Fotojet (11)

Príncipes William e Harry teriam discutido após funeral do avô Philip, diz biógrafo real: “Coisas dolorosas foram ditas”

Vixe! Parece que essa briga nem a Christina Rocha consegue resolver nos “Casos de Família”… Neste domingo (27), o Daily Mail afirmou que os irmãos William e Harry discutiram no funeral do avô, príncipe Philip. Robert Lacey, biógrafo responsável por livros bombásticos que contaram os bastidores da família real britânica, escreveu um artigo para a publicação afirmando que as primeiras impressões do público estavam certas: os filhos de Charles realmente se desentenderam.

Philip morreu, aos 99 anos, e o seu funeral foi realizado no dia 17 de abril. A cerimônia ficou marcada pelo primeiro reencontro de Harry com sua família após ter deixado seu cargo sênior na monarquia. Além disso, semanas antes, a entrevista bombástica dele e sua esposa Meghan Markle para Oprah Winfrey tinha ido ao ar, divulgando histórias chocantes de tudo que o casal enfrentou até se mudar para os Estados Unidos.

Em um primeiro momento, a mídia e o público especularam os vários cliques do duque de Sussex e William com caras de poucos amigos no funeral, e apontaram que as coisas não estavam indo bem entre os dois. Mas posteriormente, os paparazzi divulgaram um vídeo que contrariava essa hipótese completamente… Após o velório, Harry, William e Kate Middleton foram vistos conversando em clima de descontração enquanto voltavam para o castelo de Windsor ao lado de outros membros da família real. Relembre:

Mais de dois meses depois do funeral, Robert Lacey afirmou que apesar das expectativas e iniciativas de alguns membros da família real para os dois se resolverem – após três anos de desentendimentos -, tudo deu errado. “Alguns pensaram que o evento reuniria os irmãos em guerra em uma atmosfera de reflexão”, contou o biógrafo. No entanto, uma discussão dentro do castelo teria sido iniciada momentos depois que os irmãos chegaram.

“Lá estavam eles, um na garganta do outro tão ferozmente como sempre. A fúria e a raiva entre os dois se tornaram incrivelmente profundas. Muitas coisas duras e dolorosas foram ditas. Não houve reconciliação, e nenhuma reunião fraterna ou ‘mini cúpula’ após o funeral do príncipe Philip em 17 de abril. O conflito entre os dois filhos de Diana, amargamente divididos, não parece provável que termine tão cedo”, declarou Lacey.

Gettyimages 1312974758
Público estranhou distanciamento de Harry e William nas fotos do funeral de Philip. Foto: Getty

Continua depois da Publicidade

Mas ainda há esperança! “Há um plano de paz em ação – vários planos, na verdade. […] Os amigos lamentam a tragédia que estão testemunhando e frequentemente discutem como curar a rixa – embora com uma crescente sensação de desespero”, destacou Robert Lacey, lembrando que os irmãos se reencontrarão novamente em 1º de julho para a inauguração de uma estátua em homenagem a Diana.