Cauã Reymond

Cauã Reymond conta que já foi preso nos EUA, e explica o porquê; assista

Em entrevista ao Podpah, o ator detalhou uma fase da vida em que sua situação financeira não era das melhores

Todo mundo já passou por uma situação bem embaraçosa na vida, não é mesmo? Bom, Cauã Reymond certamente é um que tem uma história dessas para contar. Em entrevista ao podcast Podpah, que foi ao ar nesta terça-feira (31), o ator revelou que foi preso por conta de uma caixa de barras de proteína, nos Estados Unidos, no início dos anos 2000.

Tudo aconteceu quando Cauã foi morar em Nova York para estudar dramaturgia por meio de uma bolsa. Ele contou que, na época, dava aulas de jiu-jitsu para se sustentar, mas que a situação financeira era crítica. “Trabalhava para car#lh*, ganhava 20 dólares só. Tinha que escolher o que eu ia comer”, explicou.

Continua depois da Publicidade

Por conta da falta de alimentos, um amigo de Reymond teve a ideia de roubar uma caixa de barra de proteína. “Fui preso. Passei duas noites na cadeia com um amigo por causa de uma caixa de barra de proteína”, disse o ator, aos apresentadores Igão e Mítico. Confira o momento a seguir:

Apesar da seriedade da situação, Cauã relatou o ocorrido com bom humor: “Meu amigo entrou numa de roubar uma caixa de proteína porque a gente não tinha muita comida”. Segundo o ator, ele pediu para que o colega não furtasse. “Eu falei: ‘Não faz isso, mano’. Nesse ‘não faz isso’, (foi) mão na cabeça. Era no inverno, ele botou aqui”, explicou, apontando para um espaço dentro do casaco.

“A gente dormiu duas noites na cadeia. Pagamos 100 dólares de fiança e fomos para casa. Só que isso foi na época antes do [atentado terrorista de] 11 de setembro [de 2001], então não deu nada”, completou. Cauã falou ainda que, nesse período da vida, trocava moradia por aulas de jiu-jitsu. “Morava com um aluno meu. Eu dormia no quarto dos cachorros em um colchão inflável”, finalizou. Assista à íntegra da entrevista com o ator: