Michael K. Williams (Getty)

Michael K. Williams: Quatro homens são presos por envolvimento na morte do astro de “The Wire” e “Lovecraft Country”

Ator foi encontrado morto em seu apartamento, no dia 6 de setembro de 2021

Nesta quarta-feira (2), quatro homens foram presos pelo envolvimento na morte de Michael K. Williams, que foi encontrado já sem vida em seu apartamento no dia 6 de setembro do ano passado. O ator, de 54 anos, foi vítima de uma overdose de fentanil, cocaína e heroína. Segundo Damian Williams, procurador do Distrito do Sul de Nova York, os homens acusados faziam parte da quadrilha que vendia as drogas.

Em declaração oficial, divulgada nas redes sociais, Damian disse que todos os esforços estão sendo feitos para “combater a epidemia de drogas”. “Hoje, juntamente com os nossos parceiros na polícia de Nova York, anunciamos as detenções de membros de uma equipa de narcotraficantes, incluindo Irvin Cartagena, o homem que alegamos ter vendido a dose mortal de drogas a Michael K. Williams. Esta é uma crise de saúde pública. E tem que parar!”, disse.

“Opioides mortais como o fentanil e a heroína não querem saber de quem é ou quem conseguiu. Eles apenas alimentam o vício e conduzem à tragédia. O Distrito Sul de Nova York e os nossos parceiros de aplicação da lei não vão desistir. Traremos todos os instrumentos à nossa disposição. E continuaremos a responsabilizar os traficantes que empurram este veneno, exploram o vício, e causam a morte sem sentido”, afirmou. Assista:

Segundo as autoridades, os homens estavam vendendo as drogas em um local próximo à casa do ator em Williamsburg, no Brooklyn, desde 2020. Junto com a declaração, foram divulgadas imagens que flagraram a ação. Ainda de acordo com o comunicado, mesmo após saber sobre a morte de Williams, “a gangue continuou a vender heroína com fentanil, em plena luz do dia, no meio de edifícios e apartamentos residenciais, no Brooklyn e em Manhattan”.

Além de Irvin Cartagena, Hector Robles, Luis Cruz e Carlos Macci também foram acusados “como membros da conspiração de fentanil e heroína”. Cartagena foi detido em Porto Rico e deve comparecer no tribunal na próxima sexta-feira. Já os outros, devem se apresentar na quinta.

Continua depois da Publicidade

Em 6 de setembro de 2021, Michael K. Williams foi encontrado morto em seu apartamento. Na ocasião, a representante de Michael confirmou a informação. “É com profunda tristeza que a família anuncia o falecimento do ator indicado ao Emmy, Michael Kenneth Williams. Eles pedem por privacidade enquanto lamentam esta perda insuperável”, disse Marianna Shafran.

Michael K Williams como Omar Little em 'The Wire'. (Foto: Divulgação)
Michael K Williams como Omar Little em ‘The Wire’. (Foto: Divulgação)

Um dos papéis de maior destaque do ator foi na série “The Wire“, na pele de Omar Little. Ele também esteve presente em  “Boardwalk Empire” e “Olhos que Condenam”. No cinema, ele integrou o elenco de “12 anos de Escravidão”, “Vício Inerente” e “Gone Baby Gone”.

No ano passado, Williams concorreu como “Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama” no Emmy Awards, por seu papel em “Lovecraft Country“. A cerimônia foi marcada por uma homenagem póstuma feita por Kerry Washington ao ator. “Michael foi um ator super talentoso, brilhante, uma pessoa generosa que nos deixou muito cedo. Michael, eu sei que você está aqui, porque não perderia isso aqui! Sua excelência e sua arte vão sempre estar aqui. Nós te amamos!”, disse a estrela, emocionada, antes de anunciar o vencedor.

Image (1)
Michael K. Williams fez um trabalho brilhante como Montrose Freeman de “Lovecraft Country”. Foto: Reprodução

O prêmio, no entanto, ficou para Tobias Menzies, o príncipe Phillip da quarta temporada de “The Crown“. Mas Michael K. Williams também foi lembrado na tradicional homenagem para todos os profissionais que morreram no último ano. O cantor Leon Bridges embalou o segmento com a emocionante música “River”. Assista: