Fotojet (22)

Lutador do UFC faz post transfóbico com foto de Pabllo Vittar, e drag queen responde na lata

O ano é 2021 e ainda existem pessoas que acham engraçado fazerem “piadas” transfóbicas… Darren Till, ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg) do UFC, é um bom exemplo disso. Na última semana, o lutador teve sua conta no Instagram bloqueada após fazer uma publicação com conteúdo transfóbico, utilizando uma foto de Pabllo Vittar. Ontem (31), o caso chegou ao conhecimento da drag queen brasileira, que não pensou duas vezes antes de rebater o britânico.

Darren foi denunciado pelos internautas após ter compartilhado uma montagem em que Pabllo aparece grávida durante um ultrassom, e o monitor do exame faz um “diagnóstico” constatando necessidades fisiológicas. “Quando você é transgênero e pensa que está grávida”, dizia a imagem. “Tenha uma ótima semana, pessoal. #positividade”, desejou o lutador na legenda para os seguidores. O Instagram aceitou a denúncia, bloqueou o perfil, mas posteriormente o liberou e com a postagem ainda disponível. Em respeito à comunidade transgênero e à Pabllo Vittar, não vamos reproduzir a publicação.

Antes de qualquer coisa, também é necessário destacar que a cantora não é transsexual. Pabllo é um homem cisgênero – uma pessoa com a identidade de gênero idêntica ao sexo que lhe foi atribuído ao nascer. Vittar é uma drag queen, que incorpora a figura feminina que ficou famosa em nosso país unicamente como uma forma de expressão artística. Ao contrário do que foi dito também, uma pessoas transgênero pode, sim, engravidar. E por último, todas as pessoas devem ser respeitadas.

Continua depois da Publicidade

No Twitter de Darren Till, o meme também foi compartilhado e segue lá em dois posts diferentes. Neste sábado (30), Pabllo Vittar soube do caso e respondeu o compartilhamento em português mesmo. “Se manque, seu lixo!”, escreveu. Ainda, ela também fez uma outra publicação em seu perfil, saindo em defesa da comunidade transsexual. “Pessoas trans e travestis merecem respeito”, declarou.

De acordo com o jornal Liverpool Echo, o caso foi denunciado para as autoridades e um porta-voz alegou que “as investigações estão em andamento”. Nada disso parece ter sido suficiente para Darren, que gravou um vídeo fazendo pouco caso da situação. “Como todos sabem, sempre posto coisas muito controversas. Eu nunca vou mudar, nunca, nunca, nunca. Outro dia, eu postei esse meme transgênero, achei engraçado e sabia que haveria uma reação. Na verdade, tenho amigos transgêneros, e eles acharam hilário. Você não pode cancelar alguém que não dá a mínima – e eu não dou a mínima”, disse em um trecho.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por @darrentill2

Continua depois da Publicidade

Aqui no Brasil, os fãs de Pabllo Vittar subiram uma hashtag entre os assuntos mais comentados do Twitter, pedindo respeito. “Gente, só pra lembrar que não foi só a Pabllo Vittar que sofreu transfobia, mas uma comunidade inteira! Não só a Pabllo merece respeito, mas PESSOAS que realmente são TRANS, merecem RESPEITO”, escreveu um internauta. “Até quando @pabllovittar vai sofrer por ser livre? Esse tipo de ação tem que acabar, não aguentamos mais ver comentários depreciativos sobre a comunidade LGBTQIA+”, publicou outro usuário.