Charlize Theron abre o jogo sobre criação da filha trans e mágoa por uso de pronomes errados : “Feriu os sentimentos dela”

Uma mãe aprendendo a cada dia com seus filhos! Em entrevista ao site Pride Source, Charlize Theron abriu o jogo sobre a criação de sua filha, que é uma garotinha trans. A estrela contou como a pequena Jackson, de apenas sete anos, se sentiu “machucada” por conta do uso de pronomes errados para ela – inclusive, pela própria mãe.

“Quanto mais velha ela foi ficando, se tornou difícil para nós o fato de as pessoas ainda estarem escrevendo sobre ela com pronomes errados, e até mesmo eu ainda estava falando à imprensa sobre ela usando o pronome errado… Isso realmente feriu seus sentimentos”, admitiu Charlize.

View this post on Instagram

We don’t wanna leaves 🍃

A post shared by Charlize Theron (@charlizeafrica) on

Há alguns meses, a atriz contou ao Daily Mail que, aos três anos de idade, Jackson já havia dito: “Eu não sou um garoto!”. Desde o ocorrido, ela tem tentado se moldar, assim como explicar a situação aos outros, para que ninguém magoe a criança ainda mais. “Sinto que como sua mãe, para mim, era importante deixar que o mundo soubesse que eu gostaria que usassem os pronomes certos para ela”, afirmou.

Apesar de ter aberto o jogo sobre o assunto, ela prefere respeitar a privacidade de Jackson. “A história da minha filha é realmente sua história, e um dia, se ela quiser, ela vai contar. […] Desde então, eu realmente não falei muito sobre isso porque, novamente, além de só pedir aquilo respeitosamente para a imprensa – e, com sorte, para o mundo – o resto é algo particular e a história dela. Realmente cabe a ela decidir se quer dividir isso”, explicou a protagonista de “O Escândalo”.

Charlize e sua filhinha Jackson, num evento em 2018. (Foto: SplashNews.com)

Charlize reconhece que Jackson e August [filha de quatro anos] são “muito novinhas” para se desdobrar em tópicos de identidade de gênero e sexualidade. Mas contou como o assunto permeia suas conversas: “Sempre que elas dizem, ‘Eu vou me casar’, eu sempre digo, ‘Como vai ser? Com um menino ou uma menina?’. Eu amo que minhas crianças apenas sabem que essa é uma questão normal de se fazer”.

Ela mencionou que a mais nova até mesmo se sente livre para imaginar ambas as hipóteses. “[August] está convencida de que ela vai se casar cinco vezes e que serão três meninos e duas meninas, e eu apenas amo que ela tenha essa liberdade de pensar em como será”, continuou Theron.

View this post on Instagram

Happy #Pride everyone! 🌈

A post shared by Charlize Theron (@charlizeafrica) on

“Só Deus sabe o que será, mas eu amo que ela se sinta segura o suficiente para explorar isso no seu cérebro de garotinha, que tudo é possível e que ela é quem vai descobrir isso para si mesma”, concluiu a artista. Que família fofinha! Com tudo isso, temos certeza de uma coisa: não importa o que aconteça, August e Jackson sempre poderão recorrer ao colinho da mamãe…