Capitólio (Reprodução)

Capitólio: Bombeiros confirmam 8 mortes e buscam 2 desaparecidos em tragédia; saiba detalhes e assista aos vídeos

Neste sábado (8), parte de um cânion que se desprendeu no lago de Furnas, em Capitólio, atingiu e afundou embarcações

Neste sábado (8), o deslizamento de parte de um cânion atingiu e afundou lanchas no lago de Furnas, em Capitólio, Minas Gerais. Em coletiva de imprensa realizada agora à tarde, o Corpo de Bombeiros informou que o acidente causou ao menos oito mortes. As identidades das vítimas fatais ainda não foram constatadas e os corpos foram encaminhados para o posto de medicina legal da Polícia Civil de Passos, onde serão feitas necrópsias e exames complementares.

Feridos e desaparecidos

Outras 32 pessoas ficaram feridas. Dessas, 23 já foram atendidas e liberadas na Santa Casa de Capitólio. As demais seguem internadas: duas delas tiveram fraturas expostas nos membros superiores e foram encaminhadas para a Santa Casa de Piumhi; três receberam atendimento na Santa Casa de Passos, mas o estado de saúde das mesmas ainda não foi divulgado. As últimas quatro tiveram ferimentos leves e foram levadas para a Santa Casa de São João da Barra. As autoridades ainda estimam que duas pessoas ainda estão desaparecidas.

O acidente

Segundo os bombeiros, o acidente teria relação com uma tromba d’água, causada pelas chuvas intensas na região. O Batalhão de Operações Aéreas e mergulhadores foram mobilizados para atuar na ocorrência. Ainda, equipes das cidades de Passos, Piumhi e um helicóptero de Varginha estariam em deslocamento para a região.

Em vídeos que circulam nas redes sociais, é possível ver o momento exato em que parte da rocha se desprende, caindo na água e atingindo embarcações. Segundos antes do desabamento, turistas chegaram a alertar navegantes que estavam mais próximos ao cânion, pedindo para que se afastassem. Assista:

O que diz a Marinha

Em nota, a Marinha informou que vai instaurar inquérito para averiguar causas e circunstâncias do acidente: “A Marinha do Brasil informa que tomou conhecimento de um acidente, após deslizamento de rochedo atingir embarcações que navegavam a região dos cânions, em Capitólio-MG. A DelFurnas deslocou, imediatamente, equipes de Busca e Salvamento (SAR) para o local, integrantes da Operação Verão ora em andamento, a fim de prestar o apoio necessário às tripulações envolvidas no acidente, no transporte de feridos para a Santa Casa de Capitólio, e no auxílio aos outros órgãos atuando no local. Um inquérito será instaurado para apurar causas, circunstâncias do acidente/fato ocorrido”.

Continua depois da Publicidade

Novos desabamentos

Com um visual paradisíaco, o Lago de Furnas é muito procurado por turistas, principalmente em época de férias. Em entrevista à CNN Brasil, o porta-voz dos Bombeiros de MG, Pedro Aihara, explicou que há riscos de novos desabamentos, já que existem muitas pedras na região. “É possível que haja novos acidentes, porque a água das chuvas penetra nas rochas, que têm menor resistência à ação da água e do vento”. Ainda, o Tenente pediu que as pessoas mantenham uma distância segura das estruturas rochosas.

Bombeiros estão no local. (Foto: Reprodução)
Bombeiros estão no local do acidente. (Foto: Reprodução)

Mais cedo, a Defesa Civil de Minas já havia soltado um alerta sobre a possibilidade de acidentes na região: “Chuvas intensas na região com possibilidade de ocorrência de Cabeça D’água nos municípios de Capitólio, São João Batista do Glória e São José da Barra. Evite cachoeiras no período de chuvas. Em emergências ligue 199 ou 193”.