Johnny Depp Amber Heard

Johnny Depp vence processo contra Amber Heard; confira a sentença e saiba os detalhes

O veredito foi divulgado na tarde de hoje (1º), após três dias de deliberação no Tribunal de Fairfax, na Virgínia

O júri do tribunal de Fairfax, na Virgínia, Estados Unidos, anunciou nesta quarta-feira (1º) o veredito do caso de Johnny Depp e Amber Heard. Após um mês e meio de julgamento e três dias de deliberação, os jurados condenaram a atriz na acusação de difamação.

Amber esteve presente durante a leitura do veredito. Com a decisão, a artista terá de pagar uma indenização de US$ 15 milhões (cerca de R$ 71 milhões) ao ex-marido. Depp, por sua vez, terá de desembolsar um valor de US$ 2 milhões (aproximadamente R$ 9 milhões) para Heard – quantia que diz respeito a danos compensatórios.

Amber Heard Corte
Amber Heard deixou a Corte de Fairfax, Virgínia, após o júri concluir que ela cometeu difamação contra o ex-marido, Johnny Depp. (Foto: Getty)

Johnny não compareceu ao tribunal nesta tarde. Nos últimos três dias, o protagonista de “Piratas do Caribe” tem feito shows no Reino Unido ao lado de Jeff Back – e ainda deve realizar outras apresentações antes de retornar aos Estados Unidos. “Por conta de compromissos de trabalho agendados antes do julgamento, o senhor Depp não estará fisicamente presente para o veredito, e assistirá do Reino Unido”, já havia antecipado uma fonte ao TMZ.

Continua depois da Publicidade

Atriz lamenta decisão

De acordo com o Deadline, após a leitura do veredito, Amber Heard deixou a Corte e se disse “decepcionada” com a decisão do júri. Em seu primeiro pronunciamento público, a estrela afirmou: “Estou de coração partido que a montanha de evidências ainda não foi suficiente para enfrentar o poder, a influência e persuasão desproporcionais do meu ex-marido“.

“Eu estou ainda mais decepcionada com o que esse veredito significa para outras mulheres. Isso é um retrocesso. Isso volta o relógio para uma época em que uma mulher que se defendia e se manifestava poderia ser publicamente constrangida e humilhada. Isso afasta a ideia de que a violência contra a mulher deve ser levada a sério”, declarou.

Gettyimages 1390910515
Amber Heard lamentou ter sido culpada por difamação no caso contra o ator Johnny Depp. (Foto: Getty)

“Eu acredito que os advogados de Johnny tiveram sucesso em conseguir que o júri deixasse passar o fator chave da liberdade de expressão e ignorasse evidências que foram tão conclusivas que nós vencemos [o processo] no Reino Unido”, acrescentou Heard, trazendo à tona uma derrota de Johnny em um outro julgamento polêmico, quando o astro perdeu um processo contra o The Sun. “Estou triste que perdi esse caso. Mas estou mais triste por que parece que perdi um direito que eu achei que tivesse como norte-americana: o de falar livre e abertamente”, concluiu.

Continua depois da Publicidade

Johnny celebra vitória no caso

Pouco após ganhar a causa, Johnny Depp também celebrou a notícia em um comunicado, publicado pela Variety. O ator contou como o fim desse casamento, seis anos atrás, mudou sua vida drasticamente por conta de “alegações falsas, muito sérias e criminosas”. Agora, o astro comemorou essa nova etapa. “Seis anos depois, o júri me deu a minha vida de volta”, afirmou.

Johnny Depp Julgamento
Johnny Depp celebrou sua vitória no caso contra a ex-mulher. (Foto: Getty)

“Minha decisão de ir atrás desse caso, sabendo muito bem a altura dos obstáculos legais que eu encontraria e o espetáculo inevitável e mundial na minha vida, foi tomada apenas após uma considerável reflexão. Desde o começo, o objetivo de trazer esse caso era revelar a verdade, independentemente do resultado. Falar a verdade era algo que eu devia para as minhas crianças e para todos os que permaneceram firmes em seu apoio a mim. Me sinto em paz ao saber que finalmente consegui isso”, declarou Depp.

Continua depois da Publicidade

Johnny também dedicou seus agradecimentos pelo apoio massivo que tem recebido, especialmente nas redes sociais. “Eu estou, e tenho ficado, comovido pela efusão de amor, o apoio colossal e bondade ao redor do mundo. Eu espero que minha busca para que a verdade seja dita tenha ajudado outros, homens e mulheres, que encontraram a si mesmos na minha situação, e que aqueles que os apoiam nunca desistam. Eu também espero que a posição agora retorne para ‘inocente até que se prove culpado’, tanto nos tribunais quanto na mídia”, completou. Por fim, o astro concluiu: “O melhor ainda está por vir e o novo capítulo finalmente começou. A verdade nunca perece”.

O processo

Dois anos após sua separação, Johnny Depp acusou Amber Heard de difamação. A história toda teve início em 2018, quando a atriz escreveu um artigo no “The Washington Post” afirmando ser uma sobrevivente de violência doméstica. Ela não citou o nome do artista, contudo, ele entrou com a ação judicial e alegou que o texto trouxe danos para a sua reputação.

Continua depois da Publicidade

À Justiça, Depp provou que os detalhes dos depoimentos de Heard seriam falsos e que ela teria mentido. O astro inicialmente pediu uma indenização de US$ 50 milhões (aproximadamente R$ 239 milhões). Heard, por sua vez, fez uma alegação contrária e tinha pedido U$ 100 milhões (cerca de R$ 479 milhões) posteriormente. O julgamento teve início no mês de abril, e foi marcado por relatos de supostos episódios de agressão e abuso de ambas as partes.

Johnny Depp havia acusado Amber Heard de difamação, após a atriz relatar que foi vítima de violência doméstica. (Foto: Getty)

O processo também foi amplamente discutido nas redes sociais. Apenas no TikTok, foram mais 18,8 bilhões de visualizações na hashtag “Justice For Johnny Depp” – com vídeos que pediam justiça ao ator, faziam sua defesa, além de outros que criticavam e debochavam de falas de Amber. Enquanto o assunto ganhava a mídia, fãs também debatiam os argumentos para tentar causar algum impacto na decisão judicial.