Paraquedas Acidente

Paraquedista morre após trágico acidente nos Lençóis Maranhenses, e vídeo registra últimos momentos no ar

Que tragédia… Nesta quinta-feira (19), um paraquedista morreu em um acidente próximo a Lagoa Azul, em Barreirinhas, nos Lencóis Maranhenses. Gildson de Oliveira, de 55 anos, se chocou contra o chão após tentar fazer uma manobra e perder o controle do equipamento.

As lamentáveis cenas foram registradas no final da tarde de ontem, e o vídeo circulou hoje pelas redes sociais. Nas imagens, é possível ver que Gildson tentou realizar uma manobra chamada “curva baixa” – que é quando se muda a direção do paraquedas já próximo do solo. Mas o paraquedista não conseguiu completá-la e se chocou contra o chão. A vítima recebeu os primeiros socorros de bombeiros civis e outros presentes, chegou a ser levado para o Hospital Regional de Barreirinhas, mas não resistiu.

Paraquedas Acidente1
Gildson, que estava no paraquedas azul, não resistiu após a queda. (Foto: Reprodução)

Continua depois da Publicidade

De acordo com o UOL, as primeiras informações apontam que uma falha humana teria sido responsável pelo acidente. No entanto, a Polícia Civil ainda investiga se houve algum problema no equipamento. “Todos que estavam no local já foram chamados para prestar esclarecimento, e conversei com um instrutor. Ele confirmou que ele [Gildson] fez uma manobra errada e acabou se chocando com muita força na região das dunas. Então, a princípio, foi infortúnio causado pelo próprio paraquedista”, disse o delegado Ricardo Carneiro. Assista ao vídeo abaixo:

Evento e ICMBio se manifestam

Gleidson era um dos participantes do evento “Boogie dos Lençóis”, que promove saltos de paraquedas sobre as dunas dos Lençóis Maranhenses. Após o acidente, os organizadores lamentaram a tragédia. “O Boogie dos Lençóis 2021 lamenta profundamente o acidente sofrido por Gil, um de nossos atletas, na tarde da quinta-feira, 19. Estamos prestando solidariedade e oferecendo todo o suporte para a família, nesse momento de dor”, disse a nota.

Continua depois da Publicidade

O “Boogie dos Lençóis” também garantiu ter seguido todas as diretrizes recomendadas para os saltos. “Asseguramos que seguimos, em todos os saltos realizados no Boogie dos Lençóis, as medidas de segurança recomendadas, porém o paraquedismo é uma atividade de alto risco, que os atletas assumem a cada vez que praticam”, pontuou o comunicado.

O ICMBio, que administra o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, prestou seus sentimentos diante do triste incidente, afirmou que havia equipes de resgate no local e que o evento estava autorizado, mas que ainda assim foi impossível impedir o que aconteceu. “A gravidade do acidente não possibilitou o salvamento da vítima. A Policia Civil está investigando as causas do acidente. Neste momento de pesar, nos solidarizamos com amigos e família da vitima”, disse o órgão.

Também deixamos nossos sentimentos à família e aos amigos de Gildson de Oliveira…