Marilia Maiara Maraisa (1)

Maiara e Maraísa se emocionam com uma das últimas mensagens de Marília Mendonça e revelam pedido especial da mãe dela

Neste domingo (5), data que marca um mês da trágica morte de Marília Mendonça, Maiara e Maraisa deram uma nova entrevista falando sobre a dificuldade de retomar a vida depois de tudo o que aconteceu. Elas ainda recordaram suas últimas conversas com a Rainha da Sofrência, e contaram como a mãe da estrela, Ruth Moreira, foi fundamental para o retorno aos palcos.

Na manhã de hoje, Maraisa compartilhou um print do grupo das “Patroas” no WhatsApp, em uma das últimas conversas com Marília. Na ocasião, a sertaneja celebrava o fato de terem saído na revista Forbes. “Fiquei pensando o quanto a gente se desgastou sobre esse assunto. As inúmeras ligações, reuniões, o stress. Vale a pena ter firmeza nos nossos sonhos. Meninas, o mundo é pequeno demais pra nós três”, disse Mendonça em 8 de outubro. “Um mês sem você… Te amo”, declarou a gêmea de Maiara. Olha só:

Maraisa's Instagram 2021 12 5 Story
Maraisa compartilhou uma de suas últimas conversas com Marília Mendonça. (Foto: Reprodução)

Ajuda da mãe de Marília

Em entrevista ao Splash, do UOL, Maiara e Maraisa brincaram que Marília era a “terceira gêmea”. Não à toa, foi muito difícil retornar ao trabalho depois da tragédia. “Fizemos reuniões e deixei claro que não queria mais fazer show em 2021. Na minha cabeça isso era o certo”, contou Maraisa. Mas não foi o que aconteceu… Uma semana depois, as irmãs estavam de volta na estrada e até assumiram alguns dos compromissos da amiga.

Continua depois da Publicidade

De acordo com elas, o apoio de dona Ruth Moreira foi essencial nesse processo. “Conversei com um e com outro, e todos estavam num movimento contrário, de honrar o que tinha sido combinado com a Marília. A Ruth foi uma das que pediu que a gente não parasse. Foi aí que eu mudei também e decidi orgulhar minha amiga independentemente de ela estar aqui. Muita gente depende disso”, comentou Maraisa.

Patroas
Maiara e Maraisa brincaram e chamaram Marília Mendonça de “terceira gêmea”, tamanha a amizade e proximidade com a estrela. (Foto: Divulgação)

Ainda sobre a relação com a mãe de Marília, Maraisa afirmou: “Toda vez que estou em Goiânia, vou à casa da Ruth. Ela é muito forte. Foi uma das pessoas que falou que nós tínhamos que continuar e me disse que gostaria que o combinado com a Marília não fosse desfeito”.

Dificuldade e nervosismo nos palcos

Ao contrário de sua irmã, Maiara revela como planejou um dos shows de Marília que assumiriam. “Aconteceu o velório e o enterro, esperei um dia e, enquanto a Maraisa estava prostrada na cama, caída mesmo, fui para o estúdio e criei o show que apresentamos em Lorena (SP). Montei repertório, tudo. Foi ali que a minha ficha caiu. Soube que teria que continuar. Se não fizesse o combinado em vida com ela, seria covarde, e me arrependeria lá na frente”, disse ela.

Continua depois da Publicidade

Parte da dor com a ausência de Marília vem também pelos tantos planos que as três fizeram juntas. “Passamos dois anos sem show por conta da pandemia, aí criamos o planejamento das Patroas e passamos a inserir a Marília em tudo. Ficamos por muito tempo vivendo o trabalho juntas. Os nossos sonhos passaram a ser os das Patroas. Almejamos carreira internacional juntas. O que fazer agora?”, pergunta Maiara. Mas a própria cantora reconhece: “Nos resta levar esse legado e entregar sempre o melhor”.

No caso de Maraisa, tem sido comum voltar aos shows e se sentir “perdida”, especialmente quando cai a ficha do que houve com Marília. “Subo no palco e fico sem saber como me portar. Será que posso falar isso? Brincar com aquilo? No show em homenagem à Marília não consegui cantar. Foi pesado. Me feriu demais olhar ela num telão”, admitiu.

Continua depois da Publicidade

“Saía do palco e me perguntava: ‘Estou interagindo com a minha amiga num telão? Como assim?'”, contou Maraisa. A artista também revelou que se incomoda com algumas ideias que têm sido sugeridas nesse processo: “Quando falam que poderíamos colocar a Marília num holograma no projeto Patroas, eu me pergunto: ‘Jura? Sério isso?’. Isso tudo me fere demais”.

Mesmo assim, as gêmeas observam como os shows têm ajudado no processo do luto. “Recebo tanta força dos fãs, tanto carinho. Sei que nos primeiros shows, principalmente os que seriam da Marília, os fãs não estavam ali para ver Maiara e Maraisa, muitos nem nos conheciam bem. Eles queriam apenas ser confortados por nós. E nós voltamos aos palcos pelas pessoas que dependem de nós e por nossa saúde mental. Se eu estivesse em casa, sem show, estava lascada”, acrescentou a cantora.

Continua depois da Publicidade

Amizade, últimas conversas e dor da perda

Apesar do sucesso no palco, a relação das “três irmãs” era focada principalmente na amizade. “A gente era amiga o tempo inteiro. Falava de cachaça, de romance, tudo. A amizade sempre veio primeiro, o ‘cantar’ era diversão”, recordou Maraisa. “A Marília me defendia quando nem precisava. Ela comprava briga minha que nem eu comprava”, lembrou ela.

Marilia Maiara Maraisa
A amizade Marília Mendonça e Maiara & Maraisa ia muito além dos palcos. (Fotos: Reprodução/Instagram)

Maiara também explicou qual a dor dessa perda, ao citar os questionamentos do por que elas falam tanto de Marília. “Basta você imaginar. Se você perdesse seu marido ou esposa hoje, como seria? Alguém com quem você convive 24 horas. Não sofreria? É isso. Tive a Marília arrancada de mim no momento em que eu estava com o projeto mais lindo da vida com a minha melhor amiga”, respondeu.

Continua depois da Publicidade

“Sempre escuto os áudios e leio os conselhos que a Marília me dava”, adicionou. Ao ler a mensagem de Marília sobre o mundo ser pequeno demais para as “Patroas”, Maiara até se emocionou. “Até hoje, não apagamos esse grupo. Guardei especialmente essa mensagem que veio logo após conquistarmos a capa da Forbes”, completou a artista.

Murilo Huff Leo Huff Marilia Mendonca Instagram Fixed Large
Marília e Murilo ficaram quase quatro anos juntos e tiveram um filho, o pequeno Léo. (Foto: Reprodução)

Quanto ao pequeno Leo, filho da Rainha da Sofrência, Maraisa refletiu: “Tenho muito amor por ele e sei que está bem. É uma criança, né? A Marília engravidou e deixou esse menino para a mãe dela, para fazer companhia. Até nisso ela fez bem. Deixou o Leo para nós”, afirmou. Por fim, a cantora também garantiu que a dupla seguirá levando o legado de Marília. “Nós, neste momento, temos o mesmo trabalho deixado por Marília. Ela está presente em tudo, é a primeira voz das nossas músicas. Então continuaremos levando esse legado, mostrando o trabalho que também foi da Marília”, concluiu.