Eita! Peladão rouba a cena ao caminhar pelas ruas de Londres só com máscara nas partes íntimas — veja fotos e reações hilárias da web!

Desde o início da pandemia do coronavírus, o uso de máscaras faciais tem sido incentivado por autoridades… Mas, com certeza, ninguém estava preparado para o que foi visto nesta sexta-feira (24), em Londres. Isso porque um homem roubou a cena ao caminhar pelas ruas da cidade usando sua máscara no lugar mais inusitado possível: suas partes íntimas.

O episódio aconteceu na rua Oxford, uma das mais emblemáticas da capital britânica, e foi registrado inicialmente por fotógrafos da agência Reuters e da AFP. O homem, identificado como Timothy no Instagram, foi visto usando apenas uma espécie de “cueca fio-dental” com sua máscara – e nada além disso.

Claramente, o cidadão não estava preocupado com sua vestimenta, muito menos em se proteger do vírus — visto que tanto seu nariz e sua boca, quanto suas nádegas, ficaram expostos a todo mundo. Já pensou se essa moda pega? Confira algumas das fotos:

View this post on Instagram

😷

A post shared by Timothy (@humantimothy) on

De acordo com o Mirror Online, não se sabe ao certo qual era a motivação do indivíduo. Fato é que, também nesta sexta (24), entrou em vigor uma norma no país que exige o uso — adequado — de máscaras pelos arredores da cidade, como em bancos, lojas, ou supermercados. Aos que descumprirem a determinação, uma multa de 100 euros (cerca de 609 reais) poderá ser aplicada. Provavelmente, o peladão estava protestando contra as medidas.

Outra certeza é que a cena chocou diversas pessoas. Pelas ruas, os olhares assustados eram mais do que perceptíveis. Na web, também não foi diferente… Diversos internautas simplesmente não entenderam o propósito do look “tropical” e arriscado. Outros, simplesmente fizeram piada da escolha “fashion”. Confira algumas das reações pelas redes sociais:

“Ele colocou a máscara na cabeça errada”

Teve também os que fizeram associações com outros episódios, lembrando das “Grandes Manchetes do Jornalismo” que apontaram – sem querer, querendo – situações bizarras como essa.

É claro, não teve como não temer a proliferação dessa moda, com o risco de que ela se torne a nova tendência das redes sociais… No “Carnaval” até vai, mas será que isso cai bem no dia a dia?

“Dia quente em Londres? Isso foi um posicionamento de moda, ou apenas puro exibicionismo?”, questionou um perfil, enquanto outro fez piada: “Pobre sujeito. Uma máscara de tamanho infantil”.

Aliás, imagina se o peladão da máscara resolvesse dar uma voltinha perto do Palácio do Planalto? Certamente, seria recebido assim como as emas foram… daquele jeito mesmo – com saudações ao remédio sem eficácia comprovada. “VAI UMA CLOROQUINA AÍ?”.