Fotojet (3)

Bridgerton: Coordenadora de cenas íntimas rebate críticas sobre diminuição de sexo na 2ª temporada, e faz promessa aos fãs

Lizzy Talbot explicou o que motivou a decisão da equipe por diminuir as cenas de sexo, diferente do que foi feito na primeira temporada da produção

[Atenção! O texto a seguir contém spoilers da segunda temporada de “Bridgerton”]

Alguns fãs de “Bridgerton” estranharam a falta de cenas de sexo entre os protagonistas na segunda temporada, e até criticaram a série por isso. Em entrevista ao IndieWire nesta quinta-feira (7), a “coordenadora de intimidade” da produção, Lizzy Talbot, revelou que muitas cenas foram gravadas, mas não entraram no corte final.

“Foi o mesmo na primeira temporada, houve muitas cenas que não entraram. Nós sempre fazemos mais do que precisamos, então há muitas opções na edição. Eu acho que isso é uma coisa muito importante. Eu sei que as pessoas ficaram frustradas porque não houve mais [cenas de sexo], mas parte disso é que queremos dar o nosso melhor absoluto. Há muitas cenas que não entram na edição final – esse é apenas o mundo do cinema. Nós estamos confiantes e realmente orgulhosos”, disse.

A primeira temporada do seriado produzido por Shonda Rhimes contou com cenas de tirar o fôlego entre Daphne (Phoebe Dynevor) e Simon (Regé Jean-Page). Nessa nova fase, entretanto, as sequências de sexo foram diminuídas consideravelmente, algo que foi notado pelos espectadores.

Para Talbot, havia uma “tensão absoluta” na segunda temporada e cada cena de sexo foi “altamente coordenada” para transmitir isso: “Acho que eles acertaram porque duas coisas estão acontecendo ao mesmo tempo: você tem essa tensão, mas também tem muito desenvolvimento de personagem acontecendo. Se há dois personagens que você realmente não conhece, então as apostas nas cenas de intimidade são muito menores”.

“Você está investido nesses dois depois de assisti-los por seis episódios. Finalmente, eles estão fazendo isso e você os conhece muito bem. Você está torcendo por eles. Você queria isso o tempo todo, e agora acontece”, continuou Lizzy.

3a Temporada De Bridgerton Como Os Livros Continuam A Historia
Anthony e Kate não protagonizaram muitas cenas de sexo durante a segunda temporada. (Foto: Reprodução/ Netflix)

A coordenadora ainda revelou que uma cena bem específica do oitavo episódio foi a mais difícil de ser gravada: quando Anthony Bridgerton (Jonathan Bailey) e Kate Sharma (Simone Ashley) estão sentados frente a frente. “Funcionou muito bem, mas foi muito difícil porque esse ângulo e posição em uma cama antiga é realmente complicado. Sempre fomos muito inflexíveis quanto à necessidade de muito contato visual entre eles neste momento”, contou.

“Este não é um momento do qual eles estão se esquivando, este é um momento em que eles estão totalmente engajados e comprometidos. Acho que a ironia é que sempre que acontece o contrário, há muita ênfase nos olhos da mulher observando o homem. É muito bom poder inverter o roteiro sobre isso”, acrescentou.

Continua depois da Publicidade

Lizzy Talbot ainda fez uma promessa para os fãs da série. De acordo com ela, haverá cenas de sexo “magníficas” na próxima temporada. “Tudo o que você pode tocar em ‘Bridgerton’ é incrível. Então, quando eles estão se despindo, os atores podem realmente se comprometer com isso porque parece tão suntuoso. São esses pequenos detalhes que ajudam a criar incríveis cenas de sexo simuladas”, disse.

Kate e Anthony se casam no final da temporada. (Foto: Divulgação/Netflix)
Kate e Anthony se casam no final da temporada. (Foto: Divulgação/Netflix)

Recentemente, Jonathan Bailey, intérprete de Anthony Bridgerton, afirmou que concorda com a decisão tomada pela equipe sobre as cenas de sexo. O astro da nova leva de episódios defendeu, em entrevista ao USA Today, que isso ajudou a criar uma profundidade maior entre os protagonistas.

O que você perde em cenas de sexo, você ganha em um entendimento humano mais profundo, o que, esperançosamente, enriquece aquele universo para que as futuras cenas de intimidade não sejam um recurso pesado, e você não tenha que se apoiar tanto nelas. É bom surpreender o público e mantê-los atentos um pouco“, afirmou Bailey.

Continua depois da Publicidade

Teria sido errado Kate e Anthony se envolverem fisicamente mais cedo do que aconteceu. E acho que a recompensa é realmente merecida“, completou o artista. Chris Van Dusen, criador da série, também explicou: “Nós nunca fazemos uma cena de sexo apenas por fazer, e nunca faremos. Todas as cenas de intimidade têm um propósito maior. Isso era verdade na primeira temporada, e é definitivamente real pra segunda“.

Apesar de Bailey não continuar como protagonista das próximas temporadas – já que cada uma explora a história de um irmão da família -, o ator não tem planos de deixar a produção tão cedo. Diferente de Regé, que não voltou nessa nova fase, o intérprete do Bridgerton primogênito afirmou: “Não perderei nenhum casamento. Vamos colocar assim, enquanto for preciso, eu estarei por lá“. Ufa!