BBB21: Após jogo da discórdia, Viih Tube afirma que Lumena foi “hipócrita”, e baiana rebate comentário sobre “militar errado”: “Pra mim é grave” — assista

E é pra isso que serve o “jogo da discórdia”! Ontem (8), o apresentador do “Big Brother Brasil 21” fez com que os participantes escolhessem quem eram as pessoas mais “influenciáveis” e “influenciadoras” da casa. As argumentações de Lumena e Viih Tube deixaram o clima pesado uma com a outra, e elas decidiram conversar nesta terça-feira (9), para acertar os ponteiros.

Na dinâmica, Lumena envolveu equivocadamente questões raciais para criticar Viih Tube, Sarah e Thais sobre uma confusão envolvendo Karol Conká. Já a youtuber foi certeira ao desabafar que a baiana tem o costume de “militar errado”, o que a deixou com muita raiva. “Ontem eu senti que rolou uma energia entre os nossos comentários, e eu acho que seria importante a gente conversar sobre”, começou a DJ. “Ficou bem visível uma troca esquisita, mas já imaginava que isso ia acontecer. Quando acabou, eu fiquei: ‘Nossa acabou tudo, acabou amizade’, aí depois eu fui sentindo que não, e que é só momentos diferentes e opiniões diferentes”, afirmou Vitória.

Lumena explicou para a colega que naquele momento estava fazendo um “recorte específico”, levando em consideração a confusão de Karol Conká com Carla Diaz e Bil. Mas, para Viih, a postura não condizia justamente com o que ela defende. “Eu senti que você foi um pouco hipócrita comigo, quando a gente foi conversar ali, você disse que eu tava ouvindo só a opinião da pessoa branca e não tava ouvindo a Karol. Só que ao mesmo tempo você só tinha ouvido a Karol. Da mesma forma que você só tinha ouvido uma pessoa, eu também”, defendeu-se.

Continua depois da Publicidade

A youtuber acrescentou que conversou com Camilla de Lucas, que é uma mulher negra, e concluiu que realmente não era uma questão racial, e sim uma confusão por causa do boato inventado por Karol. “E naquele momento a Carla quem sofreu o boato, foi envolvida numa história que não tinha a ver com ela. Pra mim, foi uma militância errada porque entrou uma questão muito importante em um momento que não cabia. Eu sei que não sou preta, não tenho esse poder de fala. Mas era um momento que não precisava falar desse assunto”, argumentou.

A baiana justificou que a opinião de Vitória era válida ao defender Carla, no entanto, não aceitou que ela tenha aplicado o conceito de “militância errada” no “jogo da discórdia” para falar sobre seu comportamento. “Falar sobre questão racial não é militância. Se eu quisesse fazer militância, eu não estaria no BBB (…) Você não me conhece pra dizer que tive postura militante (…) você reduziu a situação a militância. Você não sabe o que é militância. Militância é sobre pautas coletiva”, disparou Lumena, segundo o Uol.

A psicóloga ainda achou ruim Viih Tube argumentar que conversou com Karol Conká, e a rapper ter dito que a situação não tinha nada a ver com raças. “Você não poder pegar uma pessoa negra e reivindicar. Eu sou militante, mas eu sou militante lá fora, e você utilizou um conceito da minha vivência. Karol em nenhum momento reivindicou que ela é militante. Tô falando desse conceito”, justificou Lumena. “Entenda, a opinião de pessoas negras divergem, você não precisa unificar e chegar num senso comum”, completou.

Para a sister, Viih Tube falar em “militância errada” tem um forte impacto, uma vez que a jovem tem milhões de seguidores na web. “Pra mim é grave utilizar de um conceito dentro de um contexto, hm… Não é sobre militância, é sobre jornadas, acúmulos, perspectivas. Se pra você faz sentido se identificar com a leitura da Camilla, ou com a minha, fica à vontade”, amenizou Lumena.

Continua depois da Publicidade

Apesar de sempre estar trazendo debates sobre pautas sociais sérias em proporções e situações um tanto quanto duvidosas, Lumena afirmou que seu papel no reality show não tem sido de ser militante. “Eu não vim para acionar agendas identitárias aqui. Eu não vim acionar que eu sou preta, que eu sou sapatão, que eu sou nordestina, que eu sou macumbeira. Eu não vim acionar esse tipo de narrativa, mas a partir do momento em que as pessoas tocam na minha ferida, eu não tenho como me isentar”, declarou.

A baiana seguiu batendo na tecla de que Viih Tube não sabia o que era o conceito de militância. Em determinado ponto, a youtuber assumiu que errou ao usar o termo e pediu desculpas. “Me preocupou, mais com sua imagem, inclusive”, disse Lumena. “Isso não me preocupou”, garantiu Vitória.