Fotojet (4)

Na lata! Yasmin Brunet se manifesta após acusações íntimas e prints da sogra: “Nunca existiu”

A família Medina vem protagonizando, há meses, uma série de conflitos. O novo capítulo da treta pública envolve acusações a Yasmin Brunet, que nessa quinta-feira (14), usou o Instagram para se defender da própria sogra, Simone. Em uma suposta conversa vazada por Leo Dias, do jornal Metropóles, a mãe de Gabriel teria comparado a modelo a uma atriz pornô, dizendo ainda que teria um vídeo íntimo da nora, de anos atrás.

“Em respeito aos meus fãs e do Gabriel, quero me manifestar sobre algumas notícias que saíram essa semana. Uma delas diz que existiria um vídeo íntimo meu em posse de uma familiar do meu marido. Essa informação não procede. Não existe tal material. E nunca existiu. No entanto, preciso ressaltar que, mesmo que existisse, é lamentável querer diminuir uma mulher por exercer sua sexualidade. Lutamos para sermos livres para fazer o que quisermos, para ocupar lugares que nos foram negados por anos e anos… Para sermos donas de nossos corpos e desejos”, começou Yasmin.

Continua depois da Publicidade

Ainda nas mensagens, Simone teria feito menção a um suposto “relacionamento homossexual” de Brunet – o qual a modelo negou ter vivido. “Não compactuo com o machismo. Assim como minha vida também não tem espaço para homofobia. Uma outra mentira criada para me atacar seria sobre um suposto relacionamento homoafetivo. Como se viver um amor fosse algo que me ofenderia… e me entristece esse tipo de atitude nos dias de hoje. Eu prezo pelo respeito às mulheres e por todos aqueles que vivem seus amores”, escreveu a loira.

Por fim, a carioca fez referência a polêmicas anteriores com a sogra. “Só estou vindo a público porque eu e Gabriel estamos cansados dessa espetacularização da nossa vida. E para acabar também com essas especulações e criações, que são uma tentativa lastimável de tentar atacar minha honra. Com ou sem vídeo, com ou sem um relacionamento homoafetivo, eu, todas as mulheres e todos os LGBTQIA+ merecemos respeito!”, finalizou. Luiza Brunet, que também teria sido alvo das críticas de Simone, deixou um comentário na publicação feita pela filha: “Assim se responde com responsabilidade e respeito”.

Fotojet (3)
Texto de Yasmin, rebatendo supostas alegações da sogra. (Foto: Reprodução/Instagram)

Entenda o caso

Na última terça-feira (12), o colunista do portal Metrópoles, Leo Dias, divulgou o print de supostas mensagens enviadas por Simone a Gabriel. Nelas, a matriarca teria se referido à esposa do filho como uma “atriz pornô”, afirmando ainda ter um vídeo da modelo “fazendo chu**”. Além de ofensas a Yasmin e sua mãe, Luiza Brunet, Simone teria dito que tem “pena da falta de espírito” do surfista: “Vá se ocupar em crescer de verdade”.

Md
(Foto: Reprodução/Metrópoles)

A relação de Gabriel com a família ficou estremecida após a chegada de Yasmin. Os dois começaram a se relacionar em março de 2020 e se casaram em janeiro deste ano, no Havaí. Contrários à união, a mãe e o padrasto do atleta, Charles Saldanha, cortaram laços com ele desde então. Simone disse que se afastou porque a relação do filho com a esposa era “controladora” e que ele não falava mais com a irmã mais nova, a também surfista Sophia.

Depois de um tempo, Gabriel diminuiu o repasse mensal que fazia à família – valor que, segundo a mãe, era o pagamento que recebia como sócia da empresa de gerenciamento esportivo do atleta. A questão foi resolvida na Justiça, e terminou com o surfista cedendo imóveis milionários à família. Por outro lado, Simone ficou proibida de  explorar comercialmente a imagem do filho.

De acordo com reportagem de Demétrio Vecchioli, do UOL, o caso também envolveu o Instituto Gabriel Medina, cuja sede ficava na praia de Maresias, em São Sebastião (SP). O órgão era administrado por Simone e Charles e, segundo a matriarca, Gabriel pediu que os dois renunciassem aos cargos. Em setembro, ela então fechou o instituto e colocou o prédio que o abrigava à venda.

Por fim, Gabriel teria bloqueado a mãe nas redes sociais, após vazamento dos prints. A coluna de Leo Dias apontou ainda que Yasmin e Luiza pretendem processar Simone por difamação.