(Foto: Reprodução/Instagram)

Caso Britney Spears: Cantora acusa o pai de extorsão multimilionária para deixar tutela; saiba detalhes

No início do mês, os fãs de Britney Spears foram à loucura com a notícia de que Jamie Spears tinha concordado em renunciar a tutela da cantora. Porém, posteriormente, foi divulgado que o patriarca exigia que algumas condições fossem atendidas para realmente tomar a atitude. Nesta terça-feira (31), o TMZ divulgou informações de documentos legais em que a diva pop denuncia o pai de tentar extorqui-la para deixar o cargo de tutor de uma vez por todas.

Britney Spears teria exposto para as autoridades que o pai realmente manifestou seu interesse em finalmente parar de interferir em suas decisões pessoais, financeiras e profissionais. Porém, Jamie impôs como principal condição o pagamento de uma quantia multimilionária. A equipe jurídica da estrela afirmou que o patriarca está pedindo cerca de US$ 2 milhões, algo em torno de R$ 10,3 milhões, levando em consideração a cotação atual do dólar. O valor seria utilizado para pagar seus ex-advogados e a Tri Star Sports & Entertainment Group, antiga empresa que gerenciava os negócios da artista.

“O status quo não é mais tolerável e Britney Spears não será extorquida”, disparou o advogado Matt Rosengart. A cantora exige que seu pai não seja mais seu tutor, enquanto Jamie Spears pede para a Justiça uma “transição ordenada”. Mas a estrela acredita que as autoridades vão atender aos seus pedidos em breve, levando em consideração que tem uma audiência marcada para o dia 29 de setembro. “O mundo ouviu o testemunho corajoso e convincente da Sra. Spears. A vida de Britney Spears é importante. Seu bem-estar é importante. Todos os dias são importantes. Não há base para esperar”, alegou o advogado nos documentos.

Jamie Spears estaria tentando receber dinheiro para deixar a tutela de Britney. (Foto: Reprodução / Instagram)

Matt Rosengart também conversou com o TMZ a respeito da tentativa de extorsão. “Britney Spears não será intimidada ou extorquida por seu pai. Nem o Sr. Spears tem o direito de tentar manter sua filha como refém estabelecendo os termos de sua remoção da tutela. Isso não é sobre ele, é sobre o melhor interesse de sua filha, que por uma questão de lei, determina sua remoção. Mesmo deixando de lado as questões legais que exigem sua remoção imediata, se ele ama sua filha, o Sr. Spears deveria renunciar agora, hoje, antes de ser suspenso. Seria a coisa certa e decente a fazer”, alfinetou.

Continua depois da Publicidade

Entenda o caso da tutela de Britney

Em 2008, Britney Spears passou a viver sob tutela gerenciada por seu pai, Jamie Spears, e desde então a estrela não tem mais controle sobre sua própria trajetória. Em setembro do ano passado, um juiz nomeou a gestora Jodi Montgomery como tutora temporária de questões pessoais da artista, depois que seu pai deixou o cargo, alegando “razões pessoais de saúde”. Jamie ainda é responsável por controlar a parte financeira da vida da filha.

Nos Estados Unidos, o status de tutela é decretado por um tribunal para pessoas incapazes de tomar decisões por si mesmas. No caso da cantora, ela passou por um período conturbado em 2007, devido ao descontrole do uso de substâncias ilegais e bebidas alcoólicas, tendo como resultado diversos problemas na justiça, principalmente em relação à guarda dos filhos.

Britney Spears (4)
Britney Spears foi medicada por oito anos contra sua vontade. (Foto: Getty)

Continua depois da Publicidade

Preocupados com o bem-estar da estrela, fãs de todo o mundo tomaram as redes sociais e até mesmo as ruas com o movimento #FreeBritney. A campanha atingiu o topo dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil e no globo, e continua sendo um tema recorrente na mídia. A diva pop também chocou o mundo em junho deste ano, quando falou pela primeira vez no tribunal, e denunciou vários abusos que sofreu durante o período em que esteve sob a interferência direta de Jamie Spears.