BBB21: Pegou fogo! Madrugada pós-paredão tem tretas, choro de Sarah, conversas da sister com Caio e Juliette, e Rodolffo entregando ‘colegas’ para a advogada; vem ver tudo!

Madrugada dramática no “BBB 21”! O negócio pegou fogo durante a formação de paredão desse domingo (29), e Sarah foi aos prantos, após receber votos de Caio e Rodolffo, seus supostos aliados no jogo. Muito abalada, a sister demonstrou toda sua angústia no intervalo do programa ao vivo, mas não pensem que as lamentações pararam por aí não…

A brasiliense se juntou a Gilberto, Fiuk, Camilla e João no quarto cordel e desabafou. “Estou com raiva, sim, e o povo tem que saber que eu estou com raiva. Só eu sei o quanto que eu sofri e quase briguei com Gil por causa desse cara… Quero mais que ele se exploda! Eu nunca pedi para ninguém sair daqui. Para ele eu vou pedir porque eu quero que ele saia. Isso não se faz!”, disparou, às lágrimas.

Continua depois da Publicidade

A youtuber então avaliou que, no jogo, não se podia seguir o coração. Sarah continuou afirmando que, sempre que viu Rodolffo com riscos de ir à berlinda, tentou vencer as provas do anjo para imunizá-lo, e se mostrou indignada com a atitude do sertanejo. “Toda vez que ele tava em perigo, que eu podia ganhar o anjo, eu deixava de dar pro Gil pra dar pra ele! Por ser amiga dele, passei pano pra c*ralho, defendi pra p*rra”, lamentou.

Camilla então fez uma importante ressalva. “Esse sentimento que você está tendo em relação a ele, foi o mesmo que a Ju também sentiu”, comparou, sobre quando a advogada viu os amigos mais próximos no jogo dando as costas pra ela. “O que está pegando não é o fato dela ir para o paredão, e sim, quem votou, que é uma pessoa que estaria no pódio dela”, continuou a influenciadora, sobre o choro de Sarah.

A consultora de marketing então alegou que Rodolffo só ficou mais próximo dela, após o retorno da loira de dois paredões. Gil e Fiuk disseram também ter percebido essa aproximação do sertanejo, depois deles passarem ilesos pela berlinda.

O papo continuou, e Camilla disse ter ficado chocada com tudo que aconteceu durante a votação. “Não contava com isso”, admitiu a carioca. “Imagina eu que coloquei ele no meu pódio”, desabafou a brasiliense, ainda nervosa. “Você vai superar”, consolou a youtuber, segurando as mãos da loira. “Eu vou. Tenho certeza que vou. Eu achei bom ir ao paredão eu e ele. Achei mesmo”, devolveu Sarah, sem titubear.

Nesse momento, Fiuk fez um alerta à sister: “Calma, Sarah. Cuidado pra raiva não colocar palavras na sua boca que não são legais”. “Não é nem raiva, eu tô triste real”, desabafou a brasiliense. “É tristeza, decepção…”, avaliou João, em concordância. Gilberto, por sua vez, se mostrou bastante irritado e disse que agora não se arrepende mais de ter indicado a dupla de Israel ao paredão, na semana passada.

Juliette se dispõe a ouvir Sarah

Em certo momento, Juliette entrou no quarto cordel e encontrou Sarah aos prantos. A consultora de marketing então explicou que estava muito decepcionada com a “traição”, como a própria classificou, de Rodolffo e Caio. “Eu tenho dúvidas sobre você. Pode ser que mais pra frente, a gente se resolva, sei lá, mas o que eu vi dos meninos hoje, foi certeza. Foi traição pura, eu tô muito magoada”, desabafou a loira, que logo foi consolada pela advogada.

