Whindersson Nunes e Felipe Neto trocam farpas nas redes sociais: ‘Parabéns, é o próprio Jesus!’

Nesta quinta-feira (9), o comediante Whindersson Nunes e o influencer Felipe Neto trocaram diversas farpas na web. Tudo começou com o envolvimento de Neto e Marcelo Adnet na contratação do lateral-direito Rafael, para reforçar a equipe do Botafogo. Após anúncio de que a dupla teria investido no clube, o perfil “Bacalhau de Zoeira”, no Twitter, questionou se Whindersson poderia fazer o mesmo pelo Vasco.

“No Botafogo, Felipe Neto e Marcelo Adnet ajudaram financeiramente a contratar o lateral Rafael, um bom reforço pra sequência do campeonato. Tá na hora do Whindersson Nunes gastar seus milhões com o Vasco, juntar com outro vascaíno famoso e trazer o Coutinho de volta”, escreveu o internauta.

A “sugestão” logo foi rebatida por Nunes. “Tô financiando uma pesquisa pra um motor adaptado pra motorizar qualquer tipo de cadeira de rodas e um dispositivo que deixa uma mancha fluorescente nos buraco das estradas pra ninguém se acidentar a noite, já que não tapam os buracos”, contou o humorista. “Não vou gastar nada com time, só torcer”, concluiu.

Continua depois da Publicidade

O comentário não passou despercebido pelos fãs de Felipe, que interpretaram a fala como uma alfinetada ao youtuber e passaram a defendê-lo nas redes sociais. Horas mais tarde, o próprio Neto se pronunciou de maneira indireta. “Faço doações a todo tipo de instituto, ONG e movimento. Investi quase 1 milhão de reais na criação do Instituto VERO de educação digital. Criei o movimento “Cala Boca Já Morreu” de apoio pra pessoas perseguidas por opinião. E vou gastar em time sim”, disparou ele.

Nunes, por sua vez, respondeu diretamente a Neto. “Parabéns, é o próprio Jesus”, ironizou. Foi neste momento que um terceiro “personagem” entrou na confusão – o jornalista José Passini. Em resposta à justificava de Whindersson sobre a falta de apoio financeiro ao Vasco, ele disparou: “Por isso que tu é corno”. Na sequência, o influencer o respondeu somente com um ponto de interrogação e o jornalista acabou deletando o comentário diante de uma série de críticas dos internautas. “Tive que apagar o tuíte, mas fica o registro do dia em que entramos na mente do homem que se negou a ajudar o Vasco da Gama!”, escreveu.

O jornalista José Passini entrou no meio da “briga” entre Felipe Neto e Whindersson Nunes. (Foto: Reprodução / Twitter)

A segunda publicação também foi excluída pelo jornalista, mas não antes que Nunes pudesse rebatê-lo. “Vou entrar na tua mente de um jeito que tu não vai esquecer, vocês vão ver um jeito bom de entrar na mente, serviço comunitário esse seu tuíte vai te render”, ameaçou, dando a entender que processaria Passini.

O bafafá tomou tamanha proporção, que Neto ofereceu apoio financeiro ao jornalista. Ainda de forma indireta, o youtuber afirmou: “Quem quiser fazer mal a Zé Passini, terá que me derrubar primeiro”. José agradeceu o influencer pelo apoio e Neto então acrescentou: “Irmão, tu vai ter mais advogado que o Eike Batista”.

Continua depois da Publicidade

Sobre isso, Whindersson replicou: “Por favor, algo mais hard. Pode botar o advogado do Lula, vai limpar banheiro”. O vai e volta de farpas continuou quando uma internauta questionou o empenho de Neto em justificar seus gastos e estender a “briga”. Whindersson então não perdeu a oportunidade de cutucar o “rival” mais uma vez. “Exatamente, o que meu modo de gastar meu dinheiro tem a ver com o dele? Viagem da p*rra. Muleque (Passini) me xingou de graça, do nada, e sem contexto, agora vai ter os advogado do EIke Batista pelo Felipe neto kkkkkkkkkkkkkkkk 8 da manhã”, ironizou. “O cara dá um jeito de entrar em tudo”, alfinetou ele sobre Neto.

Após saída de Leifert, quem você quer no comando do BBB?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

O deboche prosseguiu quando outro internauta pediu que Whind deixasse de lado a treta com Passini. “Perdoa o cara, ele é nosso amigo, não podemos correr o risco de ficar levando cigarro pra ele na cadeia”, escreveu um usuário do Twitter. “Que isso cara, ninguém vai ser preso, só pagar algumas fraudas ou algum serviço comunitário, caso ele não possa pagar, o Felipe Neto paga pelo que eu vi, tá tudo certo”, concluiu Nunes.