Fotojet (28)

No Limite 5: Treta de Angélica e Siri, meme de Ariadna e eliminação de Mahmoud marcam programa de estreia — confira!

COMEÇOU! O Brasil está muito bem servido quando o assunto é reality show! Nesta terça-feira (11) estreou a quinta temporada de “No Limite”, agora com participantes que fizeram parte de edições antigas do “Big Brother Brasil”. Com André Marques no comando, o primeiro programa já mostrou a que veio exibindo as três primeiras provas, que foram de tirar o fôlego. Adrenalina pura! O público também descobriu como ficou a divisão dos competidores nos grupos, assistiu aos primeiros perrengues que muitos deles enfrentaram e já se despediu de Mahmoud, primeiro eliminado da atração.

O reality show está sendo gravado em uma praia no Ceará, e exige muita garra e bom convívio entre os colegas para se manter no jogo até a final, quando a votação do público decidirá o ganhador. Os grupos se chamam Carcará e Calango. O primeiro é formado pelos ex-BBBs: Ariadna Arantes, Elana Valenaria, Gui Napolitano, Íris Stefanelli, Lucas Chumbo, Marcelo Zulu, Paula Amorim e Viegas. Já o segundo reúne André Martinelli, Angélica Ramos, Arcrebiano Araújo, Carol Peixinho, Gleici Damasceno, Jéssica Mueller, Kaysar Dadour e Mahmoud Baydoun.

Sem tempo para muitas apresentações, André Marques logo anunciou a prova que dá acesso ao grupo vencedor para o “acampamento VIP”. Por lá, os sortudos poderiam desfrutar de alguns “mimos”, que na verdade são itens básicos de sobrevivência, mas obviamente, de muita valia nessa situação, como álcool para acender fogueira e sacos de dormir. A tarefa exigia primeiramente que os participantes subissem uma duna de areia para pegar as bandeiras de seus times. Em seguida, eles tinham que desenterrar chaves na areia — quem conseguisse pegar a última vencia. O grupo Calango até começou bem na etapa das dunas e chegou rapidinho nas chaves, mas o Carcará deu a raça e conseguiu vencer.

Continua depois da Publicidade

Ariadna Arantes passou por um sufoco daqueles, achou que ia passar mal e até saiu rolando nas dunas de areia. Nas redes sociais, claro, a cena viralizou de cara. “Me identifiquei muito com a jornada de Ariadna… Descendo ladeira a baixo em rede nacional”, brincou Lumena Aleluia, referindo-se à sua participação no “BBB 21”. “Não tô aguentando a Ariadna, é um gerador de meme! Já tem minha torcida”, incentivou um rapaz.

Mas o esquema é “faca na caveira” mesmo! Durante a primeira noite, os participantes viram que a temporada vai ser muito mais difícil do que eles imaginavam. Uma baita chuva os surpreendeu, e virou um “Deus nos acuda” dentro dos dois acampamento. “Foi muito louca a noite, a gente passou muito perrengue!”, admitiu Carol Peixinho nos depoimentos. “A noite foi péssima, dormi debaixo de goteira. Foi horrível”, contou Mahmoud, que mais tarde estava com assaduras nas pernas. E não parou por aí… Teve Arcrebiano dormindo encolhido e passando frio, chão duro, insetos subindo pelo corpo, muita dificuldade para acender a fogueira e o sol fortíssimo.

Continua depois da Publicidade

No dia seguinte, aí sim os humilhados foram exaltados! A prova “Privilégio” dá verdadeiro “itens de luxo” para os vencedores, incluindo comidas mais variadas e acendedor de fogueira. Para garantir os kits, cada grupo precisou fazer um caminho com troncos para movimentar uma jangada até a linha final. Porém, a cada ponto que eles avançavam no trajeto, o peso em cima era aumentado, deixando tudo mais difícil. Dessa vez, a Calango levou a melhor e venceu!

A vitória, inclusive, rendeu um climão entre os dois grupos. Os competidores do Carcará não gostaram muito de ver a comemoração de Angélica, principalmente Íris Stefanelli. “Eu achei ela muito desrespeitosa! Eu tive compaixão dela no dia anterior! Assim que ela atravessa o barco foi a primeira a fazer um desaforo. Ela foi muito desaforada! Eu não desrespeito meu adversário, eu aprendi a nunca fazer isso na vida. Eu não gostei nenhum pouco”, disparou a mineira.

E não foi só Iris que ficou insatisfeita com Angélica, não… Gleici Damasceno, colega de grupo da modelo no grupo Calango, ficou irritada durante o trajeto para a prova de imunidade. A vencedora do “BBB 18” não gostou de ver que as sugestões de caminho para o ponto de encontro não foram ouvidas e resultou em trabalho dobrado. “Só você tá falando, Angélica”, reclamou quando a outra participante pediu para todos “se comunicarem mais”. “Não, menina! Não falei isso”, rebateu Angélica. “A comunicação é de duas pessoas”, alfinetou Damasceno. Vale lembrar que as votações para as eliminações acontecem entre os membros de um mesmo grupo.

A prova de imunidade exigiu que todo o grupo corresse em um circuito, amarrado em uma única corda e carregando pesos no braço. A cada vez que alguém fosse desamarrado da corda, tinha que passar o peso que carregava para um colega. Jessica, do Calango, caiu no chão quando Mahmoud entregou o peso e os outros competidores continuaram correndo sem pegar o peso dela e do sexólogo. Por isso, todos foram desclassificados e o Carcará ganhou a imunidade da semana.

Continua depois da Publicidade

Com uma dinâmica complicada de votação, o que não faltou foi complô dentro do grupo Calango. Mahmoud, Angélica, Gleici e Carol Peixinho foram as pessoas que mais colocaram a cabeça para raciocinar votos e tentar combiná-los. André Martinelli, inclusive, foi um dos nomes mais citados.

Na hora da votação, a produção do reality show não exibiu qual foi o voto de todas as pessoas do grupo. No entanto, o público com certeza deve ter ficado surpreso ao ver Angélica votando em Mahmoud — principalmente após a conversa dos dois sobre o assunto. Com cinco votos contra três recebidos por André Martinelli, o sexólogo foi o primeiro eliminado. “Foi uma experiência incrível, vou colocar no meu currículo de muitas experiências. Eu reconheço que não tenho tanta força, equilíbrio. Não tem como competir com Bil e André, não, gente”, brincou o rapaz na despedida.