Fotojet (86)

Alok revela “momentos de pânico” após a morte de Marília Mendonça, e faz desabafo: “Profunda tristeza”

A partida trágica e precoce de Marília Mendonça no início do mês deixou todo um país em luto, e impactou diretamente os colegas de trabalho da artista. Nesta quarta-feira (24), o DJ Alok usou as redes sociais para publicar uma carta aberta em que citou a morte da sertaneja e explicou como o ocorrido serviu como um “gatilho” para uma reflexão profunda a respeito da pressão que vem sentindo em seu trabalho.

“Desde a partida precoce da Marília Mendonça, entrei em um processo de muitos questionamentos com profunda tristeza e momentos de pânico. O mundo está muito veloz e não há tempo. Nem mesmo para o luto”, começou o músico, acrescentando na sequência várias frases e cobranças que ouviu por conta da profissão, como a necessidade de fazer seus shows. “Mas e se eu não tivesse me sentindo pronto? Não há tempo para questionamentos“, escreveu.

O DJ explicou que além da tristeza com a morte de Marília Mendonça, naqueles dias ele estava bem fragilizado por conta de problemas de saúde. “Eu estava me sentindo descolado da realidade e muito aéreo, me trazendo gatilhos e me mergulhando de ponta em uma crise de labirintite que já vinha me derrubando. Nunca tinha passado por isso e nem fazia ideia do quanto é desconfortável. Mesmo assim, consegui sorrir para as câmeras nos compromissos e ainda levar alegria nos shows, mas logo sentia o peso dos meus pensamentos… Mas não compartilhava minhas dores, porque acredito que o mundo já tem dores demais”, desabafou.

Continua depois da Publicidade

Para os fãs, Alok ainda prometeu que este seria um divisor na forma que se abre para os fãs. “E como eu quero ser um veículo de cura, preciso estar curado. É muito louco, mas o que vocês conhecem sobre mim são fragmentos de histórias e notícias contadas por outras pessoas. Raras são minhas aparições mais íntimas, mas agora estou decidido, e quero me aproximar mais de vocês”, afirmou. “Alguns comentários nas minhas fotos são: ‘Seu olhar parece tão triste’. Meu olhar carrega muitas histórias. Quantas coisas já vivi e vi nessa vida. É uma profundeza. Mas prometo que não é um olhar de tristeza”, garantiu.

Vale lembrar que, em maio de 2018, o artista viveu um momento muito tenso quando seu avião saiu da pista do aeroporto de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Felizmente, ninguém se feriu gravemente. “Tenho infinita gratidão a Deus pela vida, por meus filhos, família, amigos e cada um de vocês. Não tenho palavras pra agradecer a Romana [Novais] por ser tão incrível, paciente e acolhedora comigo. Muitas vezes a única a saber. Obrigado, amor da minha vida”, compartilhou Alok.

Continua depois da Publicidade

“Estou perdoando muitas pessoas que me fizeram mal e também quero pedir perdão se algum dia fiz mal a alguém, mesmo que sem intenção. E quando perdoo, liberto o prisioneiro, que no caso sou eu”, filosofou o músico. Para encerrar, o DJ tranquilizou seus admiradores afirmando que, felizmente, ele está em um momento melhor agora e agradeceu o apoio que sempre recebe. “Gostaria que meus fãs soubessem o quanto são importantes pra mim. Vocês são minha fortaleza. Vocês fazem tudo valer a pena. Saibam que eu serei eternamente grato a cada um de vocês que apoia e acredita no meu trabalho. Vocês me ensinam muito e me dão o combustível pra seguir em frente sempre com um sorriso no rosto”, finalizou.