Fotojet (1)

Thales Bretas, marido de Paulo Gustavo, se emociona em entrevista ao ‘Fantástico’ e fala sobre filhos: ‘Eles sempre pedem para ver papai Paulo’; assista

O falecimento do ator Paulo Gustavo devido a complicações da Covid-19, na última terça-feira (4), deixou um país inteiro desolado. Em entrevista à Renata Cappuci, exibida no “Fantástico” deste domingo (9), Thales Bretas, marido do comediante falou sobre a perda do amado, compartilhou detalhes do início do relacionamento, contou sobre os filhos, Gael e Romeu, e, ainda, relembrou os dolorosos dias de Paulo no hospital.

No papo, que aconteceu no sábado (8), na casa de Bretas, o médico se emocionou bastante ao falar do humorista. “A ficha está caindo aos poucos. Ele vai ser pra sempre o amor da minha vida. É muito difícil não ter aquele cara especial em nossas vidas, como o pai dos meus filhos. Eu ainda estou vivendo aquele momento de aceitação, da perda”, desabafou.

“Ele estava presente em todos os ambientes. Ele via tudo que acontecia, sabe? Me chamava o tempo todo, gritando sempre, pela casa afora, às vezes eu até não respondia, só pra ele aprender a me procurar andando. E essa ausência é avassaladora. É um silêncio que não fazia parte da minha vida há sete anos”, relatou Bretas.

Thales então recordou de como se conheceram numa festa e pontuou que os dois se apaixonaram aos poucos. Segundo o médico, no início de seu envolvimento com Paulo, ele propôs que fossem apenas bons amigos. “‘Quer ser amigo, então vamos ser amigo tranquilo, tranquilo’, ele falava. A gente foi se apaixonando completamente um pelo outro. Foi um encontro de almas assim, como a gente era diferente”, disse ele.

Continua depois da Publicidade

Thales relembra diagnóstico e medo de Paulo Gustavo

De acordo com Bretas, o ator se apavorou ao saber que havia sido contaminado pela Covid-19. “Quando ele descobriu ele ficou tão desesperado… Eu disse que ele ia ficar bem e ele estava em pânico, ele sempre falava isso”, comentou. O dermatologista então explicou que tomou a decisão de levar o marido ao hospital após uma piora no nível de oxigenação no sangue. “Ele teve febre, dor no corpo, ficou indisposto. Isso na primeira semana. Mas na madrugada do meu aniversário, dia 13 de março, procuramos o hospital”, relembrou.

Mesmo internado, o comediante conseguiu manter o bom humor, traço que o tornou tão amado e celebrado pelos brasileiros. “[Paulo Gustavo] fazia piada com a equipe médica. Todo mundo teve o privilégio de conviver com ele por uma semana, internado, mas apesar de tudo com bom humor”, contou Thales. Infelizmente, ao longo dos dias no hospital, o ator precisou ser intubado, mas antes disso, brincou com o companheiro. “Ele falou pra eu não trazer ninguém aqui pra casa. Disse ‘eu vou, mas eu volto’ e pediu pra cuidar da família toda”, disse o dermatologista.

Bretas recordou que, antes de falecer, o amado apresentou sinais de melhora, o que encheu a família de esperança. “Ele teve um milagre porque ele teve uma hemorragia que ele ficou muito grave, tomou mais de 20 bolsas de sangue. Depois ele chegou a acordar, responder, me ver. Eu falava que ele estava melhorando, que eu estava muito orgulhoso. E ele respondia balançando a cabeça. Eu senti esperança, que meu marido estava ali de novo”, detalhou.

No entanto, o quadro respiratório do intérprete de Dona Hermínia voltou a se deteriorar e, no dia 2 de abril, a equipe médica decidiu submetê-lo à terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea) na UTI, técnica conhecida como pulmão artificial que auxilia na oxigenação do sangue. Porém, mais tarde, o ator teve uma embolia súbita que atingiu o sistema nervoso e então faleceu no dia 4 de maio.

Continua depois da Publicidade

Thales fala sobre os filhos do casal, Romeu e Gael

Sobre os filhos do casal, Romeu e Gael, que farão dois anos em agosto, Thales afirmou que eles perguntam constantemente sobre Paulo Gustavo. “Minha foto de celular é ele com as crianças. E eles sempre pedem para ver papai Paulo. Durante um tempo no hospital eu falava ‘papai Tata’, porque eles me chamam de papai Tata. ‘Papai Tata vai no hospital porque papai Paulo tá dodoi'”, compartilhou. “Agora eu tô tentando explicar, mas não consigo, que papai Paulo não está mais dodói, mas virou estrelinha e está olhando lá de cima pra gente”, acrescentou, muito emocionado.

“São os dois frutos do nosso amor que eu vou amar por nós dois. Eu sei que de onde ele estiver ele vai estar amando eles também, orientando”, desabafou o médico. “Eu queria que ele me ajudasse a educar da forma dele, pra passar os valores que ele tem. Porque o Paulo é uma das pessoas mais íntegras que eu já conheci na minha vida. Uma das mais generosas, amorosas e protetoras também”, lamentou.

A conversa terminou com Thales afirmando que contará com a ajuda de Paulo Gustavo para voltar a sorrir e se alegrar. “Ele me transformou para o resto da minha vida. Nunca mais serei a mesma pessoa. Foram os sete anos mais felizes da minha vida”, declarou.

O médico ainda aproveitou o momento para agradecer o período em que viveu ao lado de Paulo. “Tenho certeza de que onde ele tiver vai continuar brilhando, iluminando nossas vidas de alguma forma. Eu sou muito grato pelos momentos felizes que a gente viveu junto, que foram inúmeros e foram os mais felizes da minha vida. Vou transmitir isso para os nossos filhos da melhor forma possível e vou continuar cuidando da nossa família como ele sempre cuidou. E mais importante: eu não posso perder nada do que ele me ensinou”, concluiu. Assista: