Prince

Príncipe William teria dito a pessoas próximas que é “quase impossível confiar em Harry”, afirma jornal

Eita! As coisas estão bem complicadas na família real… Os príncipes Harry e William, que têm vivido momentos difíceis no relacionamento nesses últimos tempos, deram um pequeno sinal de reconciliação nesta quinta-feira (1º), ao se reunirem em Londres para inaugurar uma estátua em homenagem à mãe, princesa Diana. Fontes próximas à realeza contaram, entretanto, que o encontro não foi dos mais amigáveis, e os ânimos continuam exaltados.

Lady Di completaria 60 anos no dia 1º de julho e recebeu um lindo tributo de seus filhos. Porém, os príncipes quase não trocaram palavras e passaram apenas 20 minutos no mesmo local para a cerimônia. Insiders afirmaram ao The Mirror que o primogênito da princesa considera “quase impossível confiar em Harry novamente“.

O comportamento dos dois após a cerimônia é um indicador preocupante sobre como eles estão afastados. “Apesar do William e do Harry terem se reunido para comemorar o legado da mãe deles, Harry continua muito distante. Eles mantiveram as aparências, fizeram o que tinham que fazer para garantir que não aconteceriam brigas e depois disseram adeus. Não teve nada além disso, nenhuma conversa”, disseram as fontes.

Diana, Princess Of Wales Statue Unveiling At Kensington Palace
Harry e William pareciam amigáveis durante cerimônia de homenagem à Lady Di. (Foto: Getty)

Ainda é tudo muito recente para o William e para a família para que eles possam querer agradar Harry, então é melhor que as coisas esfriem por um tempo”, contou o insider. A relação dos dois tem deteriorado consideravelmente desde que Harry e Meghan Markle, sua esposa, deram uma entrevista bombástica para a Oprah Winfrey, acusando membros da família real de racismo e revelando que a atriz teve pensamentos suicidas quando vivia entre a realeza.

Desde então, os irmãos, que já foram inseparáveis, se falaram pouquíssimas vezes pelo celular. Na primeira visita do caçula de Diana à família, ele se surpreendeu com a recepção fria de seus parentes, diz a mídia britânica. Na ocasião, Harry compareceu ao funeral de seu avô, príncipe Philip, falecido em abril. Durante a cerimônia, William especificamente pediu para não andar ao lado do irmão, o que de fato aconteceu.

Harry e Meghan chocaram o público e a Realeza com entrevista reveladora para Oprah. (Foto: Getty)

Agora, Harry já está de volta aos Estados Unidos com a esposa e seus dois filhos, Archie e Lilibeth. O príncipe deve voltar à Inglaterra em setembro, para mais um evento em homenagem à Diana. Familiares e pessoas próximas divergem sobre como essa situação seguirá daqui para frente. “Por um lado, você tem a família de Diana, bem como membros da família real, que se agarrarão a qualquer pequena esperança de que os dois irmãos consertarão seu relacionamento e, por outro lado, alguns definitivamente sentem que o dano é definitivo“, disseram fontes.

Continua depois da Publicidade

Briga dos príncipes durante funeral

No dia 27 de junho, o Daily Mail revelou que os irmãos William e Harry discutiram no funeral do avô, príncipe Philip. Robert Lacey, biógrafo responsável por livros bombásticos que contaram os bastidores da família real britânica, escreveu um artigo para a publicação afirmando que as primeiras impressões do público estavam certas: os filhos de Charles realmente se desentenderam.

Philip morreu aos 99 anos, e seu funeral foi realizado no dia 17 de abril. A cerimônia ficou marcada pelo primeiro reencontro de Harry com sua família após ter deixado seu cargo sênior na monarquia. Além disso, semanas antes, a entrevista bombástica dele e de sua esposa Meghan Markle para Oprah Winfrey tinha ido ao ar, divulgando histórias chocantes de tudo que o casal enfrentou até se mudar para os Estados Unidos.

Continua depois da Publicidade

Em um primeiro momento, a mídia e o público especularam sobre os vários cliques do duque de Sussex e William com caras de poucos amigos no funeral, e apontaram que as coisas não estavam indo bem entre os dois. No entanto, posteriormente, os paparazzi divulgaram um vídeo que contrariava essa hipótese completamente… Após o velório, Harry, William e Kate Middleton foram vistos conversando em clima de descontração enquanto voltavam para o castelo de Windsor ao lado de outros membros da família real. Relembre:

Mais de dois meses depois do funeral, Robert Lacey afirmou que apesar das expectativas e iniciativas de alguns membros da família real para os dois se resolverem — após três anos de desentendimentos  —, tudo deu errado. “Alguns pensaram que o evento reuniria os irmãos em guerra em uma atmosfera de reflexão”, contou o biógrafo. No entanto, uma discussão dentro do castelo teria sido iniciada momentos depois que os irmãos chegaram.

“Lá estavam eles, um na garganta do outro tão ferozmente como sempre. A fúria e a raiva entre os dois se tornaram incrivelmente profundas. Muitas coisas duras e dolorosas foram ditas. Não houve reconciliação, e nenhuma reunião fraterna ou ‘mini cúpula’ após o funeral do príncipe Philip em 17 de abril. O conflito entre os dois filhos de Diana, amargamente divididos, não parece provável que termine tão cedo”, declarou Lacey.

Gettyimages 1312974758
Público estranhou distanciamento de Harry e William nas fotos do funeral de Philip. Foto: Getty