Emma Stone Capa

Emma Stone revela bastidores de icônica gafe do Oscar, e entrega a melhor parte de gravar ‘Cruella’: ‘Isso é muito divertido’

A torta de climão, meu pai! Em entrevista recente ao talk show de Jimmy Kimmel, Emma Stone relembrou a gafe que aconteceu no Oscar de 2017. Para quem não lembra o que rolou, durante a premiação daquele ano foi anunciado que “La La Land” era o ganhador da categoria de “Filme do Ano”. Todos os envolvidos com a produção subiram ao palco, começaram a agradecer muito emocionados. Era o início de um sonho… Mas, deu tudo errado, porque em seguida, a Academia revelou que o verdadeiro vencedor era o longa “Moonlight”.

“Todos nós entramos em um transe alucinatório”, relembrou a atriz, perguntando depois o que Jimmy sentiu, já que ele era o apresentador daquela noite. “Eu lembro que eu fui para os bastidores e ficaram falando: ‘isso foi uma pegadinha sua?’, e eu disse: ‘Claro que eu não fiz isso!”, comentou o comediante. Relembre o momento constrangedor: 

A confusão toda aconteceu, pois, o ator Warren Betty, que ia anunciar a categoria, teria recebido o envelope errado, o de “Melhor Atriz”. Ao ver o nome de Emma Stone, protagonista de “La La Land” no documento, ele acabou por declarar o musical como o grande vencedor da cerimônia. Na época, Stone disse que não era possível isso ter acontecido já que ela tinha em mãos o envelope de “Melhor Atriz”, entregue antes.

Continua depois da Publicidade

Eles continuavam me dizendo que aquele era o único papel, e eu falava: ‘Mas, eu tenho o meu aqui!  Foi um caos absoluto”, relembrou a estrela. Kimmel comentou que, na verdade, tinham realmente dois envelopes com o nome da atriz, e dando risadas, Stone respondeu: “Sim, eu aprendi isso mais tarde naquela noite“.

Emma Stone tem brilhado como a vilã Cruella De Vil no novo live-action da Disney (Foto: Divulgação)

Durante o bate papo, a famosa também falou sobre os bastidores da sua nova produção, o live-action da Disney, “Cruella”, em que interpreta a icônica vilã de “101 Dálmatas”. Emma revelou que a melhor parte de gravar o filme, com certeza era poder filmar com os animais. “Foi tão divertido! Os cachorros são atores profissionais, eles basicamente são as estrelas do set de filmagem. Você não pode falar com eles da forma que você gostaria de falar com um cachorro porque eles precisam se preparar, você não pode deixá-los agitados”, explicou Stone.

Confira a entrevista completa: