Karin Hils, ex-Rouge, recebe auxílio emergencial e faz desabafo nas redes: ‘Inventei de ser artista’

Karin Hils fez um desabafo no começo desta semana sobre sua atual situação financeira em meio à pandemia do coronavírus. Sem poder fazer shows ou apresentações teatrais, a ex-integrante do Rouge disse que precisou recorrer ao auxílio emergencial oferecido pelo governo federal.

“Para muita gente pode parecer que o jogo tá ganho, mas não está. É lamentável o que estamos todos juntos passando nesse país. Eu me incluo, como artista, mulher e preta”, lamentou a atriz que estava escalada como uma das protagonistas do musical “Donna Summer”, que precisou ser cancelado.

Na sequência, ela falou sobre sua tristeza ao reparar na quantidade de pessoas que encontrou também na fila do auxílio. “Hoje fui tentar pegar minha parcela do auxílio emergencial, tava uma fila do cão e ainda tinha gente sem máscara. Isso é pra vocês terem uma ideia que não tá fácil para ninguém”, declarou.

“Vi minha vida virar do avesso. Fui inventar de ser artista”, desabafou Karin, por fim. “Me f*di na pandemia. Tenho fé que vai passar”, acrescentou ela através de hashtags.

No Instagram, a cantora também se manifestou, de forma simples e breve. Sem legenda, ela publicou uma foto com os dizeres “Tem dia que dá uma saudade desgraçada do futuro”.

Nos comentários, algumas pessoas ficaram chocadas que a artista estava com dificuldades financeiras mesmo sendo famosa, com mais de 600 mil seguidores online. “Você foi atrás de auxílio emergencial?! AHN??!?!”, indagou um usuário do Instagram. “Desculpa, mas isso é brincadeira né? Milhares de seguidores na rede social, lançando músicas, clipes e ainda por cima tem que ir pegar auxílio de quem precisa? Ficou famosa pra quê?”, indignou-se outro. “‘Famoso’ não significa a pessoa esbanjar dinheiro… quem acompanha as meninas do Rouge desde o começo sabe bem da história”, rebateu uma mulher.

Comentários na publicação de Karin (Foto: Reprodução/Instagram)

No entanto, a maior parte das mensagens foi de apoio à artista. “Primeiramente o seu trabalho é lindo e você é excelente no que faz, tenho muito respeito por você e pela sua arte e por isso eu te falo: TENHA FÉ!”, pediu uma menina. “Estamos em tempos difíceis para qualquer um, mas logo essa loucura passa e poderemos viver novamente. Fique bem. Eu também sou artista e me sinto mais perdida do que cego em tiroteio nessa pandemia. Mas nenhuma pandemia vai me fazer desistir de fazer o que eu nasci pra fazer!”, completou.

“Tenho certeza que tudo vai passar e dias melhores virão pra nós Karin. Você tem um nome forte e muito talento, em breve aparecem novas ideias para monetizar isso, fazer grana com todo o potencial que você tem a nos oferecer”, refletiu um internauta. “Força meu amor! Tudo isso vai passar, fica bem”, declarou outro.

“Não está fácil, não consegue juntar alguma das meninas e fazer algo? Uma live, não sei, conheço pouco do mundo artístico. Mas é lamentável uma artista como você com peso tão grande na nossa cultura passar por isso”, sugeriu um perfil no Twitter. “Te vi brilhar na pré de Donna Summer e fiquei muito triste com o cancelamento do espetáculo. Imagino o quanto você se dedicou nos ensaios. Você é uma artista incrível que merece muito respeito”, elogiou o roteirista Thi Pasqualotto.

“Você é uma artista incrível !!! E é um prazer conhecer a sua arte. Tempos muito difíceis para todos. Brasileiro tem que ter muito jogo de cintura e batalhar muito sempre! Vai passar! Até lá força, mas que as oportunidades voltem a surgir”, desejou uma seguidora. “Sua maravilhosa! Vai passar sim. Fica bem”, acrescentou outro.