!

— Próximo apresentador do Oscar, Kevin Hart deleta tweets homofóbicos e responde à polêmica: ‘Ocupado demais’