Fotojet (2)

KUWTK: Kim Kardashian revela que casamento só rolou por conta do reality, e pede desculpas a ex: ‘Terminei da pior maneira’

A primeira parte da reunião das estrelas de “Keeping Up With The Kardashians“, após o fim do programa de 20 anos, foi exibida nesta quinta-feira (17) nos EUA. Durante o bate-papo com Andy Cohen, a família mais famosa dos realities fez diversas revelações surpreendentes e a empresária Kim Kardashian abordou um de seus escândalos mais infames – o casamento de 72 dias com o jogador de basquete, Kris Humphries. À família e às câmeras, a musa confessou que se arrependeu da união e apontou que, até hoje, deve desculpas ao antigo amado.

Segundo a morena, após o colapso do relacionamento, ela tentou contatá-lo diversas vezes, com o intuito de pedir perdão por tudo o que aconteceu entre eles. No entanto, a socialite não obteve sucesso, pois Humphries “não estava disposto a perdoá-la”. “Eu tentei. Tentei ligar para ele por meses”, admitiu. “Eu estava muito nervosa para terminar com alguém. Eu lidei com isso da maneira totalmente errada. Eu terminei com ele da pior maneira e eu apenas não sabia como lidar [com a situação]. Aprendi muito com isso”, revelou.

A Kardashian então compartilhou que, anos depois, ela acabou esbarrando com o ex no Beverly Hills Hotel, em Los Angeles, enquanto estava em um passeio com a filha North e já grávida do pequeno Saint. “Eu o vi (Kris Humphries) e todos os seus amigos se levantaram da mesa, nós tínhamos mesas lado a lado”, disse ela. “Todos os amigos dele se levantaram e disseram ‘oi’ para mim e ele literalmente apenas olhou para mim como se nem quisesse falar comigo”, relatou.

Kim explicou, ainda, que o jogador é muito apegado à sua fé, motivo que o levou a alegar fraude durante o longo processo de divórcio. Isso porque Humphries não queria que o casamento ficasse em seus registros e fosse válido para a igreja, dizendo que ela “o induziu a se casar”. “Se eu fosse madura, também teria desejado a anulação”, avaliou a morena. “Eu gostaria de ter sido casada apenas uma vez”, desabafou. Atualmente, a socialite está se divorciando de seu terceiro marido, o rapper Kanye West. Seu primeiro casamento foi com Damon Thomas.

Kim Kardashian e Kris Humphries tiveram um casamento de apenas 72 dias. (Foto: Getty)

Continua depois da Publicidade

Em outro ponto do episódio, as irmãs Kourtney e Khloé e a mãe do trio, Kris Jenner, concordaram que, na época, não achavam que o casamento da empresária duraria. A momager ainda compartilhou que, na noite que antecedeu a cerimônia, disse à filha que ela poderia desistir da união. “Eu disse à Kim: ‘Se você realmente não quer fazer isso, não acho que deveria. Acho que isso pode ser uma péssima ideia'”, relembrou a matriarca. Kim, por sua vez, corrigiu a mãe. “O que você realmente me disse foi: ‘Fuja! Vou colocar você em um carro, ninguém vai te encontrar, é só ir embora e eu cuido disso'”, relatou. OMG!

Kim, no entanto, não concordou e teve um bom motivo para isso: “Eu pensei: ‘OK, pessoal, vocês sabem, estamos filmando isso para um programa de TV. Se eu for embora, serei conhecida como a noiva em fuga para sempre e isso será uma grande piada'”. A fundadora da “Skims” admitiu, ainda, que não economizou o dinheiro que eles estavam embolsando com as gravações do casamento – em vez disso, Kim gastou a quantia para cobrir a diferença de custo que a produção estava pagando pelas núpcias. “Eu teria economizado meu dinheiro”, disparou em tom de brincadeira. Boba ela não é! Kkk

Kim Kardashian relembra casamento com Kris Humphries. (Foto: Reprodução / E!)

Continua depois da Publicidade

Quando questionada por Cohen se continuou com o casamento por causa do programa, Kim desabafou: “Eu diria que sim, porque me senti pressionada. Eu senti que iria decepcionar todo mundo”. Eita! Por fim, a morena apontou que percebeu que o relacionamento não daria certo assim que eles chegaram à Itália para a lua de mel. “Me lembro de ter pensado: ‘Acho que tomei a decisão errada'”, lamentou.

A segunda parte da reunião das Kardashian irá ao ar no E!, nos Estados Unidos, este domingo (20).