Kim Kardashian consegue libertação de homem condenado a prisão perpétua por envolvimento com drogas

Depois de ter ajudado Alice Johnson a ser libertada da prisão no ano passado, Kim Kardashian gostou mesmo da área de justiça criminal, e comemorou mais um grande feito! Nesta sexta-feira (3), a socialite usou sua conta no Twitter para revelar que sua equipe de advogados ajudou na libertação de um outro detento que cumpria sentença de prisão perpétua por envolvimento com drogas, só que dessa vez no estado da Flórida.

Segundo a beldade, um prisioneiro chamado Jeffrey Stringer foi solto e se reuniu com sua família após cumprir 22 anos de prisão. “Nós conseguimos de novo! Tive o melhor telefonema com minha advogada @msbkb e essa adorável família, que acabou de ganhar o processo de libertação para seu querido Joffrey, em Miami – ele ficou preso 22 anos após ser condenado à prisão perpétua por um caso simples de entorpecentes. Ele cumpriu muito tempo [da sentença], mas me dá muita alegria financiar esse trabalho que salva vidas“, escreveu Kim.

Em seu Twitter, a advogada de Kim, Brittany K. Barnett, também comemorou: “Um dia tão incrível! Jeffrey nunca deveria ter sido condenado a prisão perpétua neste caso. Ponto final. O vício americano por encarceramento devastou famílias inteiras. [Estou] Muito feliz que Jeffrey se reunirá com sua família após 22 anos!! Sua vida foi salva hoje!“.

No ano passado, Kim se esforçou para conseguir a libertação da prisioneira Alice Marie Johnson, que também fora condenada a prisão perpétua por um crime não-violento relacionado a drogas. Ela até chegou a se encontrar com o presidente norte-americano, Donald Trump, na Casa Branca, para reforçar o pedido de perdão presidencial a Alice. E o trabalho deu certo!

O momento em que Kim conta a Alice que ela tinha conseguido sua libertação chegou a ser exibido no “Keeping Up With The Kardashians” e foi muito emocionante. Clica aqui para assistir!

Nesta semana, inclusive, o canal E! divulgou uma prévia do próximo episódio do , que mostrou Kim explicando à mãe Kris Jenner como ela seleciona prisioneiros com chances de terem o pedido de clemência aprovado. “Se eu vejo [uma história] que eu sinto como se tivesse uma chance real e que me deixe tocada, então eu envio para meus advogados, que olham tudo para ter certeza de que é legítimo“, disse a Kardashian.