“Sinceramente, eu acho que hoje você está muito magoada, com razão. Mas quero dizer que o que você está sentindo hoje, eu senti outro dia. Senti quando você votou em mim. Senti quando ele (Rodolffo) votou em mim, quando Caio votou em mim e eu tentei salvá-los, assim como você fez, talvez. Só que a gente só consegue enxergar as coisas quando a gente sente e dói muito. Não queria ver você assim, de verdade. As nossas desavenças são outras. Se você quiser conversar sobre essas coisas depois, eu estarei aqui para falar. Hoje o que tenho para dizer é: não fique triste, não fique fraca, fique forte como você é”, declarou a paraibana.

E ela ainda deu um conselho a Sarah. “Não aja com raiva. Ela não leva a gente a lugar nenhum. A raiva só nos destrói. Se você tem consciência do que você fez, o público vai ver. Se você tem consciência de que suas intenções eram boas, se você fez o que podia fazer, acabou. Quem decide é o público. O que posso te oferecer agora é força. Você é uma mulher muito forte e seguirá assim. Isso é um jogo, não é sobre nossas vidas. E o precisar de mim, de verdade, fique tranquila”, avisou, dando um abraço na brasiliense.

A consultora de marketing desabafou, dizendo que não esperava pelos votos de Caio e Rodolffo. “Todo mundo sabe o que aconteceu, como aconteceu e as consequências do que aconteceu desde a liderança do Gil. Não adianta mais. O que o público já viu tá visto. Vamos esperar até terça. Não tem mais o que fazer. Quem errou mais, quem errou menos… quem vai dizer é o público“, concluiu Juliette.

Caio justifica voto “sem maldade” em Sarah

Mais tarde, Caio adentrou o quarto e pegou uma conversa de Sarah, Fiuk e Gil pela metade. “Todo mundo sabia meu voto (em Pocah). Arthur sabia. Para proteger um, todo mundo sabia onde tinha que ir. Foi pra botar nela (Sarah) mesmo”, dizia o pernambucano, quando foi interrompido pelo fazendeiro. “Indireta para mim não cola, não, Gil”, retrucou o goiano. “Indireta, não. Estou falando o que eu acho”, rebateu o economista.

“O homem estava com quatro votos. Eu ia fazer o quê? Você defendeu a Juliette e me colocou no paredão”, continuou Caio, referindo-se aos votos que Rodolffo estava recebendo na votação aberta e também sobre a formação da berlinda passada. Gil então avisou que o goiano poderia ter votado em Pocah, que também recebeu algumas indicações de outros participantes, ao invés de Sarah.

“Mas Rodolffo já estava com 3 [votos]. Eu ia fazer o quê?! Não fiz maldade nenhuma, não. Pode achar que foi maldade, pode achar o que foi. Não foi. Eu fiz para tentar salvar o cara”, assegurou o fazendeiro, em resposta. “Sarah, infelizmente, é um amigo. A pessoa mais próxima que tenho dentro da casa, assim como você defende o Gil, a Camilla defende o João, e assim vai”, continuou. “Assim como eu defenderia você. Olha o bando de gente que tinha na na casa!”, devolveu a loira, insatisfeita com a justificativa do amigo.

Gil aponta traição de Rodolffo

Horas mais tarde, Sarah finalmente se acalmou, mas permaneceu no quarto com Gilberto. Pensativa, a sister avaliou que ambos estavam se deixando levar por Rofolffo e Caio. “Eles armaram, fizeram a cova da Carla [Diaz], e a gente foi junto. O Rodolffo te usou, pegou coisas que tu falava para Karol [Conká], chegou para ela e pá. Lembra? Desde lá atrás que ele te trai, desde o início”, desabafou.

“Eu sempre soube, na verdade. É que eu não queria acreditar. Ele sempre torceu para as pessoas que a gente era contra, dentro do jogo, né?! Sempre”, complementou a emparedada. O pernambucano então comentou sobre a postura do cantor, após voltar do último paredão. “Se acha o poderoso. Acha que não errou. Acha que fez certo. Tudo bem, eu não me arrependo de nada. Se eu não me arrependi, agora que eu não me arrependo mesmo”, garantiu. “Mas eu me arrependo de ter defendido eles, me arrependo muito”, afirmou a brasiliense.

