Xuxa aciona advogados contra Sikêra Jr, critica deboche do apresentador em caso de zoofilia, e rebate acusações dele: “Mistura de palhaço e repórter”

Após trocas de farpas e acusações seríssimas pelas redes sociais, Xuxa Meneghel revelou nesta quarta-feira (28) que acionou seus advogados contra Sikêra Junior, apresentador da RedeTV. Em sua coluna na revista “Vogue”, a estrela fez uma série de críticas ao âncora do “Alerta Nacional”, afirmando que ele teria cometido apologia à zoofilia.

A briga entre Xuxa e Sikêra começou quando a apresentadora compartilhou um vídeo publicado por Luisa Mell, no qual a ativista dos animais critica a forma debochada como Sikêra tratou um caso de zoofilia em seu programa. Na ocasião, a rainha dos baixinhos também perguntou “Onde está a graça?”, reafirmando que a atitude retratada em rede nacional era um crime. “Ao invés do apresentador dizer o quanto isso é errado, ele pede para alguém da sua equipe usar uma máscara de bicho e outra pessoa fazer a cena de estupro. Tudo isso abaixo de muitos risos”, descreveu ela no texto divulgado hoje.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Não existe sexo com animais, assim como não existe sexo com crianças. É sempre estupro. Violência. Abuso. Eu nem tenho coragem de postar alguns casos que resgato de animais vitimas de zoofilia. Confesso que cheguei a ficar perturbada depois de receber algumas denúncias, e ver a situação dos animais. Mas o apresentador Sikeira Junior e sua equipe acham este tipo de violência muito engraçado. Neste vídeo vergonhoso ele ri de algo doentio. Faz seu deprimente show em cima de um crime. Além de eticamente grotesco, sexo com animais é clinicamente perigoso. Deve ser combatido de todas as maneiras. O tal apresentador qd criticado, manda as seguidoras arranjarem um jumento para se acalmarem.!!!!!! Demonstrando claramente que n respeita animais, nem Pessoas. Alguns querem alegar que é humor. E eu pergunto. Se fosse uma criança sendo molestada, este senhor tb acharia engraçado? Violência, estupro e abuso só podem ser motivo de piada em um mundo doente.

Uma publicação compartilhada por Luisa mell (@luisamell) em

Diante das críticas de Xuxa, Sikêra usou seu programa, na semana passada, para devolver acusações à veterana da TV. “A que se diz rainha. A que vai lançar um livro LGBT para crianças. Cuidado com teu filho, cuidado com tua filha… A mesma que fez um filme nua com uma criança de 12 anos. Ex-rainha, eu quero dizer para você que pedofilia é crime e não prescreve”, disparou ele.

Continua depois da Publicidade

Mesmo sendo apenas três anos mais novo que Xuxa, o apresentador teve coragem de alegar que era fã dela quando criança. “Eu era pequenininho, era teu fã, meu sonho desde criança era ir no teu programa”, disse. “Tu se resumiu a fazer evento só para uma turminha de lacradores, o teu programa não decolou. Não sei como os bispos e pastores ainda concordam”, adicionou sobre a presença dela na RecordTV. Olha só:

Xuxa toma providências e desmente acusações

Dias após a resposta desaforada dele, Xuxa usou seu espaço na “Vogue” para endossar suas críticas às atitudes de Sikêra e informar que tomaria medidas legais quanto ao caso. “Meus advogados vão trabalhar para mais uma instituição ganhar dinheiro, pois sim, qualquer pessoa que vier me difamar, contar mentiras ou distorcer a realidade por causa do livro, filme ou o que seja, terá que pagar por isso. E quem vai ganhar será mais uma instituição escolhida por mim”, contou ela.

Em seu texto nesta quarta, Xuxa foi bem direta quanto a sua opinião. “Perdoem se não coloco o nome do ‘apresentador’, é que realmente eu não sei seu nome, apenas que trabalha na Rede TV. Parece que ele quer ser bastante popular e caricato, uma mistura de palhaço e repórter com uma postura bem forçada, desengonçada e tosca (se não for forçada me perdoem). Na imagem que eu vi ele estava rindo, debochando de um crime, zoofilia. Pois bem, o tal senhor, ao invés de ver o erro que fez e se desculpar com as famílias que veem seu programa, começou a me atacar, me chamando de pedófila e ex-rainha“, iniciou.

Continua depois da Publicidade

Enquanto Sikêra tentou dizer que o “Alerta Nacional” ensinaria crianças a se protegerem contra abusos, Xuxa avaliou que o programa nem mesmo pode ser assistido pelos pequenos. “Uma pessoa que coloca em sua atração imagens de um animal sendo violentado e ainda encena ao vivo o horror que o bicho passou sorrindo, dando gargalhadas, passará às crianças e às pessoas que estão vendo que isso é normal ou uma piada”, pontuou.

“Um animal que não pode se defender deve ser visto como uma criança que é abusada. São seres indefesos que são usados por pessoas doentes e ninguém pode fazer disso um show de horrores ou pauta para piada, isso é inadmissível. Esse senhor disse que transar com criança é pedofilia e ele tem razão, assim como sexo com animal é zoofilia, ambos crimes”, continuou.

Xuxa, que foi vítima de abusos na infância, afirmou que o programa de Sikêra Junior teria que fazer muito mais para ensinar as crianças sobre perigos do abuso. (Foto: Reprodução/Globoplay)

Como vítima de abuso, Meneghel também citou que a tentativa do programa não surtiria tanto efeito. “Sim, sexo com criança ou com bicho é crime e devemos SEMPRE protegê-los passando informações corretas sobre isso. Só exibir um desenho no telão dizendo que criança não pode deixar que ninguém toque aqui ou ali, não é educativo. Venho informar a esse senhor e a quem interessar que nós que fomos vítimas de abusos na infância não sabemos o que a pessoa está fazendo. Assim como aquela égua que foi amarrada na árvore. Crianças vítimas de abusos sexuais são levadas a essa situação sem saber o que a pessoa irá fazer com ela”, declarou.

Xuxa rebate acusações de pedofilia e de apologia às drogas

Quanto à acusação de pedofilia, a respeito do filme “Amor Estranho Amor”, Xuxa afirmou que Sikêra “errou muito feio”. “Ficção é uma coisa e realidade é outra. Há 40 anos, fiz um filme onde interpretei uma menina de 15 anos que foi vendida a um prostíbulo para ser dada de presente a um político. Uma ficção, que retrata o que se passa até hoje na vida de muitas meninas e meninos, não na minha. Muitas crianças, assim como minha personagem, são vendidas e exploradas sexualmente por pessoas que acham que tudo é permitido a seu bel prazer”, rebateu ela, reforçando que pedofilia é crime.

Continua depois da Publicidade

A apresentadora também desmentiu outro argumento de Sikêra, que falou que ela teria feito apologia às drogas. “Todos sabem o quanto eu sou contra qualquer tipo de droga, ilícita ou não: não bebo, não fumo e NUNCA me droguei, nem por curiosidade. Minha filha, e quem me conhece, sabe disso e em um contexto bem diferente, falando da cannabis, comentou que, antes de eu morrer, deveria tomar um porre e provar maconha, ou seja, me permitir errar um pouco. Foi um comentário e não uma realidade”, respondeu Xuxa, sobre a acusação envolvendo Sasha Meneghel.

Xuxa rebateu a acusação de apologia às drogas a partir de uma fala feita por Sasha Meneghel. (Foto: Marcello Sá Barretto/Brazil News)

“Esse senhor disse que gostava de mim quando era pequeno. Mas que idade tem ele para dizer que me via quando pequeno?”, refutou Xuxa ao identificar homofobia por parte do apresentador. “Eu sempre passei mensagens de amor, sem distinção, sobre a importância de tratarmos bem os bichos e a natureza. Se ele era mesmo meu baixinho, não aprendeu nada! Me agrediu por ter um público LGBTQIA+, mostrando que se transformou em um homofóbico, mal informado e que não tem compostura”, lamentou.

Continua depois da Publicidade

A eterna rainha voltou a detonar o deboche do apresentador diante da zoofilia, já que ele preferiu dedicar-se a criticar a apresentadora. “Esse senhor disse que o livro que estou lançando – ‘Maya – Bebê Arco-Íris’ – é um horror para as crianças. Ele já leu? Ele viu uma égua sendo estuprada e riu! Acredito que não vai terá discernimento de assimilar o conteúdo do meu livro que é amor. Dá para entender ele não gostar de mim, já que eu sou contra o machismo, homofobia, racismo e a favor dos bichos”, finalizou ela.

Campanha contra zoofilia

Além de tudo isso, com os últimos acontecimentos, Xuxa reuniu várias celebridades – de diversos perfis ideológicos – em prol de uma mesma campanha: “Zoofilia é crime, não é piada”. “Não existe sexo com animais, não existe sexo com crianças. Isso é estupro”, diz ela em um dos vídeos. “Você deixaria uma criança ver alguém rir de um estupro?”, continua a apresentadora em outra publicação, fazendo referência ao programa de Sikêra.

Ana Maria Braga, Angélica, Ratinho, Paulo Gustavo, Camila Pitanga, Padre Fábio de Melo, Rita Lee, Silvia Abravanel e mais personalidades foram alguns dos que se posicionaram em prol desse movimento. Confira alguns dos vídeos abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

ZOOFILIA É CRIME!!! NÃO É PIADA!!! @anamaria16 @caiapitanga @angelicaksy @sashameneghel @luisamell @ritalee_oficial #zoofilianaoepiada

Uma publicação compartilhada por Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) em

Continua depois da Publicidade

 

Ver essa foto no Instagram

 

ZOOFILIA É CRIME!!! NÃO É PIADA!!! @pefabiodemelo @calabresadani @netonizo @jaimearoxa @marcusmajella @valeriavalenssa #zoofilianaoepiada

Uma publicação compartilhada por Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

ZOOFILIA É CRIME!!! NÃO É PIADA!!! @loracarola @oratinho @paulogustavo31 @paollaoliveirareal @junnoandrade @del.brunolima #zoofilianaoepiada

Uma publicação compartilhada por Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) em

Agora, o caso de Xuxa e Sikêra ainda deve ter muitos desdobramentos… Confira a coluna de Xuxa na íntegra, clicando aqui.