Fotojet (4)

Sérgio Mamberti: Nino, Biba, Pedro e Zequinha do ‘Castelo Rá-Tim-Bum’ prestam homenagens emocionantes ao eterno “Tio Victor”; vem ler!

Raios e trovões! O Dr. Victor não está chegando… o Dr. Victor não chegou hoje… Na madrugada desta sexta-feira (3), o ator Sérgio Mamberti, conhecido pelo Brasil por seu papel icônico como o “Tio Victor”, do “Castelo Rá-Tim-Bum”, faleceu. Intubado desde o último sábado (28) para tratar de uma infecção nos pulmões, Mamberti infelizmente não resistiu. A causa da morte, segundo anúncio do filho do artista ao UOL, foi falência múltipla de órgãos.

Ao longo da manhã de hoje, a triste notícia circulou pelas redes sociais, que ficaram lotadas de homenagens e despedidas dos famosos. No entanto, as que mais se destacaram foram as dos sobrinhos dele na ficção. Cássio Scapin, o Nino do programa da TV Cultura, reuniu fotos antigas e recentes da dupla, enaltecendo a longa e bem-sucedida carreira de Sérgio com uma mensagem curta, mas emocionante. “Hoje partiu Sergio Mamberti! Nosso Tio Vitor! Hoje partiu Sergio Mamberti, um homem, um artista, que lutou pelo progresso e desenvolvimento da nação brasileira com as armas que tinha: a cultura e a arte!”, escreveu o ator. “Fará imensa falta a sua força! Nosso coração doído se despede com muita dor e uma grande salva de palmas! Bravos meu querido!”, concluiu.

O ator Luciano Amaral, mais conhecido por seus papéis como Lucas Silva e Silva do seriado “Mundo da Lua” e como Pedro, no “Castelo Rá-Tim-Bum”, também se pronunciou sobre a perda e relembrou os belos momentos que viveu com Sérgio. “Raios e trovões! Perdemos hoje o nosso Dr. Victor. Que triste. Quem não gostaria de ter um avô ou tio avô como você, Sérgio? Todos queríamos. Quanta paciência conosco nas gravações do Castelo, quanta generosidade e aprendizado pra todos nós que tivemos a oportunidade de conviver com você”, compartilhou Amaral.

“Seu legado, que vai muito além de Castelo Rá-Tim-Bum, é brilhante e ficará pra sempre cravado em nossa cultura e arte desse país. Cultura essa pela qual você tanto lutou e amou. Descanse e brinque aí nas estrelas, Dr. Victor. Tenho certeza que você será muito bem recepcionado pelo Etevaldo, pelo Mau e pelo Porteiro”, continuou ele, relembrando, também, os atores Wagner Bello (1960-1994) e Cláudio Chakmati (1965-1997), que fizeram parte do elenco do clássico da Cultura. “Ps:. Sempre que ouvirmos um trovão, saberemos que é você nos dando uma bronca, por desejar sempre o nosso bem”, concluiu.

Continua depois da Publicidade

Além dele, Cynthia Rachel, a Biba, do Castelo, também se despediu. “Querido Sérgio! Sempre tão amoroso, paciente e professor. Um homem de luta, um homem de amor. Que bom que a gente se encontrou nessa vida! Obrigada!!! Aplausos para o Mamberti! Um abraço carinhoso para a família”, escreveu.

Continua depois da Publicidade

Fredy Allan, o Zequinha, por sua vez, escreveu um longo e lindo texto de despedida para Mamberti. “Hoje, meu dia, nosso dia amanhece sem a presença na terra do querido artista e amigo Sérgio Mamberti. Não sei o que dizer, pois tenho tudo a dizer… Sérgio sempre foi um artista e ser humano muito generoso comigo. (…) Tenho muitas histórias, memórias de encontros… Meu orgulho de ter podido ouvir de perto e conversar com Sérgio, vem também de saber de sua importância para nossa cultura brasileira, do teatro ao cinema a televisão… SUA LUTA POLÍTICA!!!!!! Hoje estou muito triste. Mais triste do que ando… Meu amigo, nos vemos já já. Aqui não vou parar, não vamos parar de combater o fascismo e a ignorância!!!!!! VIVA SÉRGIO!”, declarou.

Continua depois da Publicidade

Por fim, Angela Dippe se pronunciou pelo Twitter. “Nosso tio Victor partiu”, lamentou a intérprete de Pénelope, junto a uma bela foto do elenco do Castelo. “Generoso, brilhante, militante, divertido e talentoso! Sempre te amaremos! Obrigada, Tio Sérgio Mamberti”, acrescentou ela.

Continua depois da Publicidade

Rodrigo Lombardi

“Era admirável a sua força. Sua sabedoria nos encantava a todos. Estar ao seu lado me dava coragem. Sorrimos, pulamos, brigamos e nos amamos muito. Quando você me chamava de canto pra me dizer coisas do tipo: “O que você fez hoje, foi brilhante!” ou “Você não pode fazer assim!”, me reanimavam nos momentos difíceis de nossa montagem”, escreveu o ator, relembrando da época em que atuaram lado a lado na peça “Um Panorama Visto da Ponte”. “Nossos jantares, nossas farras… tudo era muito bom com você. A maneira como você ouvia e acatava conselhos dos mais novos era de uma simplicidade ímpar. Vai daí que eu sigo daqui, ainda aprendendo contigo, tentando entender as coisas que você me dizia e minha frágil pseudo intelectualidade custava aceitar. Mas as fichas vão caindo homeopaticamente. Obrigado, meu amigo”, concluiu Lombardi.

Continua depois da Publicidade

Lilia Cabral

“Querido Serginho! Adorado Serginho, amado por todos. Você vai fazer muita falta, principalmente pra tanta gente jovem que não teve o prazer de te conhecer. Aliás, te conhecer é um privilégio e o privilégio foi de muitos também. Não existiu e talvez demore, pessoa mais afetuosa, generosa e querida que você”, afirmou a atriz.

“Ator da maior grandeza, talento e sabedoria que sorria pra todos e cativava a todos. Grande mestre, grande parceiro e que me ensinou que a leveza é tudo nessa vida, ainda estou aprendendo. Me ensinou também a comer arroz de pequi e junto com ele saborear boas histórias”, relembrou Lilia. “Você foi um grande defensor do nosso ofício, eu sei que onde você estiver, estará iluminando a Cultura desse país, e Serginho, vai passar! Amo você muito, você sempre soube disso e vou continuar amando. Descanse!”, concluiu.

Continua depois da Publicidade

Marcelo Adnet

“Vai fazer muita falta este grandissíssimo ator! Obrigado Sérgio Mamberti!”, escreveu o comediante, no Twitter.

José Bonifácio Brasil de Oliveira, “Boninho”

“Quase dois anos perdendo muitos amigos queridos. Sérgio Mamberti vai deixar saudades de seus longos sorrisos. Meus sentimentos ao Fabricio e família”, publicou o diretor.

Continua depois da Publicidade

Tatá Werneck

“Sérgio Mamberti! Bravo! Não o conhecia pessoalmente, mas trabalhei com seus filhos, igualmente incríveis e adoráveis. Um beijo imenso em vocês. Linda a história de seu pai”, homenageou a comediante.

Continua depois da Publicidade

Políticos se pronunciam

Durante muitos anos, Sérgio Mamberti foi filiado ao Partidos dos Trabalhadores (PT) e ocupou cargos dentro do Ministério da Cultura durante o Governo Lula. O ex-presidente, por sua vez, emitiu uma nota de pesar, lamentando a morte do artista.

“Sérgio Mamberti foi um dos maiores atores da história do Brasil, além de escritor e diretor, um homem de teatro completo, e um ser humano de coração e generosidade imensas, sempre disposto a ajudar e lutar pela democracia, pela cultura, pelas causas sociais, a fazer o bem ao próximo. A sua contribuição para a cultura brasileira nos palcos, no cinema, na TV, na Funarte e no Ministério da Cultura, na construção de políticas públicas para as artes nacionais é imensa. Se o povo brasileiro o admirava pelo seu talento, quem o conhecia de perto o admirava pela sua humildade, carinho e inteligência”, declarou Lula.

Continua depois da Publicidade

Outras figuras do cenário político também se pronunciaram, entre elas, Fernando Haddad. “Sérgio Mamberti era um ser iluminado. Muito amor, compreensão e solidariedade com todos que passavam pelo seu caminho. Muita empatia com os milhões que admiravam sua arte e militância. Que grande perda tivemos hoje. Honremos a sua história”, escreveu ele.

Continua depois da Publicidade

Já o ex-ministro Alexandre Padilha citou uma última conversa com Mamberti e compartilhou um clique em eles que aparecem ao lado do ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica. “Vá em paz meu irmão, Serginho Mamberti! Todos ficamos um pouquinho mais tristes, um pouquinho menos talentosos e menos politizados com esta notícia de partir o coração. Acompanhei contigo, visitando-o no hospital, trocando mensagens de carinho neste momento de fé e perseverança. Um abraço especial nos seus filhos, no seu cuidador, nos seus inúmeros amigos e nos médicos e profissionais de saúde que lutaram contigo até o último ato, na busca de mantê-lo firme, vivo, pronto para dar aquela virada em cena. Vá em paz, tenho certeza que no céu já estão anunciando que o Tio Victor está chegando. Foi muito bom conviver, andar, sonhar e militar ao seu lado. Nós faremos o Brasil sorrir de novo, Serginho. Fique de olho! Sergio Mamberti, presente!”, declarou.