Fotojet (4)

Historiador faz afirmação chocante após Kim Kardashian receber presente que teria pertencido à Marilyn Monroe

Após controvérsia com vestido icônico, agora a empresária teria sido enganada com mimo inusitado e histórico

Kim Kardashian causou na última edição do MET Gala, realizada no dia 2 de maio — mas, desde então, não teve sossego. Após ser criticada por usar um vestido de Marilyn Monroe, a empresária recebeu um presentinho estranho: uma mecha de cabelos que teriam pertencido à atriz icônica. Porém, um especialista afirmou que tudo não passa de uma mentira — os fios não seriam da estrela.

A princípio, o museu Ripley’s Believe It or Not!, localizado em Orlando, na Flórida, não queria emprestar para Kim o vestido que tem extremo valor histórico. Porém, mais tarde, a instituição não apenas mudou de ideia, como ainda deu de presente para a Kardashian uma mecha de cabelo loiro platinado, alegando ser uma relíquia deixada do visual icônico de Marilyn. “A equipe do Ripley também encheu seu camarim do MET Gala com uma coleção de recordações de Marilyn Monroe e JFK para ajudar a inspirar seu visual”, revelou a página oficial do museu, junto com o vídeo do momento em que o mimo foi dado.

Uma semana depois da divulgação, o historiador Scott Fortner, especializado na biografia e legado de Monroe, alegou que a mecha dada para Kim Kardashian não é verdadeira. No post original, o museu afirmou que a mecha tinha sido cortada pelo cabeleireiro Robert Champion momentos antes de Marilyn fazer a “performance” para o presidente dos Estados Unidos, em 1962.

Mas, segundo Scott, isso é historicamente inverídico. “Notícias fresquinhas: Robert Champion não cortou e estilizou o cabelo de Marilyn para a festa de gala de JFK”, começou. E Fortner deu provas de que sua afirmação era verdadeira. “Na verdade, foi o primeiro e único Sr. Kenneth (cabelereiro icônico dos anos 1960) que teve as honras. Battelle é responsável pelo famoso penteado de Marilyn naquela noite, conforme documentado por um recibo do Lilly Dache Beauty Salon”, argumentou o historiador, com a foto da nota fiscal.

276019064 503591131449938 2945018553383601704 N
Scott mostrou outra forma como mecha autêntica de cabelo de Marilyn realmente é armazenada, e ainda expôs nota fiscal do penteado feito por ela antes do evento. Foto: Reprodução/Instagram

Continua depois da Publicidade

O Ripley’s Believe It or Not!, que já tinha editado a publicação alegando apenas que se tratava de uma mecha original de Marilyn Monroe, também se posicionou. “A coleção de exposições de Ripley contém seis amostras diferentes do cabelo de Marilyn Monroe – todas autenticadas e verdadeiramente de Marylin. O cabelo presenteado a Kim foi dado por Marilyn Monroe a Robert Champion. Este recorte foi autenticado por John Reznikoff, um dos especialistas mais respeitados e confiáveis ​​na área de coleta de cabelos”, declarou o porta-voz da instituição para a revista People. Chama o Ratinho pra fazer o teste de DNA, Kim! Kkkkk