Neto se revolta ao vivo, na Band, após falas homofóbicas de Sikêra Jr. (Reprodução Band/RedeTV)

Neto se revolta contra Sikêra Jr. ao vivo na Band por declarações homofóbicas e dispara: “O dia que me encontrar, você vai ver!” – Assista

As falas preconceituosas, homofóbicas e criminosas do apresentador da Rede TV!, Sikêra Jr, contra a comunidade LGBTQIA+, continuam dando o que falar e rendendo consequências! Nesta quarta-feira (30), o Craque Neto perdeu a paciência ao vivo no programa “Donos da Bola”, da Band, e fez um discurso certeiro, criticando as declarações de Sikêra sobre o comercial do Burger King. Na campanha, crianças de diferentes idades falam sobre suas próprias famílias LGBTQIA+.

“A gente não pode ter esse jornalista, pseudônimo de jornalismo, que é o Sikêra Jr, falar o que ele falou sobre os homossexuais… Parabéns, Burger King. Por sinal, vocês arrebentaram. Parabéns pra vocês. Aí depois, no outro dia, o cara pede desculpas. Sabe por que ele pediu desculpa? Porque os patrocinadores saíram fora de lá! Ou você pensa assim ou você não pensa, irmão! Ou você é homem ou não é homem. Não adianta você falar pra ganhar dinheiro do governo. É seu pensamento esse? Se for seu pensamento, espero que você não me encontre”, disse o jornalista.

Neto não parou por aí e foi direto, chamando Sikêra de homofóbico. “O dia que você me encontrar, em qualquer lugar, você vai ver só. Ou até o dono da RedeTV! aí. Qualquer um de vocês que pensam assim. Falasse isso mano a mano [pra ver]. Aí, depois, quando a corda vem no seu pescoço, pede desculpa. Desculpa nada! O seu pensamento é esse. Você é homofóbico, e muito”, continuou.

O apresentador deixou claro que não está preocupado com possíveis retaliações da Rede TV!, do próprio Sikêra ou de pessoas próximas a ele. Neto ainda aproveitou a deixa para criticar as falas da ex-jogadora de vôlei, Fernanda Venturini, que afirmou ser contra a vacina da Covid-19, mas que a tomaria para poder viajar. “Eu não tenho medo de você e nem de quem é dono da RedeTV! e, se quiser ligar aqui pra Band, pode ligar a hora que quiser, tá legal? Aqui não tem isso, diga-se de passagem. Igual essa Fernanda Venturini: ‘Ah, eu vou tomar vacina porque eu preciso viajar pro mundo inteiro’. Você tem que tomar vacina pra viver, seus filhos, sua família, pra todos nós. Aí no outro dia pede desculpas. Eu não peço desculpas pelos meus erros”, pontuou.

Continua depois da Publicidade

O ex-jogador ainda deixou claro que pretende tirar satisfações com Sikêra Jr, caso o encontre em algum lugar. “Eu queria te encontrar um dia, cara. Eu não sei aonde você vai. Talvez você vá em lugar que eu não vá e não adianta pedir desculpas, porque você tem que aprender com seus erros”, finalizou. Já pensou se esse encontro acontece mesmo? Assista ao desabafo de Neto:

Sikêra Jr. se manifesta

Na tarde de hoje, Sikêra falou sobre as críticas de Neto e debochou do ex-jogador. “A Band por um acaso é a sua mãe, seu pai? Eu tenho certeza que sua emissora não concorda com o que você está dizendo. Eu tenho um filho de quatro anos. Deus abençoe a sua família, Neto. Eu sei que no momento está todo mundo querendo tirar um pouquinho aqui pra ganhar uma audiência. O que eu ganho de vídeo de gente que quer aparecer nesse momento. Eu, agora, com 55 anos, tu dá em mim? Tu tá doido? Neto, não faz isso não. Deixa eu quieto. Você não me conhece não”, disse o apresentador da RedeTV! Junior ainda menosprezou o funcionário da Band. “Eu não sei quem é porque eu não gosto de futebol”, comentou.

