Jesse Williams

Jesse Williams: Sindicato repudia vazamento de vídeo do ator nu, e teatro revela novas medidas durante peça: “Violação inaceitável”

Em cartaz na peça “Take Me Out”, ator foi exposto nas redes sociais com gravação amadora em que aparece pelado

Nesta segunda-feira (9), a internet ficou em polvorosa com o vazamento de um vídeo em que o ator Jesse Williams aparece nu durante uma das cenas da peça “Take Me Out”. O ato de gravar e divulgar o trecho da produção configura crime, tanto sob os direitos autorais da montagem, quanto a exposição indevida do artista. Por conta disso, o Actors’ Equity, sindicato dos atores de teatro, e o 2nd Stage Theater, local onde a apresentação foi feita, repudiaram veementemente o ocorrido.

Kate Shindle, presidente do Actors’ Equity, definiu a atitude da pessoa que gravou Williams como um “assédio sexual e uma terrível violação de consentimento”. “Condenamos nos termos mais fortes possíveis a criação e distribuição de fotografias e vídeos de nossos membros durante uma cena de nudez. Como atores, concordamos regularmente em ser vulneráveis ​​no palco para contar histórias difíceis e desafiadoras. Isso não significa que concordemos em ter esses momentos vulneráveis ​​amplamente compartilhados por qualquer pessoa que queira colocar um dispositivo de gravação no teatro”, criticou.

O comunicado condenou mais de uma vez a pessoa responsável pela gravação, destacando que ela soube desde o início que estava proibida de registrar a peça. “A cada apresentação, há um entendimento mútuo entre o público e os performers de que estamos compartilhando uma experiência limitada a este tempo e lugar; essa confiança possibilita que sejamos expostos emocional e fisicamente. Atropelar este acordo ao capturar e distribuir essas fotos e vídeos é tanto assédio sexual quanto uma violação terrível de consentimento. É uma violação que impede nossa capacidade coletiva de contar histórias com ousadia e bravura”, lamentou.

O 2nd Stage Theater explicou que toda a plateia é obrigada a guardar seus celular em estojos que são lacrados antes mesmo do início da apresentação, mas de alguma forma, a pessoa que cometeu o delito conseguiu burlar o método. “Estamos chocados que esta política tenha sido violada e imagens não autorizadas de nossa empresa de atuação tenham sido publicadas. É profundamente lamentável que um membro da plateia tenha escolhido desrespeitar a produção, seus colegas da plateia e, mais importante, o elenco dessa maneira“, começou o texto.

Continua depois da Publicidade

O teatro ainda revelou qual medida tomará para tentar assegurar a proteção dos atores no resto da temporada da peça. “Tirar fotos nuas de qualquer pessoa sem o seu consentimento é altamente censurável e pode ter graves consequências legais. Postá-las na internet é uma violação grosseira e inaceitável da confiança entre o ator e o público forjada na comunidade teatral. Estamos buscando ativamente solicitações de remoção e pedimos que ninguém participe da distribuição dessas imagens. O Second Stage também está adicionando pessoal adicional no teatro para fazer cumprir a política”. 

No mesmo dia do vazamento, Williams participou, junto aos colegas de elenco, do “Watch What Happens Live’s After Show”, programa apresentado por Andy Cohen. Durante a entrevista, o apresentador questionou o rapaz sobre o alvoroço que sua nudez na peça causou na web, e ele foi muito sincero. “É um corpo, uma vez que você vê, você percebe que é o que quer que seja, é apenas um corpo!”, refletiu Jesse. “Eu só tenho que fazer com que isso não se torne um grande negócio”, acrescentou ele.