Juliette explica voto em Rodolffo e sertanejo dedura Sarah e Gil

Enquanto Sarah chorava e era consolada por amigos no quarto, Juliette e Rodolffo trocavam ideia na cozinha. O brother quis saber o motivo da paraibana tê-lo puxado para o paredão, no contragolpe, e não Gilberto. A sister avaliou este como sendo um gesto de gratidão ao economista, que a salvou da última berlinda, optando por indicar Caio, ao desempatar os votos do confessionário.

“Porque você (Rodolffo) votou em mim na outra (formação de paredão). Eu tentei salvar seu amigo (Caio) e você não me salvou… Eu poderia ter ido se ele (Gil) não tivesse me salvado. Entre eu e Caio, ele me salvou. É gratidão. Eu iria para o paredão, porque não tenho sorte, ia perder o bate e volta”, comentou ela, dizendo que seria injusto puxar outro confinado que não Rodolffo.

“Mas a partir de agora, foi o que eu disse, agora é jogo. Já paguei o que [Gil] fez por mim… Você (Rodolffo) votou em mim e me botaria para salvar seu amigo, e eu não julguei. Estou muito mais magoada com ele (Gil) do que com você, porque ele falou muito mal de mim. Eu tenho meus motivos, só que o que eu vivi com ele aqui, não apaga”, acrescentou a sister.

E ela continuou, avisando que, dali em diante, não devia mais nada a Gilberto: “Eu podia ter ido [ao paredão] na outra [semana], podia ter saído… então devo gratidão a esse gesto. Mas não aceito que falem mal de mim e me desmoralizem. Se for em outro paredão, eu coloco [o Gil]. Mas hoje eu não podia ser incoerente comigo, Rodolffo. Não foi por maldade, gosto muito de você”.

Já queimado com Sarah e Gil, o músico decidiu dedurar a dupla para Juliette. “Já que está tudo lascado, lá, sentam a lenha em você 24 horas por dia”, alertou. “Deus vê tudo e o público também. Tô tranquila. Eu não faço. Quem quiser fazer, faça”, devolveu a advogada, sem parecer muito surpresa com o que ouviu.

A conversa se estendeu por mais alguns momentos e os colegas partiram para a área externa da casa. Lá, o cantor explicou melhor como se deu a virada no jogo e a quebra do famoso “G3”. “Um mês atrás, éramos eu, você, Sarah, Gil e Caio, não era? De um mês pra cá…”, dizia ele, quando foi interrompido pela colega. “Quebrou tudo”, completou ela. “Não sei por qual ou quais motivos juntaram os dois para sentar a borracha em você. Inclusive, quando eu fui líder, eles trouxeram muitas informações”, lembrou o músico.

Curiosa, a paraibana quis saber se Gil e Sarah incentivaram que Rodolffo a indicasse para a berlinda, mas ele negou. “As informações eram de que tipo?”, insistiu a advogada. “De ligação sua com a Carla (Diaz), por exemplo. Um dos motivos era esse. E, segundo eles, conversa torta sua de lá e pra cá. Essas informações eles traziam, eu não via, então não tinha informação para dar. Eu ficava, de certa forma, do lado deles, porque continuávamos aliados, mas não comprei briga”, avisou o sertanejo.

“Os dois tavam te bombardeando, Juliette”, continuou o goiano. “Eu vi. Eu peguei os dois individualmente, peguei o Gil ali dentro, eu descasquei indo e voltando. Eu disse tudo. Eu vomitei. Com ela (Sarah), quando eu peguei ela pra falar, ela ficou triste, chorou e não me pediu desculpa. No lugar dela entender o que tinha feito de errado, ela simplesmente não quis mais conversar e chegou ao ponto dela se aliar a Carla, a Viih e se afastar de mim. Por quê? Porque eu jogava as coisas na cara dela”, declarou Juliette. Assista: