Após acusações de agressão, ex de Glamour Garcia se pronuncia e nega ‘intolerância religiosa’; Vizinha do casal revela histórico preocupante: “Tentou estrangulá-la” – Saiba detalhes

Dois dias após ter sido acusado pela ex-namorada, Glamour Garcia, de agressão, Gustavo Dagnese se pronunciou pela primeira vez sobre o caso. Em entrevista ao Jornal Extra, o produtor de festas disse que os dois tiveram sim uma briga, mas que a agressão não teria existido.

“Eu não encostei nela, não houve agressão. Tenho um áudio dela dizendo que não queria fazer isso (prestar queixa), que foi levada pela agente dela e estou esperando uma retratação pública”, declarou Gustavo. Em seguida, o rapaz afirmou que não pretende acionar advogados. “Eu quero seguir minha vida, desejo coisas boas para ela, sucesso”, pontuou.

Especulava-se que a briga do casal teria sido iniciada após Glamour ter arrebentado um colar do rapaz. O acessório tem grande valor para pessoas que seguem religiões de matrizes africanas. Na noite de ontem (12), Dagnese publicou uma mensagem em seus Stories do Instagram, com o seguinte alerta: “Discriminação religiosa é crime pelo que eu saiba”. Logo em seguida vinha a hashtag #DigaNãoAoPreconceito.

Na entrevista, entretanto, ele negou a suposta motivação. “Mas não foi preconceito religioso. Ela puxou minha regata e o colar foi junto. O que aconteceu foi álcool e estresse. Ela anda muito estressada, foi um mal-entendido em que ela impulsivamente fez aquelas postagens e se arrependeu depois. Eu volto a dizer que não encostei nela, tem nem exame de corpo delito”, explicou.

Em outras publicações, ele ainda alegou ter sido agredido pela atriz e disse ter o momento registrado em vídeo: “Gravei a hora que tomo uma sapatada… Tenho uma marca no pescoço. Chega de se fazer de vítima @glamourgarcia”. Ele também mostrou prints de trocas de mensagens com a ex, que supostamente pedia pelo seu perdão, mesmo tendo conseguido uma ordem de restrição contra o rapaz, o proibindo de se aproximar dela por menos de 10 metros.

Quando Glamour esteve na delegacia para prestar ocorrência, a atriz tomou conhecimento de que Gustavo já tinha outros dois boletins registrados contra ele. Um de 2011, por ameaça e outro em 2014, por agressão. Quando confrontado sobre tais casos, ele respondeu: “Sinceramente? Nem me lembro disso daí. Eu era um garoto. E uma dessas brigas aconteceu no calor das emoções, nunca cheguei às vias de fato”.

Apesar dele dizer o contrário, ex-namoradas de Gustavo relataram que o produtor era bastante agressivo e as ameaçavam de morte, motivado por ciúmes. “Eu tenho uma boa relação com todas as meninas de antes. Falo com todas elas. Nem lembrava disso para dizer a verdade”, contou, despreocupado.

Continua depois da Publicidade

Gustavo disse que as brigas com Glamour começaram após a mudança na rotina devido ao sucesso da atriz pelo papel de Britney, em “A Dona do Pedaço”. “Eram coisas corriqueiras, uma toalha molhada na cama, a pasta de dente aberta. Discussão de casal mesmo. Fazer o quê? A gente se ama, mas a vida deu um giro assim que a gente não estava acostumado. Com esse assédio, com a fama. É isso”, enumerou.

O produtor também mostrou algumas mensagens de Glamour, nas quais ela tentava reatar o namoro após a discussão que tiveram. Numa delas, a atriz dizia que o amava e que esperava que ele pudesse perdoá-la. “Eu não posso dizer que sim nem que não voltaria com ela. Mas agora nem posso chegar perto. Então, não entendo, sinceramente…”, concluiu.

(Foto: Reprodução/Instagram)

De acordo com pessoas próximas ao casal, eles vivem uma crise que vinha se arrastando desde o final do ano passado. “Ela começou a ser convidada para eventos, para festas, viagens. E ele não suportava isso. Começou a implicar com tudo, ela teve depressão, engordou. Estava infeliz mesmo”, lembrou um colega de trabalho da atriz.

No fim de outubro, após chegar em casa atrasada das gravações da novela, Glamour encontrou Gustavo supostamente transtornado. “Ele quebrou todas as coisas dela, os eletrodomésticos, presentes de fãs. Agarrou o pescoço dela e tentou estrangulá-la, a ameaçando de morte depois. A polícia foi chamada, mas a atriz não deu queixa porque não queria ser parte de um escândalo”, alegou uma vizinha da artista, em conversa ao Extra.

Entenda o caso

Glamour Garcia gravou uma série de Stories no sábado (11), afirmando ter sido espancada pelo ex-marido Gustavo Dagnese. Nas imagens, que foram deletadas pouco tempo depois de serem publicadas, a artista aparecia nervosa e com cara de choro relatando o que aconteceu. “Eu acabei de ser agredida por uma pessoa ridícula, idiota, imbecil. Até agora não entendi por que eu apanhei. Eu estou pagando com a minha própria vida. Eu vou na polícia”, declarou.

“Eu acabei de postar uma foto de um arranhão. Só tentei me defender. Fui espancada de novo. É bom você parar de me mandar mensagem. Acha que eu tenho orgulho de fazer isso? Não tenho orgulho nenhum, não”, continuou. De acordo com Glamour, ela e o rapaz estavam em uma espécie de ‘lua de mel’ com o intuito de dar mais uma chance para o relacionamento. “Era uma lua de mel, era a décima tentativa que eu estou fazendo. Ele me espancou porque eu não pus um vestido, ele queria que eu botasse um biquíni”, detalhou.

View this post on Instagram

Glamour Garcia diz que foi espancada pelo ex

A post shared by Maria Clara Neide (@mariaclaraneide) on

Em outro momento, a atriz filmou várias miçangas no chão, que faziam parte do tal colar de Gustavo, arrebentado durante o confronto entre os dois. “Sabe por quê? Eu estourei esse colarzinho de miçanga de um real dele. Eu sou católica apostólica romana, estou sendo preconceituosa mesmo, desculpa, perdão todo mundo”, falou.

A revista Marie Claire entrou em contato com a assessoria de Glamour Garcia que confirmou o ocorrido, disse que a atriz estava “muito abalada” e acrescentou que o casal vive um romance complicado. “Não foi a primeira vez que ela foi agredida. Acho que agora o relacionamento terminou de vez. Ela está realmente muito abalada. Consegui que ela dormisse agora”, contou.