Principe Edward

Príncipe Edward, filho da rainha Elizabeth, abre o jogo na TV sobre recentes polêmicas na família real: “Muito triste”; assista!

Não é de hoje que o clima está tenso entre os royals… Nesta quinta-feira (10), a CNN exibiu uma entrevista com o príncipe Edward, filho caçula de rainha Elizabeth II. Ele abriu o jogo sobre como as recentes polêmicas atingiram a família real, contou como a mãe tem reagido à morte do príncipe Phillip, e comentou o nascimento da filha de Harry e Meghan Markle, após especulações de um suposto “climão”.

Edward foi questionado sobre as tensões na família, principalmente as relacionadas a Harry e Meghan, e disse que a situação é “muito triste”. “Estranhamente, nós todos já estivemos ali antes – todos nós já tivemos intrusão e atenção excessivas nas nossas vidas. E todos nós lidamos com isso de maneiras sutilmente diferentes”, afirmou. “Nós desejamos muita sorte a eles. É uma decisão realmente difícil”, mencionou ele, fazendo referência ao afastamento dos duques de Sussex de seus cargos na realeza.

The Duke And Duchess Of Sussex Attend The Endeavour Fund Awards
Harry e Meghan negaram boatos envolvendo nome da filha e o príncipe Edward também comentou o assunto. (Foto: Getty)

O príncipe ainda sugeriu que problemas acontecem em toda família. “É difícil para todo mundo, mas isso é família pra você”, continuou. A chegada de Lilibet Diana – filha de Harry e Meghan – também veio à tona. Após boatos de que a rainha não teria sido informada sobre essa homenagem do casal, Edward deixou claro a torcida dos royals: “Bom, todos nós apenas os desejamos toda a felicidade. É uma notícia fantástica e eu absolutamente espero que eles estejam muito felizes”.

Continua depois da Publicidade

Morte de príncipe Phillip

Na data de hoje, Phillip completaria 100 anos de idade se estivesse vivo – mas para Edward, seu pai não ia querer esse momento todo pomposo: “De um ponto de vista egoísta, nós amaríamos se ele estivesse aqui e estivesse conosco. Mas os aniversários não eram necessariamente dele… ele na verdade não queria todo esse rebuliço e incômodo. Ele não estava muito ansioso pelo centenário, mesmo que nós estivéssemos. Nós seguimos em frente e celebramos o que poderia ter sido e a sua vida, e eu acho que nós tentamos tornar isso em algo que é muito positivo”.

Principe Andrew Cnn
Príncipe Edward se abriu sobre a morte de seu pai e as recentes tensões de sua família. (Foto: Reprodução/CNN)

O herdeiro da rainha também mencionou que as limitações nas despedidas de Phillip são algo que o mundo todo tem sentido em tempos de pandemia. “Foi uma experiência que muitas outras famílias tiveram de passar durante o ano passado ou nos últimos 18 meses, e nesse sentido, foi particularmente pungente”, refletiu.

Continua depois da Publicidade

O príncipe também lamentou que tudo tenha ocorrido de tal forma. “Existe uma enorme quantidade de pessoas que não tiveram como expressar o respeito como eles gostariam de ter feito. Eu acho que muitas pessoas gostariam de estar lá para prestar apoio à rainha”, respondeu.

Reação da rainha após a perda do marido

Por outro lado, Edward reconhece que sua mãe tem “passado notavelmente bem” depois da morte de seu companheiro de 73 anos de vida. “Eu acho que era uma parceria fantástica, mas nas últimas semanas, a vida ficou consideravelmente mais ocupada. As coisas estão começando a abrir mais, existem mais atividades, então estranhamente isso meio que preenche qualquer vazio particular”, avaliou.

De acordo com príncipe Edward, a rainha Elizabeth II tem se fortalecido após a morte do marido, príncipe Phillip. (Foto: John Phillips/Getty Images for Ascot Racecourse)

Continua depois da Publicidade

Entretanto, ele acredita que é possível que a solidão e os outros sentimentos fiquem mais difíceis ao longo dos próximos meses. “Eu acho que haverão outros momentos mais pra frente ao longo do ano em que as coisas vão ficar um pouquinho mais pungentes e um pouco mais difíceis. Mas nesse momento, muito obrigado por perguntar, eu acho que todos estão em boa forma, de verdade, e só trabalhando muito pesado”, opinou. Confira a entrevista: