Bts (2)

BTS arrasa em performance de “Permission to Dance” e faz discurso inspirador sobre o futuro na ONU; vem assistir!

Perfeitos! Esta segunda-feira (20), foi um dia muito importante para o BTS e todo o Army! O grupo sul-coreano mandou ver numa performance que marcou o início da semana da 76ª Assembleia Geral da ONU, nos Estados Unidos. RM, Jin, Suga, J-Hope, Jimin, V e Jungkook ainda fizeram um discurso importante sobre como devemos encarar o futuro pós-coronavírus, nos preocupando com o meio ambiente e nos esforçando ao máximo para ajudar uns aos outros.

A música escolhida pelos sete meninos foi o hit “Permission to Dance”. Eles gravaram a performance dentro do salão das Nações Unidas, que estava vazio no momento. Mais para o final do show, eles se juntaram a várias pessoas pelas ruas de Nova York e, claro, dançaram muito! A transmissão ao vivo chegou a reunir mais de 700 mil espectadores.

O grupo, que desembarcou em terras norte-americanas ainda no sábado (18), foi apresentado pelo presidente da Coréia do Sul, Moon Jae-in. Kim Namjoon, conhecido como RM, foi o primeiro a discursar, afirmando ser “uma honra” para os meninos estarem presentes no evento que discute os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Nós estamos aqui, hoje, para compartilhar as histórias das gerações futuras. Antes de virmos aqui, perguntamos aos jovens em seus 20 anos e adolescentes ao redor do mundo sobre seus últimos dois anos e sobre o mundo em que vivem hoje“, contou ele. O cantor passou a fala para Jin, que citou algumas respostas dadas pelo público, destacando a vontade de superação e a vontade de “fazer o melhor desse momento”.

Jeon Jungkook falou sobre pessoas que tiveram que cancelar eventos importantes de suas vidas, como formaturas, por conta da pandemia. Ele relembrou ainda uma decepção do próprio grupo. “Ficamos de coração partido quando nossa planejada e longa turnê mundial foi cancelada e por um tempo ansiamos pelos momentos que gostaríamos de ter realizado“, afirmou o músico.

Foi um tempo para ficarmos de luto pelas coisas que a Covid-19 nos tirou. Um tempo para descobrirmos o quão preciosos são os momentos que não valorizávamos“, refletiu Suga. Jimin ressaltou, entretanto, que esse tempo também serviu para que as pessoas encontrassem novos interesses, muitas vezes conectados com a natureza. “Talvez por sentirmos uma sensação de medo avassaladora que nosso tempo na Terra é limitado, nós só comentamos sobre as coisas pelas quais lamentamos e eu estremeço ao pensar em ficar de luto pela Terra“, disse J-Hope.

Annual United Nations General Assembly Brings World Leaders Together In Person, And Virtually
O grupo BTS foi convidado para discursar em evento da ONU. (Foto: Getty)

Todos concordam que as mudanças climáticas são um problema importante, mas conversar sobre qual pode ser a melhor solução não é fácil. É um assunto do qual é difícil tirar conclusões“, continuou ele. RM observou: “Eu aprendi, me preparando para hoje, que muitos jovens se interessam por questões do meio ambiente e escolhem isso como campo de estudo. O futuro é um território inexplorado, e é nele que passaremos nosso tempo. Então, esses jovens estão procurando respostas para como devemos viver esse futuro“.

Há pessoas que se preocupam com o mundo e estão buscando respostas. Ainda há muitas páginas em branco na história sobre nós, e pensei que não deveríamos falar como se o final já estivesse escrito“, acrescentou ele. Os meninos discordaram de afirmações de que os jovens seriam uma “geração perdida”, afirmando que “eles não parecem perdidos, parecem que estão encontrando coragem e assumindo novos desafios“.

É por isso que em vez de ‘geração perdida’, um termo mais apropriado seria ‘geração bem-vinda’ porque, no lugar de temer mudanças, essa geração dá as boas-vindas e continua se desenvolvendo”, pontuou Jin. “Se acreditarmos nas possibilidades e na esperança, quando o inesperado acontece não vamos perder nosso caminho, mas vamos descobrir novos“, arrematou RM.

Continua depois da Publicidade

Haverá escolhas que fazemos que talvez não sejam perfeitas, mas isso não significa que não haverá nada que possamos fazer“, disse Suga, enquanto J-Hope garantiu que os sete cantores foram vacinados contra a Covid-19. RM completou, afirmando que essa é a única maneira de encontrar seus fãs novamente. “Nós também estamos fazendo tudo o que está em nosso alcance no momento. Pensamos que o mundo tinha parado, mas ele continua caminhando. Acredito que cada escolha que fazemos é o começo da mudança, não o fim“, observou ele.

Na última terça-feira, dia 14 de setembro, o BTS foi nomeado como enviado especial para as gerações e cultura futuras da Coreia do Sul. Uma cerimônia foi realizada na Casa Azul, escritório e residência oficial do presidente Moon Jae-in. O chefe de Estado entregou certificados diplomáticos aos sete astros. Assista ao discurso: