Após tuíte controverso de Kanye West, rapper Meek Mill se posiciona sobre suposto encontro com Kim Kardashian; saiba detalhes

Os surtos online de Kanye West têm rendido desdobramentos com outras celebridades, além de sua esposa Kim Kardashian. Nesta quarta-feira (22), o rapper Meek Mill pareceu ter se posicionado a respeito de um dos tuítes publicado pelo artista, que afirmava que Mill tivera um encontro romântico com a fundadora da KKW Beauty.

Entre as várias publicações confusas e controversas compartilhadas por Kanye na madrugada de hoje, ele revelou que estava tentando se divorciar de Kim há dois anos, desde o momento em que descobriu um encontro da empresária com Meek Mill. “Elas [Kim e Kris Jenner] tentaram voar com dois médicos para me internar. Eu estou tentando me divorciar desde que a Kim se encontrou com Meek no [hotel] Waldorf para ‘reforma carcerária'”, disparou, dando a entender que o assunto da reforma carcerária era só uma desculpa.

Kanye West tem publicado tuítes confusos e com graves acusações, principalmente contra sua esposa Kim Kardashian. Foto: Reprodução/Twitter

Em outro post, West continuou falando sobre os dois: “Meek é meu cara e foi respeitoso. Esse é meu cachorro. Kim estava fora de controle”. Sem citar nomes ou fazer referência à polêmica, Mill escreveu uma publicação em seu Twitter que foi considerada como resposta para Kanye. “Essa m*rda é mentira”, declarou.

Mesmo sem citar nomes, Meek Mill pareceu se posicionar a respeito da polêmica. Foto: Reprodução/Twitter

Mais cedo, o TMZ divulgou a suposta história por trás do tuíte de Kanye West. Kim e Meek nunca se conheceram individualmente. Por fazerem parte de uma mesma iniciativa que luta pela diminuição da criminalidade nos Estados Unidos e pela revisão das penas carcerárias, os dois estiveram juntos em um evento no hotel Waldorf e se encontraram com a empresária Clara Wu Tsai. Uma testemunha relatou que, na ocasião, a Kardashian deixou o local sozinha logo após o final do compromisso.

A situação de Kanye West mobilizou sua equipe e amigos antigos. De acordo com a revista People, os amigos de infância do rapper e seu empresário viajaram para Wyoming com o intuito de ajudá-lo. “Eles estão muito preocupados com a saúde mental dele e agindo. Eles estão trabalhando para conseguir a ajuda que o cantor precisa. Ele foi consultado por um médico e a avaliação na segunda-feira determinou que ele não precisava de hospitalização imediata e que estava em um estado mental estável na época”, relatou uma fonte.