Fotojet (14)

Will Smith se pronuncia após dar tapa em Chris Rock no Oscar, pede desculpas e aponta o que motivou atitude: “Estou envergonhado”

Em comunicado oficial, ator revelou motivo que o levou a agredir o comediante durante a cerimônia

Na noite desta segunda-feira (28), Will Smith decidiu quebrar o silêncio para comentar diretamente a respeito do episódio ocorrido no Oscar 2022, transmitido ontem. Na ocasião, o agora vencedor da categoria “Melhor Ator” deu um tapão em Chris Rock, após o comediante fazer uma “piada” sobre a cabeça raspada de Jada Pinkett Smith, que na verdade é resultado da doença alopecia.

Em seu Instagram, Will assumiu que a reação agressiva foi lamentável, mas admitiu que não conseguiu se segurar quando viu a doença da sua esposa sendo usada daquela forma em rede nacional. “A violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. Meu comportamento no Oscar de ontem à noite foi inaceitável e imperdoável. Piadas às minhas custas fazem parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada era demais para mim e reagi emocionalmente”, começou o astro, que na sequência pediu desculpas públicas para Chris Rock.

“Eu gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Eu estava fora da linha e estava errado. Estou envergonhado e minhas ações não foram indicativas do homem que quero ser. Não há lugar para violência em um mundo de amor e bondade. Também gostaria de pedir desculpas à Academia, aos produtores do programa, a todos os participantes e a todos que assistem ao redor do mundo”, compartilhou.

Continua depois da Publicidade

O artista reservou uma desculpa em especial à família de Venus e Serena Williams, cuja história serviu de inspiração para o filme “King Richard: Criando Campeãs”, e rendeu ao ator um dos Oscar mais disputados da noite. “Eu gostaria de me desculpar com a Família Williams e minha Família [do filme] ‘King Richard’. Lamento profundamente que meu comportamento tenha manchado o que tem sido uma jornada linda para todos nós. Eu sou um trabalho em andamento”, encerrou.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Will Smith (@willsmith)

Embora não tenha citado a situação diretamente, Will Smith fez menção à agressão durante seu discurso de agradecimento pelo prêmio de “Melhor Ator”. “Eu sei que pra fazer o que a gente faz, a gente precisa saber receber os xingamentos, saber que vão falar mal de você, saber que tem pessoas que te desrespeitam. Você precisa sorrir e fingir que tá tudo bem. […] Quero pedir desculpas à Academia, aos meus colegas indicados, esse é um momento lindo e eu não estou chorando por ter ganhado. A arte imita a vida. E eu sou igual ao pai louco, como falavam do Richard. Mas o amor faz a gente fazer coisas loucas”, declarou o artista, visivelmente emocionado.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Hugo Gloss (@hugogloss)

Hoje mais cedo, o rapper Diddy concedeu uma entrevista ao Page Six alegando que estava nos bastidores do Oscar e que Rock e Smith já tinham “acertado os ponteiros”. “Isso não é um problema. Acabou. Posso confirmar isso”, disse. No entanto, um amigo do comediante foi ouvido pelo TMZ, e segundo ele, a informação não procedia.

Continua depois da Publicidade

O insider deu detalhes dos bastidores na cerimônia e afirmou que os dois envolvidos na confusão sequer se encontraram novamente depois do tapa. A publicação ainda relatou que o comediante não sabia sobre a doença de Jada Pinkett Smith. A polícia norte-americana revelou que Chris Rock decidiu não registrar um boletim de ocorrência contra Will.

Enquanto isso, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas subiu o tom em um novo comunicado a respeito da agressão cometida pelo astro. “A Academia condena as ações do Sr. Smith no show de ontem à noite. Nós começamos oficialmente uma revisão formal acerca do incidente, e vamos explorar outras ações e consequências mais adiante, de acordo com nossos estatutos, nossos padrões de conduta e a lei da Califórnia”, escreveu.

De acordo com o The Hollywood Reporter, é provável que Will seja suspenso da Academia. A hipótese de retirar seu Oscar de “Melhor Ator” é considerada a opção menos plausível. Mais cedo, a Academia já havia se manifestado a respeito do assunto e dito que “não tolera violência de nenhuma forma”.

Continua depois da Publicidade

Durante a premiação, Chris Rock entrou no palco para apresentar uma das categorias, mas em seu discurso introdutório, ele fez uma “brincadeira” dizendo que Jada Pinkett Smith poderia protagonizar a sequência de “G.I. Jane”, filme em que Demi Moore raspou a cabeça para entrar no exército. Will Smith se levantou e foi até o comediante para dar um forte tapa na cara. Depois, foi possível ouvi-lo dizer: “Mantenha o nome da minha mulher fora da m*rda da tua boca!”.