Continua depois da Publicidade

Entenda o caso

No dia 25 de junho, o apresentador Sikêra Jr. usou seu programa “Alerta Nacional”, da RedeTV!, para destilar toda sua homofobia em rede nacional. Na ocasião em questão, Sikêra criticava a nova campanha do Burger King. “A criançada está sendo usada. Um povo lacrador que não convence mais os adultos e agora vão usar as crianças. É uma lição de comunismo: vamos atacar a base, a base familiar, é isso que eles querem. Nós não vamos deixar”, alegou ele.

E fica pior! O apresentador ainda chamou os membros da comunidade de “raça desgraçada”, o que fez com que ele virasse alvo de muitas críticas. “Vocês são nojentos. A gente está calado, engolindo essa raça desgraçada, mas vai chegar um momento que vamos ter que fazer um barulho maior. Deixa a criança crescer, brincar, descobrir por ela mesma. O comercial é podre, nojento. Isso não é conversa para criança”, continuou. No programa, Jr até mesmo associou a prática de crimes, uso de drogas e pedofilia a pessoas homossexuais. Absurdo!

Apresentador Sikêra Jr. perdeu patrocinadores após falas homofóbicas. (Foto: Reprodução/RedeTV!)

Diante disso, o Ministério Público assinou a ação em conjunto com a associação Nuances – Grupo Pela Livre Expressão Sexual. Juntos, eles pedem que a Rede TV! e Sikêra Jr. sejam condenados a pagar R$ 10 milhões de indenização por danos morais coletivos. O valor será integralmente destinado a centros de apoio à comunidade LGBTQIA+. Além do pagamento, a ação pede a exclusão do programa em questão do site e das redes sociais, e uma retratação pública, da emissora e do apresentador, na qual esteja explícito que se trata de uma condenação judicial.

Perdas de patrocínio

As palavras criminosas do apresentador tiveram grande impacto financeiro para seu programa. Com a repercussão que o caso tomou, empresas rapidamente agiram para retirarem seus patrocínios da atração e de vídeos do programa no Youtube. Foi o caso de Hapvida, TIM, MRV, Magazine Luiza, Kicaldo Alimentos e Novo Mundo, que deixaram claro não concordar com o discurso do senhor. A Sorridents, que pagava R$60 mil para o comandante do “Alerta Nacional” por ações de merchandising, também retirou sua contribuição.

Nesta quarta-feira (30), Sikêra também perdeu o apoio da Caixa Econômica Federal. De acordo com o Notícias da TV, mesmo tendo faturado R$ 120 mil em campanhas para o governo federal, o jornalista perdeu uma ação de merchandising do banco público – que estava prevista para ir ao ar hoje, mas foi transferida para o TV Fama. Segundo o site, além da ação da Caixa, outras duas publicidades da cinta modeladora Delinea Corpus foram derrubadas.

Continua depois da Publicidade

Pedido de desculpas

Após perder tantos patrocínios e gerar revolta nas redes sociais, Sikêra Jr., resolveu se desculpar – se é que podemos classificar desta maneira. No programa da última terça-feira (29), ele ressaltou o quanto estaria sofrendo com toda essa situação, afirmou que é um pai de família e reforçou que não mudou de opinião em relação à propaganda da rede de fast food. “Eu quero pedir licença aos meus colegas, aos meus diretores pra falar algo que tá me incomodando desde a última sexta-feira. Eu venho recebendo milhares, mas milhares de mensagens incomodadas com o comentário que fiz sobre um comercial que se utilizou de crianças, usou crianças pra promover a diversidade sexual. Eu recebi apoio de muitos, mas também fui alvo de muitas críticas e ataques“, iniciou ele.

Se utilizando do batido discurso de “quem me conhece, sabe”, Sikêra continuou seu pseudopedido de desculpas. “Sei que colegas de trabalho, repórteres, que atuam neste canal, também foram atacados. Primeiro, eu quero deixar claro uma coisa, tudo que eu falo neste programa é de minha responsabilidade. Eu nunca fugi, não vai ser agora que eu vou fugir da minha responsabilidade. Digo e mantenho a minha palavra. Quem trabalha comigo sabe do profundo respeito que eu tenho por cada um. E não me importa sexo não, tá? Religião, cor da pele, aqui todo mundo é tratado com respeito, carinho e muito carinho“, alegou o defensor da família tradicional brasileira. Assista: