humorista

Brasileiro viraliza após dar resposta hilária e “muito gráfica” para TV portuguesa sobre situação em aeroporto de Lisboa: “Preso sem fazer cocô”; assista!

Abdiás Melo estava tentando remanejar o voo cancelado para Recife quando foi abordado pela equipe de reportagem

A exposição…ela não tem limites! kkkk O humorista pernambucano Abdiás Melo viralizou neste sábado (2), após dar uma entrevista hilária para um canal de televisão português sobre a situação dos aeroportos em Lisboa. Ele foi abordado pela equipe de reportagem enquanto tentava remanejar o voo que pegaria com destino a Recife (PE), mas foi cancelado poucas horas antes do embarque.

No vídeo, o homem compartilhou, com até mais detalhes do que a repórter esperava, o que estava acontecendo após o contratempo. “Meu anjo, eu estou com a mesma cueca faz seis dias, eu não tomei banho, estou fedendo, um absurdo! Meu sovaco está fedendo e eles não fazem nada”, contou. A fala arrancou risadas das pessoas ao seu redor, já que cueca no português de Portugal significa roupa íntima feminina.

“Eles não fazem nada, simplesmente não fazem nada! Simplesmente falam assim: ‘Vamos resolver’. Ai bota um voo, dá cartão de embarque, cancela. Dá um voo, cartão de embarque, cancela. Eu só consigo fazer cocô em casa. Eu estou preso sem fazer cocô”, completou. A jornalista logo interrompeu Abdiás. “Muito obrigada. Uma imagem muito gráfica da situação desse passageiro”, falou. Confira o vídeo completo abaixo:

 

Continua depois da Publicidade

Assim que caiu na web, o vídeo provocou várias reações dos internautas. “Sofro com a mudança do sotaque dele de português pra brasileiro”, disse um deles, brincando com a mudança na forma de falar do humorista no início do vídeo. “Mano, o que eu mais racho de rir é que cueca em Portugal é calcinha feminina”, comentou outro. “Eu tô me acabando de rir, mas com respeito”, escreveu um pperfil. “O jeito que a moça olha quando ele diz que está com a mesma cueca há dias”, percebeu um usuário.

E teve gente também que foi até as redes para elogiar a postura da repórter durante a entrevista. “Como é que a jornalista não se riu?”, questionou um internauta. “A jornalista merece um prémio por não se desmanchar a rir na hora”, afirmou outro. “Repórter se saiu muito bem com a ‘imagem muito gráfica”, compartilhou mais um.