Fotojet (3)

Mulher é acusada de perseguir David Beckham e “visitar” a filha do atleta na escola; saiba detalhes

Sharon Bell recebeu medida provisória para se afastar da família e deve prestar depoimento na próxima semana

Um nível extremo e perigoso de stalker! Na Inglaterra, uma mulher foi intimada ao tribunal por “stalkear” David Beckham e sua família. Sharon Bell foi considerada culpada pelas autoridades inglesas e deve prestar depoimento na próxima semana. Além de ser acusada de assediar o ex-jogador, ela supostamente “visitou” a escola da filha de Beckham, Harper.

Ao The Sun, um porta-voz da Polícia Metropolitana confirmou que a mulher foi acusada de perseguição. “Os crimes teriam ocorrido entre julho e outubro de 2021. Uma família recebeu várias cartas e foi submetida a várias abordagens indesejadas em seus endereços residenciais e em uma escola”, afirmaram.

As tentativas de contato com a família do ex-jogador teriam começado ainda 2016, quando ela aparentemente afirmou ser a mãe de um dos quatro filhos de David e Victoria Beckham. No ano passado, Bell foi proibida de se aproximar do ex-jogador do Manchester United e de todos ao seu redor.

Ainda, acusada pelas autoridades de “atos associados à perseguição”, ela foi proibida de abordar ou enviar mensagens para o casal David e Victoria, ou para os filhos Brooklyn, Romeo, Cruz e Harper.

Bell foi acusada de perseguir a família. (Foto: Reprodução/Instagram)
Bell foi acusada de perseguir a família. (Foto: Reprodução/Instagram)

Continua depois da Publicidade

Sharon Bell também não pode chegar a menos de 500 metros da mansão da família em Cotswolds, oeste de Londres, ou da escola da caçula Harper. A medida provisória foi feita para durar apenas cinco meses, no entanto, na segunda-feira (28), os juízes vão decidir se ela deve se tornar permanente.